Não fuja do seu dinheiro. Cinco dicas fundamentais para manter a saúde financeira do seu business

Diana Morgado - 28 abr 2016 Diana Morgado: "Racionalizar as suas finanças permitirá o desenvolvimento dos seus negócios de maneira bem menos complexa".
Diana Morgado: "Racionalizar as suas finanças permitirá o desenvolvimento dos seus negócios de maneira bem menos complexa".
COMPARTILHE

por Diana Morgado

Você tem dificuldade para manter suas finanças em ordem? Acha doloroso administrar tudo isso? Sendo um empreendedor ou não, é uma das condições de vida mantermos as finanças organizadas. No caso do empreendedor, que acaba controlando a vida financeira da empresa também, a missão é dupla. Portanto, manter-se organizado o ajudará a ter seus projetos e sua empresa sempre sob controle.

Como está a evolução da sua empresa? Como as receitas e despesas estão se comportando? Qual o fluxo de caixa semanal, mensal ou anual? Manter seus registros financeiros em ordem facilitará a administração de relatórios, a declaração de impostos e pagamentos — além de ajudá-lo a tomar melhores decisões para o seu negócio.

É importante lembrar que não somos “unicórnios” do mundo financeiro. Não existe uma mágica que faça tudo ser controlado sozinho. Você deve procurar pessoas de confiança que possam ajudá-lo ou, então, alguma ferramenta on-line disponível que o auxiliará na organização das finanças.

A seguir, especificamos cinco dicas fundamentais para a saúde financeira do empreendedor:

 

1) Separe as finanças pessoais das empresariais.
Manter juntas as finanças pessoais e os negócios, inevitavelmente, resultará em confusão. Pode até parecer conveniente carregar tudo num único cartão. Mas, quando analisado, o rastreamento de gastos será muito mais complicado do que poderia ser. Separar gastos é primordial.

Comece abrindo contas bancárias e cartões de crédito separados para o seu negócio. Isso garantirá um acompanhamento e mediação das finanças mais correta, além de evitar aborrecimentos no momento de classificar suas transações ou declarar impostos.

Se você quer ser bem sucedido nos negócios, precisa ser capaz de monitorar e acompanhar os seus indicadores chave de desempenho (KPI). Precisa conhecer todos os pontos relevantes, e alguns elementos mais importantes na inclusão do fluxo de caixa, das despesas, da receita, do lucro e assim por diante.

 

2)Escolha um software de contabilidade que faça sentido para o seu negócio.
Quando se trata de software de contabilidade, há uma grande variedade de soluções diferentes. O melhor software depende do tipo do seu negócio, e vale a pena considerar várias opções antes de adotar uma decisão.

Utilizar um software de contabilidade online permite que você visualize suas informações em tempo real, e tudo pode ser acessados de qualquer lugar. A capacidade de manter-se ligado em suas finanças proporciona grande flexibilidade ao empresário.

Se você já escolheu uma solução online, certifique-se de que ela seja a melhor para você e sua empresa. Hoje, mais do que nunca, há uma infinidade de opções a escolher. Se você não estiver satisfeito, troque para outra plataforma até encontrar a que melhor corresponda às suas necessidades.

Entretanto, se você é daqueles que ainda mantém as finanças no caderninho, não abra a mão dele, — apenas tente organizá-lo com um software financeiro. Assim terá uma visão bem mais macro e conseguirá ter mais controle.

 

3) Considere contratar um contador.
Considere a contratação do contador profissional, mas saiba que você não irá abdicar totalmente da parte financeira. É importante para o empreendedor, principalmente no início dos negócios, manter os números sob controle. Ter conhecimento e acesso permanente a essas informações é fundamental para que ele possa tomar muitas decisões.

Porém, se o gerenciamento das suas próprias finanças está começando a complicar, é o momento de buscar a contratação do profissional qualificado. Assim, ficará mais livre para trabalhar em tarefas de maior relevância, e que manterão o seu negócio avançando, enquanto o profissional lidará com o “tédio” do processamento de tantos números.

 

4) Planeje-se.
As dicas acima devem ajudar a manter suas finanças organizadas, permitindo uma melhor projeção de receitas e despesas, e com isso, decisões em longo prazo com mais facilidade. Sem essas informações, planejar o futuro pode ser um desafio.

Se você não olha para o futuro do seu negócio, poderá ter surpresas negativas

Se quiser estar à frente da concorrência, o ideal é planejar três anos do seu negócio. Isso mesmo: três anos é o suficiente para ter uma previsão realista. Esqueça os que dizem que se deve planejar mais de dez anos. As situações, as finanças, as probabilidades e oportunidades mudam diariamente, e planejar em longo prazo é utópico.

 

5) Faça um orçamento.
Estar organizado e planejado para o futuro implica necessariamente na criação de um orçamento. Muitos donos de empresas visualizam essa etapa como desnecessária, mas a importância de um orçamento assemelha-se ao valor de um plano de negócios bem estabelecido.

Um orçamento não é uma ferramenta para o planejamento de como cada centavo deve ser gasto. Pelo contrário: é um quadro que você pode usar para auxiliar na tomada de decisões e deixá-las mais claras para a sua rotina empresarial. É necessário na hora de ver se é possível aumentar seus gastos com marketing ou cortar custos de expansão para manter seus lucros seguros. Faça um orçamento e use-os como um dos seus guias.

 

NÃO FUJA DO SEU DINHEIRO

A verdade é que muitos empresários não mantêm o controle de suas finanças. Alguns não sabem ou acham que não entendem, outros simplesmente não gostam. Mas não há escapatória: largar as rédeas de um bom controle financeiro pode significar a perda de oportunidades, por exemplo aquelas que o fariam minimizar despesas e maximizar lucros.

Preparar e organizar suas contas de negócios on-line pode levar tempo, mas o resultado final vale o esforço. Mesmo se você não considerar finanças a parte mais importante da sua empresa, racionalizar o processo permitirá o desenvolvimento dos seus negócios de maneira bem menos complexa.

Faça um esforço para simplificar a organização de suas finanças e verá o avanço dos seus negócios. Isto lhe permitirá a estabilidade e sustentabilidade em longo prazo.

 

Diana Morgado, 26, é formada em relações internacionais, mora em Berlim e trabalha junto com o time de internacionalização do SmartBusinessPlan, uma ferramenta de plano de negócios que auxilia o empresário na organização dos negócios e no planejamento financeiro.

449 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: