O Projeto Draft completa 5 anos com novo modelo de negócios e time reforçado

Adriano Silva - 12 nov 2019 Danúbia Matos e André Martins vieram para fortalecer o time do Draft neste ano.
Danúbia Matos, Growth Hacker, e André Martins, Country Manager, são os novos Business Developers do Draft e da The Factory no Brasil
COMPARTILHE

O Projeto Draft vive falando dos negócios dos outros. Então é justo que, no nosso aniversário, contemos um pouquinho do nosso próprio negócio.

O Draft começou, em termos comerciais, com uma proposta de valor baseada na produção de conteúdo para marcas. A nossa tradição em Content Marketing vem desde antes do surgimento desse termo – com a Spicy Media, meu primeiro empreendimento, com a qual eu trouxe o Gizmodo ao Brasil, em 2008, no auge da blogosfera, a gente já produzia conteúdo e “brand channels” para nossos clientes. (Tenho um pequeno orgulho de ter usado esse termo por aqui antes do YouTube.)

Na época, quando as marcas começavam a perceber que não bastava ser anunciante, era preciso também ser publisher, começava-se a falar em “brandcasting”, um nome que não pegou. O padrão virou “brand content”. Ou, numa acepção mais recente, “brand journalism”.

Antes disso, quando eu dirigia o Núcleo Jovem da Editora Abril, criamos por lá, em 2006, um bocado contra o desejo da empresa à época, uma área de projetos especiais em que basicamente emprestávamos nossa expertise editorial para que anunciantes pudessem se comunicar por meio de conteúdo de timbre jornalístico, e não apenas por meio de anúncios e campanhas publicitárias.

O Draft foi concebido para estrear, em agosto de 2014, sem posições de mídia display – nada de banners. Nossa aposta era que os nossos leitores queriam ler, ouvir e assistir grandes histórias, muito bem contadas, não apenas em nossas páginas editoriais, mas também nas páginas de nossos patrocinadoresentão escolhemos não trabalhar com ad servers, clicktags e reclames.

Acho que estávamos certos. Nesses cinco anos, produzimos e publicamos mais de mil histórias de brand journalism – em texto, vídeo, infográfico e áudio – para quase 50 marcas. Peças de Content Marketing que, digo com orgulho, sempre carregaram qualidade editorial igual ou superior aos nossos conteúdos de linha, que marcaram o Draft como um dos ambientes jornalísticos mais qualificados do Brasil.

A NOVA EQUAÇÃO DO DRAFT: (CONTENT MARKETING = REPUTAÇÃO)+(MARKETING DIGITAL = RESULTADOS DE NEGÓCIOS)

Este ano, ampliamos nossa oferta de serviços. De uma empresa que oferecia Content, gerando visibilidade e reputação para as marcas, passamos a atuar como uma empresa que oferece também uma série de ferramentas de Marketing Digital: Inbound Marketing, Behaviour Marketing, Remarketing, para gerar performance e resultado.

Então se você vê o Brand Content como um fim, nós somos o parceiro que você está procurando. E se você vê o conteúdo de marca como um meio para obter resultados de negócios, para gerar leads, para entregar performance, a gente também é o parceiro que você está buscando.

Você pode entender o Projeto Draft como um veículo líder e influente no seu segmento de atuação (negócios, inovação e empreendedorismo) que tem por trás uma agência de estratégia editorial e produção de conteúdo – a The Factory.

Ou você pode nos entender como uma produtora de Content Marketing que é proprietária de um veículo influente e de uma audiência orgânica fabulosa, formada pelos inovadores e empreendedores mais influentes do país.

Dá no mesmo.

Alguns clientes nos chamam porque fazem questão de estar presentes com suas marcas e narrativas nos canais do Draft. Outros clientes nos procuram porque querem popular seus próprios canais com grande conteúdo. (E a maioria dos clientes distribui os conteúdos que produzimos em todos os canais.)

Ao adicionarmos à equação do Draft (e da The Factory) esse terceiro elemento poderoso, o Marketing Digital, temos condição de ir além do Storytellingadquirimos a capacidade de captar leads. De gerar vendas. Eis a grande notícia: o Draft entrou no mundo do Data Analytics e do Business Intelligence armado até os dentes.

O DRAFT NÃO TEM FUNCIONÁRIOS: TEM CO-EMPREENDEDORES

O grande responsável por essa inflexão em nossa estratégia de negócios é André Martins. Co-empreendendo o Draft comigo desde abril, André é um estrategista digital com vasta experiência do mercado de comunicação: foi gerente de negócios na Editora Abril e diretor comercial na Editora Conrad. Trabalhou muito com mangás e com games, com literatura pop, quadrinhos, além de produtos e serviços para o mundo mobile.

André ajudou a construir marcas como Nintendo World, Entertainment & Game World (EGW) e Herói, em plataformas online e offline, de revistas até eventos, com grande ênfase no ambiente digital, além de criar o evento Gameworld, o primeiro no Brasil focado em B2B e B2C.

André atuava como Chief Marketing Officer (CMO) de uma fintech quando acertamos de ele vir ser o Country Manager do Projeto Draft e da The Factory no Brasil – eu começava a preparar o lançamento do Draft Canada em Toronto e já era hora de o Draft ter um Business Developer melhor do que eu tocando a operação brasileira…

Tem sido uma alegria ver a alegria com que André está colocando novos tijolos no castelo que estamos erguendo. Estou muito entusiasmado com o entusiasmo com que André chegou ao nosso mundo e com o carinho e a competência com que tem assumido suas funções entre nós, implantando seu estilo, expandindo nossas possibilidades, deixando nossos clientes ainda mais confiantes e felizes.

André e eu combinamos de dar outro passo no fortalecimento do time da The Factory – trouxemos Danúbia Matos como Growth Hacker. Danúbia é especialista em Marketing Digital e tem passagem marcantes pelos mercados de educação e de publishing. Danúbia não estava atrás de emprego, mas sim de co-empreender o Draft com a gente. Então deu match. Bem-vinda!

Novo time, novas entregas, novo olhar sobre o nosso negócio, era preciso atualizar o nosso Media Kit. É com alegria que estreamos aqui o nosso novo cardápio de serviços.

Não poderia encerrar essa cartinha sem agradecer imensamente a todas as marcas que têm confiado a estratégia e a execução de seu Content Marketing à The Factory, e que têm apoiado o Projeto Draft com sua parceria.

Se você curte o Draft, saiba que isso só é possível por gente como a Ellen Dias e o Roberto Baraldi, da FCA; a Cadija Tissiani e a Gisela Blanco, do Facebook; o Adriano Marcandali, também do Facebook;

O Luiz Serafim, a Layza Mesquini e o Denis Barba, da 3M; a Elis Forgerini, da Sodexo; a Juliana Mayrink e a Juliana Araújo, do Santander; a Graziella Ferrari, da WildLife;

A Maira Machado e a Fernanda Boschi, mais a Virgínia Gonçalves e a Nicolle Amorim, do Itaú; a Raquel Zanon, a Evelyn Diogo e a Raphaela Droguett, também do Itaú;

E o Felipe Cerchiari e a Bianca Parrella, da Ambev; o Guilherme Manechini, da Kyvo; a Thais Carvalho de Oliveira, da Enel; a Bruna Fadini, do Insper; o Leonardo Garnica, da Natura; o Ilan Vasserman, da Zissou; a Karina Barcellos e a Barbara Danielly, da Bauducco.

Em nome desses queridos clientes, agradeço imensamente a todos os outros profissionais e marcas que já fizeram negócios conosco. Aos que estão chegando. E a todos os outros que virão!

Um beijo.

ps. Quer fazer negócios com o Draft? Escreva agora para a gente!

 

Adriano Silva é Fundador & CEO do Projeto Draft. Esse texto faz parte de uma série de artigos produzidos em comemoração ao aniversário de 5 anos do Projeto Draft, que teve seu primeiro post publicado em 29 de agosto de 2014.

 

730 Total Views 4 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: