APRESENTA
APRESENTA

Precisamos falar de inclusão no mercado de trabalho – a REIS vem liderando essa agenda com apoio da 3M e de outras empresas

Daniella Grinbergas - 27 set 2022
Crédito André Corrêa
Daniella Grinbergas - 27 set 2022
COMPARTILHE

Já parou para pensar até que ponto sua empresa é inclusiva? Muito além da acessibilidade arquitetônica e do preenchimento legal de cotas, o que sua organização oferece para que todos tenham oportunidade de iniciar uma carreira, se desenvolver, desempenhar o seu melhor e chegar à liderança?

Há 10 anos, a REIS, Rede Empresarial de Inclusão Social, trabalha com este objetivo. O movimento busca identificar desafios no recrutamento, no desenvolvimento e na retenção de profissionais com deficiência e contribuir para encontrar soluções.

A proposta é promover a inclusão nas empresas por meio do compartilhamento de conhecimento e iniciativas, parcerias, elaboração de guias e manuais, influência na criação de políticas públicas, disponibilização de indicadores de inclusão, entre outras frentes, que ajudem o mercado a atrair, contratar, capacitar, reter e promover estes talentos com as lentes da equidade.

Todos os anos, a Rede promove encontros que discutem temas relacionados aos profissionais com deficiência, onde empresas compartilham práticas de diversidade e inclusão, inspirando e movimentando o mercado nessa direção. Desta vez, o 46º Encontro da REIS aconteceu no dia 23 de setembro de maneira ainda mais especial e repleta de motivos para celebrar.

O primeiro deles foi o processo de formalização da Rede que, depois de uma década de bons serviços baseado em um movimento voluntário, agora se torna uma entidade jurídica para gerar ainda mais impacto.

“Com isso, ganhamos a certeza de que esse propósito coletivo terá continuidade, temos assegurada a garantia dos direitos, o cuidado com as conquistas que tivemos até aqui e que foram tão difíceis de alcançar”,

destacou a secretária-executiva da Rede, Ivone Santana.

A data também foi escolhida pela proximidade com o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência (21/09). Este evento da REIS, depois de muitas edições virtuais durante a pandemia, foi realizado de forma híbrida a partir do escritório de advocacia Tozzini Freire, com a presença de uma centena de líderes de iniciativas de diversidade das organizações que compõem o movimento, e a efetiva representação por meio de muitos porta-vozes com deficiência.

Há 10 anos, quando a Rede começou a atuar, havia pouca representatividade nesses encontros.

“Hoje, a maioria que falou aqui tem deficiência. Fico muito satisfeita de vê-los nesse lugar de fala que é deles, promovendo a inclusão, trazendo cases e olhares diferentes”,

ressaltou a secretária executiva da REIS.

“Nos dá muito orgulho ver aqui na prática o lema da Convenção da ONU: nada sobre nós, sem nós”,

completou Aline Messias, analista de Inteligência Social e Diversidade e Inclusão da Natura, uma das apresentadoras do evento.

Seguindo a proposta de compartilhar iniciativas e inspirar as demais companhias, com mais amplitude e diversidade possível, cada empresa do Grupo Diretor da Rede precisava escolher apenas um tópico para apresentar.

Dentre os cases selecionados, a 3M destacou suas ações para promover a mobilidade das pessoas com deficiência dentro e fora da companhia.

“São oferecidos transportes adequados para cada funcionário com necessidades específicas poderem chegar e voltar do trabalho, além da disponibilização de cadeiras motorizadas na planta da 3M para que todos possam ter autonomia ao circular dentro da empresa”,

contou Mariana Penteado Soares, líder do grupo de afinidade de Pessoas com Deficiência, criado em 2019.

Ela ainda comentou sobre os programas de assistência social da 3M sob a iniciativa “Ombro Amigo” com atuação ampla que vai de apoio aos desafios de planejamento financeiro e relações familiares, até subsídios para tratamentos, terapias, suporte psicológico, entre outros.

Em setembro de 2021, a 3M se juntou a outras 13 empresas que compõem o grupo diretor da REIS, ajudando na luta da rede pela inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho.

Outro membro, muito ativo desde o início da REIS, a EY contou sobre seus programas de carreira para pessoas com neurodiversidade. Com apoio de uma consultoria especializada em pessoas neuroatípicas, são criadas ações para inclusão desses profissionais. Além disso, há uma preparação da equipe que atua em conjunto, no sentido de elaborar um ambiente verdadeiramente inclusivo.

A Tozzini Freire mostrou seu desenho para recrutamento invertido com forte esforço de atração de pessoas com deficiência, criando um banco de talentos que iniciam a carreira junto à coordenação de Gestão de Pessoas e que, aos poucos, vão  sendo incorporados nas diversas áreas do escritório.

A Sodexo falou sobre a inclusão como um pilar que fundamenta a identidade e cultura da empresa, como parte da estratégia do negócio. No quadro de colaboradores, a Sodexo On-site conta com mais de 2,3 mil pessoas com alguma deficiência, alocadas em mais de 2 mil clientes pelo país. Um dos reconhecimentos dos esforços da companhia foi a conquista na Pesquisa de Diversidade e Inclusão 2022 do Instituto Ethos na categoria Pessoas com Deficiência, colocando a empresa entre as melhores com boas práticas de diversidade e inclusão no Brasil.

O evento ainda contou com a apresentação de Jürgen Menze, representante da Organização Internacional do Trabalho.

Para encerrar, o dr. José Carlos do Carmo, auditor fiscal do trabalho e coordenador da Câmara Paulista para Inclusão da Pessoa com Deficiência, ainda reforçou a importância da lei de cotas, que é a principal ferramenta para garantir o direito ao trabalho, e ressaltou a necessidade da qualidade da inclusão:

“Mais do que a simples contratação das pessoas com deficiência, há de se contar com a qualidade da inclusão delas no ambiente de trabalho. Estamos falando da quebra de preconceitos e essas trocas de experiências, o compartilhamento entre as empresas, uma dando exemplo para outra, a motivação, tudo isso é fundamental nesse processo”.

O encontro terminou com um sentimento de esperança de que o mercado seja cada vez mais receptivo e que as pessoas com deficiência possam ocupar seus lugares de direito, que se desenvolvam, cresçam e possam igualmente contribuir para o crescimento dos negócios.

Para conhecer mais da Rede, acesse https://www.redeempresarialdeinclusao.com

566 Total Views 1 Views Today
APRESENTA
COMPARTILHE
APRESENTA

Confira Também: