APRESENTA
APRESENTA

“Quando respeitamos os processos, conseguimos prever os resultados”

Mariana Alencar - 26 nov 2021Chef Leo Abreu mostra como cozinha e ambiente corporativo têm muito mais em comum que imaginamos
Chef Leo Abreu mostra como cozinha e ambiente corporativo têm muito mais em comum que imaginamos
Mariana Alencar - 26 nov 2021
COMPARTILHE

Em uma cozinha equipada, o chef e empresário Leo Abreu organiza os ingredientes para o prato do dia. Queijo gorgonzola, creme de leite fresco, carne, pão e temperos. Enquanto isso, o também chef e empresário Matheus Emerick prepara um drink com tangerina (mexerica ou bergamota, como preferir). A combinação da bruschetta de gorgonzola de Leo e o mojito de Matheus mostra o quanto a cozinha tem a ensinar para o mundo dos negócios.

O primeiro passo para a receita do chef é separar os ingredientes que vão ser utilizados. Em seguida, liga-se a frigideira para tostar o pão fazendo com que ele não se desfaça quando colocado em contato com o molho. Já a carne só é colocada na frigideira quando essa já está aquecida. Leo explica:

“A carne está em uma temperatura mais baixa. Se eu não tiver a panela bem aquecida, em vez de selar e criar uma boa crosta, a carne solta o líquido e a gente acaba a perdendo. A cozinha não tem segredo. É claro que existe a técnica. Mas se entendemos e respeitamos os processos, conseguimos prever e acertar o resultado”

Integração que gera resultado

Enquanto a bruschetta de gorgonzola toma forma, Matheus Emerick amassa as frutas em copos para, em seguida, acrescentar a água com gás e o rum. Ele lembra como as bebidas são importantes para uma experiência gastronômica completa. Já Leo Abreu ressalta que a integração entre todas as áreas de um restaurante é elemento chave para seu sucesso.

“Existe uma lenda urbana de que a cozinha e o salão são rivais. Mas de nada adianta eu fazer um prato maravilhoso, se eu não tenho uma equipe competente para atender e entregar a comida aos clientes. No ambiente corporativo isso não deve ser diferente.”

E não é. Há um pensamento comum de que equipes de Vendas e Marketing, dentro de uma empresa, devem viver em pé de guerra. Enquanto o Marketing procura atrair novos leads, cabe ao time comercial tentar convertê-los em Vendas.

Contudo, sem a integração dessas áreas não há resultado. Se na cozinha planejamento e integração são essenciais para que uma receita fique como o esperado, nos negócios a história se repete. Só com uma visão completa de todos ingredientes e processos é possível gerar um crescimento previsível.

União na prática

A ideia de união entre diferentes áreas para gerar um crescimento previsível também foi tema da fala de Eric Santos, CEO da RD Station, durante o RD Hostel 2021. Na ocasião, Eric contou com a companhia do diretor do RD Station CRM, Luís Lourenço, para confirmar o foco da empresa: fazer com que as áreas de Marketing e Vendas dos clientes e parceiros da RD trabalhem em sintonia, gerando crescimento previsível.

 Mas como isso pode ser feito?

 A receita para que as operações de marketing e vendas sejam integradas tem como base os dados e informações reais que demonstrem os resultados alcançados pelas estratégias da empresa. Essa mistura acontece dentro de plataformas que são capazes de tornar a operação entre marketing e vendas mais fluida e eficiente; gerar oportunidades mais qualificadas e aumentar as vendas.

O resultado do uso integrado do RD Station Marketing e RD Station CRM é simples: crescimento previsível da empresa. A automatização resulta em decisões mais acertadas, aumenta a margem de investimento e retorno do negócio. Imagina tentar cozinhar sem os utensílios e panelas corretas? Essa lógica se aplica no cenário das empresas também. 

Veja como a RD Station simplificou o marketing digital para PMEs.

Crescimento previsível: uma receita de sucesso

Conseguir alcançar um crescimento previsível é menos complexo do que muitos imaginam. Porém, além de utilizar as plataformas corretas, é preciso atenção aos processos anteriores ao operacional. 

Na cozinha, isso é chamado de mise en place. Ou seja, é o momento em que o chef e a equipe organizam todos os ingredientes necessários antes de pôr a mão na massa. Nas empresas, esse mise en place do crescimento previsível pode ser definido em três princípios: 

  • Mindset: é preciso abrir mão da ideia de que Marketing e Vendas são áreas distintas e tratá-las como alinhadas. 
  • Foco em Resultados: o crescimento nas vendas precisa ser o objetivo principal de Marketing e de Vendas, juntos. 
  • Comportamento das áreas: cabe ao Marketing um olhar minucioso ao funil de vendas. Já o time de Vendas deve ser um facilitador capaz de usar as informações fornecidas pelo Marketing. 

Visibilidade de dados, lógica de processos, organização de TI e sistemas, crescimento em escala e aumento de segurança são só alguns benefícios da integração entre equipes de Marketing e Vendas a partir do uso de plataformas da RD Station. E o resultado dessa receita você já pode imaginar: crescimento previsível harmonizado com resultados positivos. 

Chegou a hora de tirar a receita do papel! Acesse agora o manifesto da RD Station sobre Crescimento Previsível. E se precisar de ajuda, conte com a RD Station. 

939 Total Views 2 Views Today
APRESENTA
COMPARTILHE
APRESENTA

Confira Também: