Seleção Draft – Depois das férias

Dani Rosolen - 16 jul 2018
Retornar à rotina, depois de um período de descanso, exige certa organização.
COMPARTILHE

Depois das férias
Depois de fazer uma viagem ou mesmo ficar de bobeira, desconectado do trabalho, os primeiros dias pós-férias podem parecer assustador — ainda mais para um fundador que costuma estar no controle de tudo. Mas nada de pânico, a Fast Company dá dicas de como encarar o retorno e “filtrar”, entre os e-mails acumulados na caixa de entrada e as tarefas pendentes, o que é mais importante. O texto (link acima) recomenda, primeiro, não querer resolver tudo de uma só vez e delimitar até cinco prioridades. Também indica alertar os colaboradores sobre suas restrições para que eles também possam se organizar e seguir com as tarefas que, de alguma forma, dependam de sua interferência.

 

Limites para a disrupção
Janice Caston, VP de marketing da plataforma de pesquisas online Toluna, afirma, no VentureBeat, que o “apetite” por disrupção em certos setores é mais restrito e que os “inovadores do futuro” terão dificuldades maiores para encontrar oportunidades. Segundo um estudo realizado por sua empresa com mais de mil consumidores americanos, em áreas como a de entretenimento e mobilidade, a tecnologia cai bem e a adesão a serviços de streaming é de 61% e a apps de transporte, de 35%. Já quando se trata de inovação em segmentos como alimentação e vestuário, apenas 19 e 13 % dos entrevistados, respectivamente, confiam em serviços de assinatura para escolhas tão pessoais. Leia mais no link acima.

 

Completos estranhos
A BBC (link acima) relembra como dois completos estranhos lançaram o Dropbox. Segundo o fundador Drew Houston, em 2007, a aceleradora Y Combinator topou investir em sua ideia, contanto que tivesse um cofundador. Ele fala que teve menos de 15 dias para encontrar outra pessoa:

“Foi como se tivesse duas semanas para marcar um encontro e já casar dentro do mesmo prazo”

Em duas horas de conversa, Drew conta que convenceu o então estudante de engenharia Arash Ferdowsi (amigo de um amigo!) a largar a faculdade e seguir sua proposta. A história serve de inspiração para quem está em busca de sócios — com mais tempo para fazer a seleção, claro.

 

Liderança Sistêmica
O Sense-Lab inicia no dia 24 de agosto, em São Paulo, o Liderança Sistêmica, programa sobre novos modelos organizacionais e sociais dividido em quatro módulos independentes. O programa vai apresentar e discutir novas abordagens empresariais, como negócios regenerativos e organizações em rede. Cada módulo varia de 480 a 1.940 reais. Mais informações no link acima.

22 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: