Seleção Draft – Monetizar dói

Luisa Migueres - 13 abr 2016
Pagar por um serviço antes gratuito é uma mudança grande para o usuário. (Imagem: Lien C. Lau - Flickr/ Reprodução)
Luisa Migueres - 13 abr 2016
COMPARTILHE

Monetizar dói
Ganhar o coração de usuários com um bom serviço gratuito já é difícil. Monetizar é mais ainda. No The Next Web, Ben Woods fala da dificuldade dessa transição. Ele usa o exemplo do Text Expander, app de atalhos que quase quebrou a cara quando decidiu cobrar uma assinatura mensal e agora busca alternativas para não deixar os usuários mais antigos na mão. Para evitar o sentimento de “traição” dessas pessoas, a empresa agora oferece um desconto vitalício a elas, como forma de agradecer pelo endosso logo no início. A tática é promissora, segundo o autor. Leia mais no link acima.

 

A nova era da automação
“Estamos vivendo uma transformação gigantesca da automação”, diz Nisa Amoils, no VentureBeat. No link acima, ela cita as três inovações que mais impactam suas respectivas indústrias no momento:

1) Carros autônomos. Empresas como Tesla, GM e Volvo estão investindo pesado na novidade e a criação de leis para esses veículos está cada vez mai importante;
2) Entrega de comidas. Já há testes para sistemas de drive thru autonômos, além de um robô que entende pedidos de quem usa o Slack, serviço de mensagens para empresas;
3) Serviços manuais. Imagine robôs que organizam estoques e impedem alimentos de cair em um supermercado. Esse é objetivo de pelo menos três empresas de tecnologia.

 

Negócios parecidos, ideias diferentes
A RootsRated e a TREW são empresas semelhantes: ambas oferecem serviços para quem gosta de trilhas e esportes. Mas o Entrepreneur mostra a grande diferença entre elas: o modelo que os CEOs buscaram para salvar a sua ideia da falta de dinheiro. A primeira, que investe em conteúdo, agora produz textos patrocinados por lojas de esportes radicais. A outra, que vendia produtos de snowboard para grandes lojas, decidiu chegar ao consumidor final e abriu seu próprio e-commerce. Leia mais no link acima.

 

ProXXima Startup
Estão abertas as inscrições para a ProXXIma Startup, uma competição que vai premiar com 15 mil reais a startup mais promissora do universo da comunicação. Nesta edição, serão aceitas empresas de todo o Brasil, com foco nas categorias: Agências e Prestadores de Serviço; Plataformas; Ferramenta e Negócios e E-commerce. Para se inscrever, acesse o link acima até o dia 30 de abril. As cinco finalistas serão apresentadas nos dias 9 e 10 de maio, em São Paulo.

862 Total Views 2 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: