Seleção Draft – Por trás do free trial

Luisa Migueres - 20 out 2015
O free trial é um presente que pode garantir o sucesso da sua startup (Imagem: Pascal - Flickr/ Reprodução)
Luisa Migueres - 20 out 2015
COMPARTILHE

O que há por trás do free trial?
O free trial, período gratuito de teste, é uma das alternativas escolhidas pela maior parte dos empreendedores. O apelo é compreensível, afinal, quem não gosta de gratuidade? O texto do Medium (no link acima) fala sobre o que há por trás do formato. Ele diz que um período gratuito não diminui o valor do produto, mas faz com que sua aderência dele seja maior. Do lado da sua startup, isso facilita a transição do usuário para um pagante. Na opinião do usuário, você está assumindo o risco, mostrando sua plataforma completa. E, se esse for caminho escolhido, os próximos passos são:

1) Determinar qual é a duração do free trial, otimizando as funcionalidades para reduzir o tempo até o usuário se apegar ao produto;
2) Decidir se pode haver uma extensão desse prazo, caso o usuário não tenha tido tempo de testar;
3) Pedir o feedback constante para que a experiência fique cada vez mais funcional;
4) Oferecer um sistema de suporte fácil e acessível;
5) Evitar pedir informações de cartão de crédito antes do prazo de teste terminar. Isso pode desencorajar o usuário;
6) Facilitar os primeiros de pagamento. Isso pode vir em forma de descontos ou outro mês grátis caso o usuário indique a plataforma aos amigos.

 

Escreva antes de programar
Documentar o funcionamento de um aplicativo pode ser uma das fases mais chatas para um programador. Mas é necessário. O texto do link acima, também publicado no Medium, fala sobre o desafio de explicar a plataforma quando tudo o que foi feito até o momento foram códigos. A abordagem é essencial para atrair usuários, por isso uma descrição ruim da proposta pode colocar todo esse tempo a perder. O autor diz:

“Em vez de mostrar como o aplicativo funciona por um protótipo visual ou amostra de código, explique como ele funciona usando palavras”

O segredo está em passar a mensagem central do seu app e criar uma comunicação fluida com o usuário. Em poucos passos, ele deverá entender as funcionalidades, e vai te agradecer por isso.

 

Finep tem novo fundo para startups
Para minimizar os riscos para investidores em startups, a Finep (Financiadora de Estudos e Projetos) terá um novo fundo a partir de novembro. O texto do Estadão Link diz que o Finep Startups já captou 20 milhões de reais e funciona diferente dos fundos tradicionais. A instituição, em vez de ter participação acionária na empresa, terá a opção de comprar suas ações investidas. Mas se o negócio prosperar, ela pode se tornar sócia em outro momento. Os recursos serão destinados a companhias com faturamento de, no máximo, 3,6 milhões de reais, que já têm um produto desenvolvido, mas precisam de capital para conquistar mercado. Leia mais no link acima.

 

Economias criativas: formando educadores
Na próxima sexta-feira, dia 23, o Centro de Estudos Latino-Americanos sobre Cultura e Comunicação da ECA-USP, vai promover seu curso sobre Economias Criativas. O objetivo das aulas é formar educadores com espírito inovador. Para isso, um time de autoridades no assunto foi chamado, incluindo Lucas Foster, do ProjectHub, e Rodrigo Zavazoni, da Casa Cultura Digital. O curso é formado por seis ciclos e vai até o dia 5 de dezembro. O investimento é de 1400 reais. Veja mais informações no link acima.

431 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: