Seleção Draft – SMWSP

Luisa Migueres - 18 set 2015
São Paulo recebeu uma Social Media Week pautada na economia criativa (Imagem: Alan Reeves/ Reprodução)
Luisa Migueres - 18 set 2015
COMPARTILHE

Social Media Week SP, um balanço
A semana foi puxada na Social Media Week São Paulo. De segunda a sexta, a programação do evento se dedicou a discutir novas formas de gerenciar conteúdo, discutir o panorama das redes sociais no Brasil e no mundo, trabalhar modelos inovadores de empreendimentos e, principalmente, exercitar a imaginação para trabalhar a economia colaborativa. Entre as palestras mais interessantes, nós destacamos:

1) Por que precisamos de startups brasileiras conquistando o mundo: Gian Martinez, do Winnin, falou sobre a criação da sua plataforma e ressaltou a importância de termos uma representante entre os empreendimentos “unicórnios” do Vale do Silício.

2) Future Makers – criatividade que transforma: Andrea Bisker, fundadora da Mindset, Jackson Araújo, da Shhh.fm, e Fabio Zsigmon, cofundador da Mundo Maker, contaram um pouco de suas trajetórias movidas por ideias que deram certo por serem “fora da curva”.

3) A nova economia: a dupla Vitor Abud e Lucas Foster, da ProjectHub, acompanhados da fundadora do Bliive, Lorrana Scarpioni, mostraram o impacto de empreendimentos baseados na economia colaborativa e deixaram boas reflexões para o futuro do ecossistema brasileiro de startups.

 

CEO do Buscapé deixa cargo em grande estilo
Um dos fundadores do Buscapé anunciou a sua saída do cargo de CEO com uma mensagem de incentivo. Romero Rodrigues, que lançou a única startup brasileira a se tornar global, em 1999, ao lado de três amigos, vai deixar o posto para Rodrigo Borer, e decidiu se despedir publicamente meio de um texto no LinkedIn. “Sem falsa modéstia, o Buscapé foi disruptivo para o comércio como o Uber está sendo para o transporte público e o Airbnb para o mercado imobiliário”, diz Romero, que resgatou os primórdios da empresa e deixou uma mensagem inspiradora para novos empreendedores. Leia na íntegra no link acima.

 

O mundo abstrato dos algoritmos
Às vezes parece que a internet adivinha o que você quer. Quem é o responsável pela “mágica”? O poder de organização de informações dos algoritmos. Mas essas ferramentas estão se tornando tão complexas que o título da matéria do Atlantic é categórico: “Nem as pessoas que fazem os algoritmos realmente sabem como eles funcionam”. O texto, no link acima, ainda traz curiosidades sobre a quantidade de dados que são reunidos para a criação de um, e como essa complexidade pode tornar a regulamentação ainda mais difícil. Boa leitura para entender a dimensão da cena.

 

Workshop de inovação como estratégia
No dia 24 de setembro, a MWB Ribeirão Preto vai promover uma palestra sobre como usar o espírito inovador para traçar estratégias competetitivas no mercado. O Design Thinking foi o caminho escolhido para apresentar as teorias e os interessados podem se inscrever pelo site oficial do evento, no link acima. A inscrição custa 100 reais.

716 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: