Seleção Draft – Venda histórias

Luisa Migueres - 28 abr 2016
Evite o tédio no pitch e invista em histórias (Imagem: thematthewknot - Flickr/ Reprodução)
COMPARTILHE

Venda histórias, não tecnologia
Todo fundador tem um apego especial pela ideia da sua startup, mas explicá-la em um pitch do jeito errado não vai despertar o interesse de um investidor. No Mashable, Tiana Laurence dá oito passos para você apresentar sua proposta focando mais em histórias e menos em tecnologia:

1) Conte uma história simples sobre a indústria que você quer atingir;
2) Mostre sua perspectiva sobre problemas do dia a dia;
3) Tente estabelecer uma conexão entre a sua história e o universo do ouvinte;
4) Dê tempo para que ele pense em respostas e interaja;
5) Encontre o ponto sensível do pitch, onde as pessoas procuram respostas;
6) Faça com que que elas se imaginem usando seu produto;
7) Deixe que o próprio grupo diga qual é o próximo passo;
8) Afirme as suas competências e pergunte quem deve ser envolvido para o projeto acontecer.

 

Sócios complementares
Em seu artigo na Fast Company, no link acima, Stephanie Vozza diz que ter alguém com o mesmo objetivo ao seu lado para tocar um negócio é importante, mas se essa pessoa tiver personalidade e competências diferentes das suas, então é melhor ainda. Essas diferenças trazem forças que se complementam, segundo a autora. Nem sempre é fácil, mas a recompensa chega – se os sócios se dão espaço para crescer e não perderem tempo com briga de egos.

 

Hackathon Paulista
Em março deste ano, a incubadora São Paulo Lab propôs um desafio: desenvolver colaborativamente projeto de mobiliários que pudessem ser usados em espaços urbanos. Foram selecionados projetos de 10 pessoas em cinco dias de maratona. Neste sábado, dia 30, eles serão compartilhados para qualquer um que queira construí-lo com as próprias mãos. Há ainda um evento de lançamento, aberto ao público, onde os makers vão falar sobre o que aprenderam durante a experiência. Ele acontece na Vilinda (R. Simão Álvares, 784 – casa 1), em São Paulo, a partir das 15h.

 

Design Thinking gratuito
Para comemorar seus três anos na ativa, a Descola abriu inscrições gratuitas para o seu curso online de Design Thinking. O conteúdo é uma introdução ao modelo, os desafios que ele se propõe a superar e o seu impacto social. Além das vídeo-aulas, há um e-book com teoria e indicações de leituras complementares. Os interessados devem acessar o link acima até a meia-noite do dia 29 e se cadastrar.

43 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: