A ContadorX tem serviços de contabilidade online para PMEs

Luisa Migueres - 29 jan 2016
COMPARTILHE

Nome:
ContadorX.

O que faz:
A startup oferece serviços de contabilidade online em uma plataforma web e um aplicativo para empresas de pequeno e médio porte.

Que problema resolve:
As plataformas da empresa tentam simplificar e automatizar a contabilidade para reduzir a burocracia do usuário. Nela, ele pode emitir uma nota fiscal de qualquer lugar, realizar o registro de despesas com imagens e controlar as finanças centralizadas na nuvem.

O que a torna especial:
A startup  ajuda o pequeno e médio empresário a ter mais tempo para focar no que é importante, em vez de perder horas fazendo sua contabilidade, além de pagar um valor menor do que o cobrado normalmente por escritórios contábeis.

Modelo de negócio:
A plataforma cobra uma mensalidade 79 reais mensais das empresas que usam seu serviço.

Fundação:
Julho de 2015.

Sócios:
Rodrigo Salem – Co-fundador e CEO
Othon Andrade – Co-Fundador e Diretor de Inteligência
Marcelo Moraes – Co-Fundador, investidor e conselheiro
Fábio Alexandre de Almeida Gennari – Co-fundador e Diretor de Desenvolvimento
Ivomar Barbosa – Co-fundador e Diretor Técnico

Perfil dos fundadores:

Rodrigo Salem – 36 anos, Salvador (BA) – formado em Direito pela UFBA, com pós-graduação em finanças pela Universidade da Califórnia e FGV. Tem oito anos de experiência em Controladoria e Finanças. Geriu empresas e negócios em diferentes setores, tem experiência em fusões e aquisições de empresas nacionais no processo de venda para grupo americano.

Othon Andrade – 37 anos, Londrina (PR) – formado em Contabilidade. Foi vice-presidente da Brcont Tecnologias da Informação e Comunicação Ltda, tributarista na Amaral & Associados Governança Tributária e Empresarial, além de diretor do Instituto Brasileiro e Planejamento de Tributação, participou como revisor, criador e co-criador de ferramentas tecnológicas voltadas para a área fiscal e contábil, transparência pública e privada.

Marcelo Moraes – 36 anos, Aracaju (SE) – formado em Engenharia Elétrica pela Unicamp e pelo INP (França), com MBA na Columbia University, de Nova York. Tem 11 anos de experiência no mercado financeiro onde trabalhou com marketing, estratégia e finanças. Trabalhou em consultoria e empreendedorismo.

Fábio Alexandre de Almeida Gennari – 34 anos, Maringá (PR) – formado em Análise de Sistemas pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e pós-graduado em Administração de Banco de Dados pela Universidade Norte do Paraná (UNOPAR). Expert em Gestão de Projetos, Clouding Computing e Big Data. Atuou na concepção de Projetos de software para a EMBRAPA e para a Companhia de Sa– neamento do Paraná (SANEPAR).

Ivomar Barbosa – 34 anos, Salvador (BA) – formado em Ciências Contábeis pela UNIME e especialista em Direito Tributário e Consultoria Fisco-Contábil pela Faculdade Maurício de Nassau. Tem 12 anos de experiência na área contábil, tributária e de custos.

Como surgiu:
A ideia da ContadorX surgiu quando os fundadores decidiram usar suas habilidades para ajudar clientes pequenos. No início, eles imaginaram um back-office inteligente do pequeno e médio empresário, que não tem orçamento para serviços contábeis mais caros. Com o passar do tempo, o escopo e estratégia da empresa foram redefinidos, e os sócios focaram na automação e simplicidade da interface. Assim, a plataforma evoluiu e ficou pronta para o mercado.

Estágio atual:
A plataforma foi lançada neste mês e já tem cerca de 80 clientes ativos. A sede principal do ContadorX está localizada em Londrina e também há um escritório comercial em São Paulo.

Aceleração:
Não buscam.

Investimento recebido:
A empresa foi montada com recursos próprios, no valor de 700 mil reais.

Necessidade de investimento:
A startup está buscando investidores, mas não tem uma quantia definida ainda.

Mercado e concorrentes:
“A contabilidade tradicional parou no tempo e está acordando agora. Muito pouco se fez ou evoluiu no sentido de utilizar tecnologias disponíveis para automação de determinados processos. E as mpresas como a ContadorX estão em busca da mudança”, diz Othon. Entre as concorrentes da startup estão a ContaAzul, Granatum, Myrp, Nibo.

Maiores desafios:
Quebrar o paradigma de que contabilidade tem que ser presencial, além de manter os clientes em dia com a legislação fiscal e ter agilidade suficiente para ajustar os processos. “A falta de padronização dos entendimentos legais dos próprios órgãos públicos às vezes é um complicador”, diz o CEO.

Faturamento:
Por políticas internas, não abrem o valor.

Previsão de break-even:
Setembro de 2016.

Visão de futuro:
Os sócios querem atingir o mais alto grau de automação contábil, com agilidade e segurança, e ter a marca associada às melhores práticas de gestão para micro e pequenas empresas.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

189 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: