APRESENTA

3M abre inscrições para programa de estágio em busca de mais diversidade

Giovanna Riato - 25 set 2020 estágio diversidade
Companhia quer fomentar a pluralidade das equipes com o recrutamento de novos talentos.
COMPARTILHE

Em uma sociedade tão diversa quanto a brasileira, cada vez mais as empresas encaram o desafio de buscar novos talentos que de fato representem seus consumidores e clientes em toda a sua pluralidade. É justamente para acelerar esta evolução que a 3M faz ajustes na edição de 2021 de seu programa de estágio, como conta Heloísa Pires Vituzzo, líder de aquisição de talentos da companhia no Brasil:

“Queremos aumentar a presença dos mais variados perfis em nossa empresa, para assim reforçar a diversidade e inclusão, um dos pilares de cultura da 3M”

O recrutamento para o programa está aberto até o dia 4 de outubro e as inscrições podem ser feitas aqui. São 65 vagas para começar a trabalhar em janeiro de 2021.

A companhia ajustou o programa para recrutar de forma mais plural, corrigindo vieses e preconceitos inconscientes que fazem com que muitas empresas acabem por selecionar pessoas sempre muito semelhantes. A busca é por diversidade étnica, de gênero, a atração de pessoas com deficiência e LGBTI+, entre outros grupos.

Esta preocupação já apareceu no programa de estágio de 2019, quando 20% das vagas foram preenchidas por candidatos negros. Depois desta primeira experiência, o plano é subir um degrau e alcançar variedade de perfis em diferentes frentes. Heloísa conta que, no longo prazo, o projeto é que a 3M reflita internamente a diversidade encontrada na sociedade brasileira.

“Queremos tornar as nossas equipes mais plurais e diversas, representativas do nosso país e, certamente, mais inovadoras. Entendemos que o programa de estágio é uma ferramenta importante para isso”

Ela aponta que, por ter a possibilidade de atrair dezenas de talentos de uma vez, o programa é ideal para acelerar a presença de pessoas diversas na organização. “Quando falamos de funções gerenciais, por exemplo, temos um número bem menor e mais esporádico de vagas”, resume.

Os selecionados vão trabalhar na 3M por até 2 anos. Podem se candidatar estudantes de qualquer curso universitário ou de formações técnicas em Química, Mecânica, Plástico, Alimentos, Mecatrônica e Segurança do Trabalho. A bolsa auxílio é de R$1.600 para estudantes universitários e de R$1.000 para aqueles de nível técnico – além de assistência médica e odontológica.

Após o período de estágio, uma parte dos jovens serão contratados pela organização, contribuindo para ampliar a diversidade.  “Esta é uma responsabilidade que as grandes empresas precisam assumir”, afirma a especialista.

RECRUTAR TALENTOS DIVERSOS EXIGE MUDANÇAS

Heloísa conta que a 3M abriu os olhos para a importância de recrutar mais talentos diversos nos últimos anos, principalmente com a formação de seus grupos de Diversidade & Inclusão formados pelos colaboradores. “Trabalhamos com vários eixos da diversidade, como gênero, LGBT+, Pessoas Com Deficiência (PCD), etnia & raça”, lembra.

Com a oportunidade de melhoria detectada, a área de talentos da empresa tem trabalhado em parceria com os grupos para mapear todo o processo seletivo de estagiários. O objetivo é  entender quais mudanças eram necessárias para recrutar pessoas mais diversas.

Heloísa diz que a companhia realizou uma série de ajustes no programa para garantir que as vagas cheguem às pessoas certas, a começar pela divulgação. “Pedimos apoio a uma série de parceiros e consultorias especializadas em diversidade. Nem sempre anunciar o programa nos canais tradicionais nos leva a quem queremos atrair.”

Outra modificação é no próprio processo seletivo. Até o ano passado uma das etapas exigia uma bagagem consideravelmente técnica do candidato, algo que foi eliminado.

“Reformulamos porque o nosso objetivo não é testar o que estes candidatos já aprenderam, mas mapear o talento e o potencial de cada um”

Outra mudança relevante aconteceu em relação aos gestores dos estagiários. Até 2019 estes estagiários eram acompanhados pelas lideranças de cada área. “Entendemos que faz mais sentido o acompanhamento ser feito pela pessoa a quem eles realmente se reportam, ainda que não seja um profissional com cargo de liderança”, conta. Assim, estes gestores foram treinados para que, nas etapas finais das entrevistas, não caiam em vieses inconscientes que podem prejudicar a seleção.

Também houve preocupação em manter o programa acessível a quem quiser se candidatar. Por causa do contexto pandêmico, toda a seleção será on-line. Para garantir um ponto de partida igualitário aos candidatos que vão participar, a 3M vai oferecer uma sessão preparatória, um treinamento com dicas de como cada um pode mostrar seu máximo potencial. Tudo por uma seleção mais justa e plural, como deve ser toda organização.

3141 Total Views 6 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: