APRESENTA
APRESENTA

Conheça a 3M Futures: uma plataforma que aponta as tendências em ciência, tecnologia e design

Cláudia de Castro Lima - 28 abr 2022 Cláudia de Castro Lima - 28 abr 2022
COMPARTILHE

Em plena cirurgia, o médico usa um headset, mescla de óculos com viseira, que forma imagens holográficas e o ajuda a dimensionar melhor o órgão que manipula e tornar o procedimento que faz mais seguro e rápido.

Na linha de montagem de uma indústria automotiva, em vez de peças e robôs de verdade, colaboradores em treinamento simulam virtualmente a fabricação de um automóvel, usando óculos especiais, o que evita acidentes e aumenta a eficiência do processo.

A realidade virtual e a realidade aumentada pareciam ficção científica há alguns anos – quem achou que não viveria para ver as cenas do filme “Minority Report” acontecerem na vida real, como a das interfaces táteis, que dispensam botões, que atire o primeiro smartphone.

Hoje, no entanto, elas têm aplicações diversas na indústria e em nossas vidas – 63% das pessoas dizem que usam de alguma forma a realidade aumentada em suas vidas, segundo um estudo feito a pedido da 3M em 11 países.

Essas tecnologias são uma das cinco tendências que moldam o mundo atual e impactam o futuro apresentadas na 3M Futures, plataforma recém-criada pela empresa como forma de seguir relevante neste mundo hiperconectado.

“Uma das coisas mais importantes para uma organização se perpetuar e ser relevante ao longo do tempo é analisar os futuros prováveis, o que significa estudar e interpretar tendências”, diz Luiz Serafim, head de Marca e Comunicação da 3M do Brasil.

“Precisamos buscar alguma previsibilidade sobre o que vai acontecer, mesmo com todas as incertezas do mundo. O Anywhere Office vai mesmo vingar? Como as pessoas tomarão suas decisões sobre compras e quais canais irão preferir? Que transformações deverão ocorrer nos comportamentos, nas estruturas familiares, nos valores da sociedade? Usaremos mesmo carros voadores? Quando? Como ficarão as cadeias de suprimento, os avanços logísticos, os meios de pagamento?”, ele exemplifica.

“Os estudos de tendências avaliam tecnologias, variáveis socioculturais, mudanças políticas e econômicas, contextos ambientais e sociais, entre outros, para detectar sinais de transformação do mundo. Toda empresa que se pretende inovadora precisa olhar esses cenários prováveis para construir as pontes para chegar a seu futuro desejável.”

AS CINCO TENDÊNCIAS EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA E DESIGN

A nova plataforma explora as cinco tendências mais emocionantes encontradas, adicionando as perspectivas de especialistas da 3M, como seus cientistas, engenheiros e designers.

São cinco trends abordadas na 3M Futures: além de realidade aumentada (AR, na sigla em inglês) e realidade virtual (VR), traz também inteligência artificial, materiais sustentáveis, equidade por meio da ciência e tecnologia e um novo paradigma criado pela pandemia.

  • AR e VR

As tecnologias que já mudam a forma como vivemos, trabalhamos e nos divertimos, ganham ainda mais força quando pensamos nas possibilidades do metaverso.

A pesquisa da 3M mostra que 55% das pessoas esperam que a RV para entretenimento e videogames seja uma parte normal da vida cotidiana já nos próximos 5 anos. Além disso, 33% esperam o mesmo para consultas
médicas virtuais e opções de escolas RV.

A 3M também já faz uso das tecnologias. Em 2017, o Chris Brown, especialista em pesquisa da empresa, lançou a primeira equipe focada no desenvolvimento de AR e VR.

Ele usa sua experiência em Interação Humana com Computador, Usabilidade, Percepção e Cognição Humana e Design Experimental para ajudar a 3M a criar produtos que sejam mais fáceis e agradáveis.

“Embora a 3M seja uma empresa de produtos físicos no coração, fizemos grandes avanços no espaço digital – que melhor maneira de preencher a lacuna entre os produtos físicos e o mundo digital do que sobrepondo informações digitais sobre os próprios produtos?”, questiona ele.

“Um bom exemplo é o filme HUD da 3M, que permite que as informações sejam projetadas no pára-brisas de um veículo, mas que aparece como se estivesse flutuando a diferentes profundidades na frente do usuário.”

  • Inteligência artificial

Inteligência Artificial e Machine Learning impulsionam diversas indústrias e revolucionam do entretenimento aos negócios. Qualquer problema que possa se beneficiar do processamento de uma grande quantidade de dados ou informações é uma oportunidade para a IA.

A pesquisa 3M Futures mostra que 69% das pessoas acreditam que o papel da IA deve aumentar na sua vida diária nos próximos 5 anos. E 63% acham que serviços de veículos autônomos farão parte das nossas vidas em 10 anos.

Apesar do potencial, é preciso aprofundar os debates sobre suas implicações e sobre ética: 77% dos entrevistados querem mais informações sobre como a IA é usada na sociedade e 74% estão preocupados com a privacidade e segurança dos dados com o avanço da IA.

“A ética é mais do que obter consentimento para a coleta e uso de dados pessoais; a ética do uso de dados em nível corporativo ou governamental/estatal exigirá cada vez mais clareza sobre valor e finalidade”, diz David Frazee, vice-presidente do grupo CRSL, organização da 3M que trabalha na vanguarda da tecnologia IA.

“As preocupações podem incluir o uso de IA para influenciar eleições, IA somente disponível para os ricos – nações ou indivíduos –, IA para pesquisas médicas mal administradas, IA para degradar a segurança da informação etc.”

  • Materiais Sustentáveis

A economia circular introduz a inovação na ciência e no design de materiais, ao mesmo tempo em que transforma a indústria e promove um futuro mais sustentável.

O modelo comercial linear da economia global, aquele do pegar e fazer, sem se preocupar com desperdício, está esgotando os recursos naturais e sobrecarregando os ecossistemas.

Um modelo circular utilizaria apenas a menor quantidade necessária desses recursos essenciais, promovendo um impacto positivo líquido sobre seu fornecimento e eliminando totalmente a dependência de recursos finitos não renováveis.

A pesquisa da 3M mostra que 75% da população exige transparência das marcas que afirmam ter compromissos sustentáveis e espera saber como eles estão causando impacto no mundo.

“Os designers têm uma grande responsabilidade quando se trata de ecodesign: cerca de 80% dos impactos ecológicos de um produto são estabelecidos na fase de design”, diz Gina Daveloose, diretora da área da 3M Design.

  • O novo paradigma: um mundo consciente

A pandemia criou uma mudança de paradigma na forma como interagimos, trabalhamos e vivemos.

O tal do “novo normal” veio para ficar, promovendo alterações nos sistemas tradicionais de entretenimento, em relação à vida no escritório e nos espaços públicos – e também na saúde, com a telemedicina.

Em todo o mundo, as pessoas percebem o efeito que a ciência tem em nossas vidas. O estudo 3M Futures mostra que 74% das pessoas concordam que a ciência e a tecnologia mudaram o ambiente de trabalho para sempre – 65%
acham que a telemedicina deve melhorar o acesso à saúde.

“No mundo da saúde, uma indústria projetada em torno da interação, a inovação em telemedicina está mudando fundamentalmente a maneira como os cuidados tradicionais são vistos”, diz Judy Ma, diretora de Design do Health Care Business Group da 3M.

“Na 3M, estamos explorando como tecnologias como a Inteligência Artificial poderiam ajudar a identificar doenças precocemente, permitir uma intervenção proativa e melhorar a compreensão da progressão da doença”, exemplifica.

  • Equidade por meio da Ciência e Tecnologia

É consenso que o futuro precisa de pensamentos diversos de múltiplas origens. A equidade é tão importante quanto qualquer ciência ou tecnologia de ponta para garantir inovação e relevância no futuro.

É por meio de acesso equitativo à ciência e aprendizagem tecnológica que se constrói um amanhã com mais potencial. Nesse sentido, é de suma importância a representação das minorias e a promoção das carreiras de STEM entre as novas gerações.

O Índice Anual do Estado da Ciência (Sosi, na sigla em inglês), estudo promovido pela 3M nos últimos cinco anos, aponta que 88% da população de 14 países acredita que as mulheres precisam ser mais encorajadas a seguir carreiras relacionadas à ciência.

Como Defensora-Chefe da Ciência na 3M, Jayshree Seth promove a diversidade nas carreiras STEM (relacionadas à ciência, tecnologia, engenharia e matemática) e ajuda pessoas de todas as idades em todo o mundo a aprender a apreciar a ciência em sua vida cotidiana.

“Uma força de trabalho diversificada é uma força de trabalho robusta e resiliente, e faz sentido econômico, moral e ético”, diz ela.

“Pessoas de diferentes origens têm diferentes experiências e perspectivas, e diferentes maneiras de olhar para um problema podem ajudar a criar melhores soluções.”

Baixe os dados completos da Pesquisa de Futuros 3M aqui: https://curiosidad.3m.com/blog/pt/3m-futures/

634 Total Views 2 Views Today
APRESENTA
COMPARTILHE
APRESENTA

Confira Também: