A Co.Urban gerencia e coleta dados das operações de campo de serviços urbanos

Dani Rosolen - 11 fev 2021 Dani Rosolen - 11 fev 2021
COMPARTILHE

Nome:
Co.Urban.

O que faz:
É uma plataforma de gestão para tornar mais eficientes serviços urbanos. O sistema conecta dados de equipes de campo em tempo real para garantir insights de melhoria de performance e decisões de negócios assertivas e ágeis.

Que problema resolve:
A solução da startup resolve o custo operacional e a descentralização das informações (quantas ruas foram varridas ou quanto lixo foi coletado, por exemplo), viabilizando a definição de métricas de desempenho.

O que a torna especial:
Segundo os fundadores, o diferencial da Co.Urban é ter coleta de dados através de aplicativo, utilizando software e não hardware, além de oferecer suporte e validação de dados especializados de acordo com o negócio do cliente, desenvolvimento de dashboards web com métricas automatizadas e flexíveis e um programa de capacitação com preço acessível e aplicável a este mercado.

Modelo de negócio:
A startup opera no B2B e SaaS. A Co.Urban permite que seus clientes tenham acesso ao aplicativo e a plataforma separadamente e também oferece um modelo de pacote de serviços adicionais, com projetos de engenharia que agregam mais valor para o cliente.

Fundação:
Agosto de 2018.

Sócios:
Daniela Freitas Ribeiro CEO
Danilo Lucari Ribeiro CTO

Fundadores:

Daniela Freitas Ribeiro — 33 anos, São Paulo (SP) — é formada em Engenharia Ambiental pelo Senac, com mestrado profissional na área pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Trabalhou em empresas como Limpatech e RasSystem com desenvolvimento de negócios na área de engenharia, incluindo as áreas de planejamento, gestão e operação de contratos de limpeza urbana.

Danilo Lucari Ribeiro — 35 anos, São Paulo (SP) é formado em Engenharia da Computação pela Universidade Federal de Itajubá. Trabalhou na Magalu ajudando a construir softwares de integração entre ERPs e marketplaces, no gerenciamento de recursos na Azure e na Google Cloud.

Como surgiu:
Daniela conta que em 2018 teve a ideia de empreender neste setor. Ela já acompanhava a área há quase dez anos, gerenciando serviços urbanos em diversos municípios e concluiu que adicionar tecnologia nesses processos seria uma boa maneira de colaborar para sua melhoria.

Estágio atual:
A startup opera no modelo home-office e tem mais de 100 usuários cadastrados na plataforma.

Aceleração:
A Co.Urban foi acelerada pelo Google for Startups, B2Mamy e Sebrae.

Investimento recebido:
“Estamos na jornada bootstraping desde o início, investindo apenas tempo e reinvestindo o nosso lucro na empresa”, diz Daniela.

Necessidade de investimento:
Os sócios querem captar 500 mil reais. 

Mercado e concorrentes:
“Nosso mercado é composto por empresas operadoras de serviços urbanos contratadas pelo poder público, sendo segmentadas conforme o tipo de serviço prestado (limpeza urbana, zeladoria urbana, entre outros). De acordo com a Vector ITC, o setor de Smart Cities movimentou 308 bilhões de dólares, em 2018, sendo 10% investido em tecnologia para gestão de serviços urbanos. O nosso mercado endereçável é de 30,8 bilhões de dólares. Considerando que 2,5% deste valor são de clientes adeptos a este tipo de tecnologia, o nosso mercado acessível é de 77 bilhões de dólares por ano”, afirma Daniela. Sobre concorrentes, ela aponta empresas de rastreamento que coletam dados, mas que, segundo ela, não geram valor para os seus clientes.

Maiores desafios:
“Nosso mercado é bastante tradicional e conservador, pouco atento à inovação nos processos. Também encontramos como barreira de entrada a falta de investimento em novas ferramentas. Nosso maior obstáculo hoje é diminuir o tempo do ciclo de vendas.”

Faturamento:
Em 2020, a Co.Urban faturou 84.500 reais.

Previsão de break-even:
Em seis meses.

Visão de futuro:
“Hoje a gestão dos serviços urbanos é feita com controles manuais e equipes com pouca capacitação. Queremos automatizar 100% dos processos e para isso vamos investir em inteligência artificial e capacitação efetiva para serviços urbanos mais eficientes. Queremos revolucionar o setor de serviços urbanos, por meio da tecnologia”, conta a CEO.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

1048 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: