Alexandre Canatella, do Cybercook: os ingredientes que o empreendedor precisa ter

Joana Andrade - 28 jan 2015Alexandre Canatella, fundador e CEO da e-Mídia, um dos precursores da internet comercial no Brasil, fala sobre empreendedorismo e inovação
Alexandre Canatella, fundador e CEO da e-Mídia, um dos precursores da internet comercial no Brasil, fala sobre empreendedorismo e inovação
Joana Andrade - 28 jan 2015
COMPARTILHE

Dois fatores decisivos fizeram com que o Cybercook, primeiro portal brasileiro de gastronomia e culinária, passasse de um projeto pessoal para um negócio.

“O primeiro foi o fato do apresentador Jô Soares, enquanto ainda estava no SBT, ter falado espontaneamente sobre o portal em seu programa. O segundo, foi a conquista do primeiro lugar no prêmio iBest, em 1998, na categoria Bebidas e Alimentos, em disputa com duas gigantes do mercado, a Nestlé e a Antarctica, logo no primeiro ano de vida do site”, diz Alexandre Canatella, o CEO da e-Mídia, grupo responsável pelo Cybercook, Cyberdiet, Vila Mulher e Mais Equilíbrio.

O que fez com que o Cybercook chamasse tanta atenção em tão pouco tempo foi o fato de ter sido lançado em 1997, pouco mais de um ano depois da inauguração da internet comercial no Brasil.

A ideia nasceu como um exercício do programador Luiz Lapetina, sócio de Alexandre, que havia comprado um livro para aprender mais detalhadamente a linguagem html dessa “tal internet”. Porém, ao invés de direcionar o experimento para falar de tecnologia, como fazia a maioria das “homepages” da época, ele decidiu explorar algo que já gostava de fazer: cozinhar.

O projeto era criar um livro de receitas online, pensado totalmente para o digital, como uma plataforma de compartilhamento, que não tivesse um limite de espaço e tamanho. Reuniu então algumas receitas de família e espalhou a novidade para amigos, que também começaram a contribuir.
Foi assim que o Cybercook despertou o interesse de um público que até então não era contemplado na nova mídia: as mulheres.

A receita de sucesso do Cybercook (sem trocadilho), atraiu, em 1999, o primeiro aporte de investimento ao negócio – o que ajudou a empresa a sobreviver à crise do começo dos anos 2000, com o estouro da chamada “bolha da internet”.

Em seguida, com a ajuda de uma equipe de nutricionistas, nascia o Cyberdiet, um serviço de dieta online que viabilizou, definitivamente, o negócio de Alexandre e de Luiz. Depois disso, a expertise acumulada, que fazia da e-Mídia uma das maiores especialistas em comportamento digital feminino no país, contribuiu para a criação dos outros dois negócios do grupo: o Vila Mulher e o portal Mais Equilíbrio.

Atualmente, os produtos da E-mídia têm, juntos, quase 7 milhões de visitantes únicos e reúnem mais de 930 mil seguidores em suas páginas nas redes sociais. Segundo Alexandre, ultimamente, o negócio tem cada vez mais se sustentado no segmento mobile. “A velocidade com a qual nossos negócios têm crescido em mobile é incrível. Por isso, promover inovação e experiências mobile para que tenhamos mais aderência aos nossos usuários é a nossa grande motivação nos próximos meses”, diz.

Em 2014 Alexandre esteve no Vale do Silício para uma imersão. “Parte da minha estada lá foi para aprender mais sobre inovação. Mas o grande ganho foi pensar como a tecnologia se adere ao cotidiano das pessoas. Porque se você não for relevante na rotina dos consumidores, você vai sobreviver a uma temporada, mas não vai durar muito. Como estamos há 17 anos no mercado, a nossa meta agora é prover essa continuidade apostando na inovação, principalmente no mundo mobile”, diz ele.

 

DE EMPREENDEDOR PARA EMPREENDEDOR

 

Que apps de produtividade todo empreendedor devia usar?
Salesforce1: a gestão de oportunidade de negócios é um centro sensível para qualquer empreendimento. Ter um dashboard eficaz é uma vantagem competitiva e tanto.
Refresh: ele literalmente refresca sua memória dando um briefing dos participantes das reuniões que você marca.

Que sites/perfis de negócios e inovação que todo empreendedor devia seguir?
The Innovation Rainforest
Solutions 3M
Alltop
Salon

Que livros de negócio todo empreendedor devia ler?
– “O Amor é a Melhor Estratégia”, de Tim Sanders.
– “A Lógica do Cisne Negro: o impacto do altamente improvável”, de Nassim Nicholas Taleb.

Que ferramentas todo empreendedor deveria ter?
Runrun.it
Notable app

Que eventos de inovação e negócios que todo empreendedor deveria frequentar?
Global Innovation Summit e SXSW (sxsw.com)

Que acessórios você usa no seu computador pessoal?
Headphone e bluetooth

Alguma dica de configuração ou atalho?
Gravo documentos pessoais na pasta na nuvem do Google Drive.

Qual a sua opinião sobre cloud computing?
É um avanço central da vida em rede, mas você precisa ter uma conexão minimamente saudável para se tornar uma realidade efetiva.

Como seria o computador dos seus sonhos?
Mais leve e fino. Com reconhecimento de voz perfeito e com uma interpretação das intenções do que você dita.

 

AssinaturaHP

 

Com esta série HP/Intel no Draft, vamos falar das ferramentas e tecnologias usadas pelos inovadores. Do lifestyle e dos novos jeitos de trabalhar dos game changers brasileiros. Dos novos espaços de trabalho e dos novos jeitos de gerir dos nossos makers. Do como pensam e como fazem negócios os empreendedores criativos do país.

1553 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: