APRESENTA
APRESENTA

Por que a área de Diversidade & Inclusão da Sodexo ganhou Equidade em seu nome? Adianto: não tem a ver com semântica

Denise Brito - 26 ago 2021
Denise Brito é gerente do departamento de Diversidade, Equidade e Inclusão da Sodexo
Denise Brito - 26 ago 2021
COMPARTILHE

Recentemente, uma imagem que mostra a diferença entre igualdade e equidade viralizou nas redes sociais. Na figura, três pessoas tentam assistir a um jogo por trás de um muro. Elas têm diferentes alturas – e esse detalhe tem muita importância.

Com um caixote exatamente igual no qual podem subir, os três têm igualdade de oportunidade. Mas a equidade vai além.

Equidade leva em consideração as diferenças entre as pessoas. O conceito engloba a garantia de tratamento justo, acesso, oportunidade e promoção, mas também a eliminação das barreiras que impedem a plena participação de determinadas pessoas ou grupos.

Por isso, na imagem que viralizou, o caixote que seria dado ao sujeito mais alto vai para o menor de todos, que fica com dois. E, assim, os três conseguem ver o jogo.

Dito isso, fica claro que a mudança do nome da área de “Diversidade e Inclusão” da Sodexo para “Diversidade, Equidade e Inclusão” não é apenas uma questão semântica.

A Sodexo, há muito tempo, direciona seus esforços no sentido de promover um ambiente diverso e inclusivo. Nossos programas começaram globalmente em 2002, e de lá para cá vêm continuamente sendo melhorados.

Mas a companhia sabe que sempre há espaço para evoluir. A pandemia e todos os desafios que vieram com ela nos trouxeram alguns aprendizados.

Um dos principais para nosso negócio foi a necessidade de sermos resilientes e flexíveis – e, com isso, nos adaptarmos às mudanças de cenário e melhorarmos ainda mais. E é exatamente assim que pensamos sobre Diversidade e Inclusão.

NÃO BASTA SER DIVERSO. É PRECISO SER JUSTO

A terminologia que usamos precisa refletir nossa ambição. Precisa apontar os caminhos futuros. E precisa fazer isso de forma corajosa. Não bastava para nós sermos uma empresa diversa e inclusiva. É preciso que sejamos uma companhia justa.

E foi justamente por isso que decidimos incluir “Equidade” no nome de nossa área.

Quando afirmamos que temos preocupação com equidade queremos dizer que reconhecemos que há populações historicamente excluídas e sub-representadas.

E que, para haver de fato justiça e reparo em relação às condições de desequilíbrio, é preciso criar oportunidades diferentes para determinados grupos.

Assim, como o quadrinho que viralizou mostra, equidade é diferente de igualdade. Esta é a distribuição uniforme de recursos, e trata de forma igual as pessoas. Já aquela é tratar as pessoas de forma diferente, levando em conta suas necessidades, para que, no fim, o acesso seja justo.

A equidade reconhece as desigualdades no sistema e, portanto, requer um conjunto desproporcional de ações para resolver as lacunas.

Usando aquele exemplo que se popularizou, diversidade é chamar todo mundo para a festa, independentemente de gênero, raça, idade, origem. Inclusão é convidar todo mundo para dançar. E equidade é ensinar a dançar quem não sabe.

COMO ISSO FUNCIONA NA PRÁTICA?

As políticas de Diversidade, Equidade e Inclusão da Sodexo sustentam cinco pilares: Cultura & Origens, Pessoas com Deficiência, gênero, Orientação Sexual e Gerações.

O primeiro tem como foco as diversas raças, etnias, origens e línguas da cultura brasileira. Na Sodexo, respeitamos e apoiamos todas. Nosso case com refugiados, aliás, é reconhecido nacional e internacionalmente: somos membros da “Empresas com Refugiados da ACNUR”, parceiros da Organização Internacional para as Migrações e membros da Fundação Tent.

Recentemente, ao lado de outras 44 empresas, firmamos o compromisso Mover, Movimento pela Equidade Racial. O objetivo do Movimento é criar 10 mil novos cargos de liderança para negros e capacitar mais 3 milhões até 2030.

Também recrutamos, engajamos e fornecemos os equipamentos e insumos para um espaço de trabalho adequado para pessoas com todos os tipos de deficiência e somos membros da Rede Empresarial de Inclusão Social.

Em relação a gênero, uma série de ações buscam capacitar e desenvolver mulheres em (e para) posições de liderança. O Comitê Executivo da Sodexo, por exemplo, está balanceado em relação ao número de homens e mulheres.

Sobre nosso pilar Orientação Sexual, nossos colaboradores são incentivados, por meio de nossos programas, a criar um ambiente inclusivo para pessoas LGBTQIA+.

Em 2015, assinamos a Carta de Adesão ao Fórum de Empresas e Direitos LGBT. Em 2016, criamos o Pride Group, para combater o preconceito e dar visibilidade ao tema. Apoiamos também projetos como Empregabilidade Trans.

Por fim, para tratar de Gerações, temos uma equipe multigeracional que proporciona um ambiente muito mais diverso, criativo e produtivo. Fomentamos a conscientização entre as diferentes faixas etárias para que a colaboração e a troca de conhecimento e ideias aconteça.

Sabemos que nessa jornada em Diversidade, Inclusão e, agora, Equidade, que começou em 2002, ainda temos muito a percorrer. Em nossas metas para 2025, contemplamos essa agenda tanto como um diferencial para o crescimento de nosso negócio como para melhorar nossa eficiência operacional – afinal, times mais diversos performam muito melhor.

857 Total Views 1 Views Today
APRESENTA
COMPARTILHE
APRESENTA

Confira Também: