Celebrar, uma plataforma colaborativa de planejamento de festas

Luisa Migueres - 16 dez 2015
COMPARTILHE

Nome:
Celebrar.

O que faz:
É uma startup com uma plataforma colaborativa para ajudar o usuário no planejamento de eventos. Após o usuário informar dia, horário e número de convidados, a Celebrar indica os fornecedores disponíveis por categoria, faz um orçamento e o anfitrião pode contratar os serviços usando o sistema de pagamentos online.

Que problema resolve:
A intenção da Celebrar é agilizar o planejamento de eventos, oferecendo a opção do consumidor resolver tudo online. Em vez de ligar para todas as lojas e pedir orçamentos, que podem demorar dias para chegar, o usuário encontra a lista de serviços no site, com avaliações, e decide qual o melhor fornecedor para a sua festa.

O que a torna especial:
Ela não cobra para incluir anúncios de fornecedores ou posicioná-los melhor na busca. A ordem de aparição é feita apenas de acordo com as avaliações, e as lojas também têm uma área com acesso restrito depois que a startup faz uma análise de qualidade.

Modelo de negócio:
O site trabalha como shopping virtual, onde o fornecedor tem o controle das suas informações e paga 10% das vendas realizadas dentro do site, além do valor descontado pelo PagSeguro. A Celebrar repassa o valor pago pelos anfitriões aos fornecedores contratados cinco dias após a data da festa.

Fundação:
Novembro de 2015.

Sócios:
Camila Florentino – CEO
Patricia Portes de Almeida – COO
Tiago Fernandes Correia – CTO

Perfil dos fundadores:

Camila Florentino – 26 anos, São Paulo (SP) – formada em Lazer e Turismo pela Universidade de São Paulo. Descobriu o mundo da produção de festas e eventos aos 16 anos e já trabalhou com produção, animação, organização, bar, entretenimento, assessoria, logística e operação em festas e eventos, de pequeno a grande porte, para diversos fornecedores.

Patricia Portes de Almeida – 29 anos, Piracicaba (SP) – formada em Lazer e Turismo pela Universidade de São Paulo. Foi colaboradora de empresas como Walt Disney World, São Paulo Travel Bureau, SPTuris e Dorchester Collection Hotels. Morou alguns anos fora do Brasil e rodou boa parte da Europa e Estados Unidos.

Tiago Fernandes Corrêa – 25 anos, Piracicaba (SP) – formado em Processamento de Dados pela Fatec. Começou a carreira como desenvolvedor Java, mas tomou gosto por HTML e CSS, se especializando depois em UX. Apaixonado por fotografia, física, música e tecnologia.

Como surgiu:
Em 2013, na reta final da faculdade, Camila decidiu fazer seu Trabalho de Conclusão de Curso com um projeto que pudesse resolver os problemas de produção de eventos com tecnologia, reunindo em uma só plataforma tudo o que uma pessoa precisaria para organizar uma festa. No mesmo ano, ela inscreveu o Projeto Celebrar no Prêmio Santander Empreendedorismo — e foi eleito um dos melhores. O ano seguinte foi de pesquisa e estudo de modelos de negócio, até que em 2015 ela convidou Patricia e Tiago para completarem o time, cuidando da parte de operações e TI, respectivamente.

Estágio atual:
O primeiro modelo da Celebrar foi lançado no dia 25 de novembro e atingiu 1 326 acessos e 15 fornecedores cadastrados depois de 20 dias no ar. Hoje, a empresa funciona de um QG em São Paulo.

Aceleração:
Tem planos de buscar em 2016.

Investimento recebido:
Foi feito um investimento próprio no valor de 10 mil reais.

Necessidade de investimento:
A empresa irá decidir o valor em fevereiro de 2016.

Mercado e concorrentes:
Para a CEO, a especialização de fornecedores (na venda de artigos de decoração, buffet, limpeza, segurança etc) e o surgimento de diversos novos micro empresários e prestadores de serviços do setor, fazem da Celebrar um modelo interessante para reunir todas as informações em uma só plataforma. Entre as concorrentes, a Eventão e a Festa Bem Feita oferecem opções e orçamentos de fornecedores por e-mail. Para casamentos, há plataformas mais completas, como a Casare, iCasei, MeCasei, Agrid, Emotion.Me.

Maiores desafios:
Hoje, a plataforma está focada na expansão da base de usuários cadastrados em São Paulo, tanto consumidores quanto fornecedores.

Faturamento:
Ainda não faturam.

Previsão de break-even:
Dentro de quatro meses.

Visão de futuro:
“Queremos melhorar a organização e a qualidade dos serviços prestados ao consumidor final no mercado de festas e eventos, e modernizar o sistema de compra e venda para esse setor”, diz Camila.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

811 Total Views 5 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: