CineMaterna: sessões de cinema adaptadas para mamães com bebês pequenos

Helena Bertho - 8 out 2014Irene Nagashima e Taís Viana, idealizadoras do CineMaterna
Irene Nagashima e Taís Viana, idealizadoras do CineMaterna
Helena Bertho - 8 out 2014
COMPARTILHE

Ser mãe é bom demais. Mas os primeiros meses em casa após a chegada do bebê costumam ser cansativos. Era isso que sentiam 12 amigas virtuais antes de combinar um encontro real, em 2008. Elas queriam sair de casa, ver gente e fazer algum programa de “adulto”. “Vimos um filme para nossa idade e depois conversamos, tomando um café”, conta Irene Nagashima, que na época estava na licença- maternidade de Max, hoje com 6 anos.

O evento foi tão bom que inspirou Irene e a amiga Taís Viana, mãe da Anna (de 7 anos), a dividirem com outras mães a sensação de liberdade que viveram naquele dia. Diante da dificuldade de sair sem os filhos e de levá-los ao cinema, elas idealizaram o CineMaterna, um projeto que tem patrocínio de Natura Mamãe e Bebê. Conheça a seguir como ele funciona.

 

O que é o CineMaterna?
Irene: São sessões de cinema adaptadas para mamães e bebês. As luzes não ficam totalmente apagadas, o ar-condicionado é mais fraco, o som é mais baixo e tem trocador dentro das salas de projeção. Começamos há seis anos em São Paulo e hoje temos uma média de 70 sessões por mês em 35 cidades de 14 estados do Brasil. Mais de 120 mil pessoas já estiveram nas nossas projeções de filmes.

Qual o seu maior aprendizado com o projeto?
Irene: Aprendemos muito sobre como a gente deve colocar em prática uma ideia na qual acredita. Se não tivéssemos transformado aquela ida ao cinema num projeto maior, não teríamos dividido essa sensação com outras mulheres.

E a sua maior alegria?
Irene: Saber que é algo que faz a diferença na vida de muitas mulheres. Acredita que já ouvi histórias até de pessoas que tinham dificuldade para amamentar e que conseguiram melhorar isso depois de relaxarem ao ir ao cinema?

Como o Cinematerna lhe impactou pessoalmente?
Taís: Mudou totalmente as nossas vidas. Tanto que não voltamos para as nossas carreiras. (Irene trabalhava como consultora de RH e a Taís, com gestão e estratégia).

Qual foi o papel da Natura para o CineMaterna?
Irene: O CineMaterna e a Natura têm o mesmo objetivo: fortalecer os vínculos entre mães e bebês. Com o apoio da Natura, conseguimos ampliar a atuação do nosso projeto sempre avançando uma cidade por mês.

Qual é o futuro do projeto? Onde você quer chegar com ele daqui 5 anos?
Taís: Nós sonhamos alto! Queremos ter CineMaterna em outros países, mas enquanto houver demanda no Brasil, vamos investir por aqui primeiro.

Como o bem-estar da mulher após o nascimento do bebê pode torná-la mais feliz e bonita?
Taís: Logo que o bebê nasce a gente fica em uma situação muito estranha. A barriga não vai embora de repente, você não dorme, sua vida está dentro de casa ou na internet. Sair de casa, se arrumar, se maquiar e ver o mundo lá fora faz bem para a mãe, para o bebê e para toda a família.

 

Conheça mais do trabalho do CineMaterna e de Natura Mamãe e Bebê.

Esta matéria, e muitas outras conversas de marca da Natura, podem ser encontradas na Sala de Bem-Estar, no Rede Natura. Seja bem-vindo!

638 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: