APRESENTA
APRESENTA

ESG na prática: 100% das plantas da 3M do Brasil usam energia limpa, resultado de uma aposta inovadora feita há 10 anos

Daniella Grinbergas - 28 jul 2022
Vista de um dos parques eólicos da Omega Energia
Daniella Grinbergas - 28 jul 2022
COMPARTILHE

A pauta ESG está avançando no mundo inteiro e vem ganhando as agendas da maioria das empresas, grandes e pequenas. Quem não quer ficar para trás vem se movimentando, tirando o tema do discurso e lançando ações concretas alinhadas com o planejamento estratégico do negócio. Agora, imagine que lá atrás já tinha gente fazendo isso por entender que a sustentabilidade deveria ser prioridade.

Há 10 anos, quando o assunto ainda era pouco comentado, a 3M decidiu apostar em energia limpa. Hoje, 100% das quatro plantas da empresa no Brasil utilizam energia renovável. Fabiana Polido, diretora comercial da Omega Energia, responsável por todo o fornecimento da companhia no país, confirma esse aspecto:

“É um imenso prazer encontrarmos clientes como a 3M que compartilham do mesmo propósito que o nosso, colocando em prática as questões de conservação ambiental. A Omega busca trazer sustentabilidade à matriz energética brasileira com a utilização de energia limpa. E essa parceria com um cliente que está tão alinhado aos nossos propósitos e valores nos ajudam na construção da nossa jornada sustentável. Com isso, a Omega e a 3M contribuem para a construção de um futuro melhor para a sociedade.”

Tudo começou em 2012, quando a 3M decidiu entrar no mercado livre de energia e encontrou a Omega, então uma jovem empresa que se enquadrava nos pré-requisitos e fez uma proposta de preço atrativo. Como conta Paula Berti, gerente de Sourcing da 3M Brasil:

“Lastreamos o contrato em investimentos para construção de usinas de produção de energia renovável e sentimos que foi um grande negócio para nós”.

O contrato de longa duração, que possibilitou o uso de energia limpa na empresa inteira, terminou agora e, reforçando o compromisso de impacto positivo, a parceria foi renovada por mais 10 anos. A expectativa é que nesse período seja possível reduzir 32,1 mil toneladas de emissão de CO2.

Vale destacar que o fornecimento de energia de longo prazo (PPA) tem tudo a ver com o propósito da 3M de acreditar nas ações duradouras, que trazem resultados efetivos para encontrar soluções na geração de valor para suas áreas de atuação.

Um verdadeiro ganha-ganha

A história de uma década de parceria entre Omega e 3M é inspiradora.

“A confiança da 3M em nossas soluções foi muito importante para fazer da Omega a maior geradora de energia renovável do Brasil”, diz Fabiana.

Isso porque, o primeiro contrato de longo prazo da 3M com a empresa teve grande peso para viabilizar a construção de um novo parque eólico pela Omega. E a aposta da multinacional naquela empresa brasileira que estava começando agregou muito valor.

Pioneira em fontes renováveis e detentora da primeira plataforma 100% digital para venda de energia no Brasil, a Omega está presente em oito estados do Brasil e tem capacidade instalada de 1.869 MW, o equivalente a energia consumida por 3,8 milhões de casas.

Este trabalho tem sido olhado de fora e vem sendo muito valorizado, tanto que a Omega vai passar a atuar nos Estados Unidos. “Há 10 anos, a multinacional norte-americana 3M decidiu investir em uma empresa brasileira e, agora, nós é que vamos investir em solo americano, levando o que fazemos de melhor”, se orgulha Fabiana.

Para a 3M, os ganhos também são múltiplos.

“No momento em que migramos para o mercado livre de energia, sentimos a redução de custos, mas o que pesa ainda mais é o impacto positivo do uso da energia renovável. Além disso, nossos clientes sabem que, por trás do produto que compram, existe a prática sustentável, o que agrega ainda mais valor”, aponta Paula.

E, claro, quem leva a melhor nessa história toda é o planeta. A boa notícia é que a história inspiradora da parceria entre 3M e Omega está se multiplicando. No primeiro semestre deste ano, o mercado livre de energia teve uma alta de 6,6%. Isso representa 35,5% do consumo total de acordo com dados da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica. Ou seja, há muito mais companhias procurando fontes de energia renovável. Empresas que, como a 3M, estão escolhendo bons caminho para o futuro de suas operações.

419 Total Views 7 Views Today
APRESENTA
COMPARTILHE
APRESENTA

Confira Também: