APRESENTA
APRESENTA

Fhom: alimentos saudáveis para se destacar da concorrência

Fernanda Cury - 17 mar 2016
Marisa Castaldelli Vidoz, da Fhom: biscoito de tapioca com quinoa e batatas doce chips em versão kosher para se diferenciar
Fernanda Cury - 17 mar 2016
COMPARTILHE

 

O setor alimentício tem sido a grande aposta de grandes e pequenas empresas. Mas diante de uma concorrência tão acirrada, é importante procurar alternativas inovadoras para se destacar e conquistar espaço no mercado. Esta foi a estratégia adotada por Marisa Castaldelli Vidoz, proprietária da Fhom, uma indústria de alimentos com destaque no segmento de salgadinhos e torradas, para se sobressair e conquistar clientes. Conheça esta história!

A realização de um sonho

Marisa e Fabian Vidoz, seu marido, trabalhavam no setor de compras de uma rede de supermercados, mas desejavam abrir seu próprio negócio, especificamente no ramo alimentício. “Conhecíamos as dificuldades de encontrar bons fornecedores, que oferecessem produtos de qualidade e identificamos ali um nicho de mercado. Aproveitamos nossa experiência no setor varejista, e montamos a Fhom, uma pequena fábrica de batatas fritas tipo chips e palha. Posteriormente passamos a produzir, também, torradas especiais e crôutons. Na época eu havia pedido demissão, investi o dinheiro da rescisão no negócio e passei a me dedicar totalmente à empresa, enquanto o Fabian continuou empregado e me ajudava na administração da empresa nas horas vagas. No segundo ano da Fhom, vendo que o negócio prosperava, ele também pediu demissão e juntou-se a mim na fábrica”, conta Marisa.

A escolha do segmento

Marisa conta que escolheu este setor por acreditar que mesmo diante de crises econômicas, as pessoas nunca param de consumir alimentos. “Escolhemos batatas fritas porque íamos muito ao parque Ibirapuera e víamos a quantidade de batatas palha que era consumida nos carrinhos de cachorro-quente. Pesquisamos no mercado e vimos que as grandes empresas ainda não exploravam esse segmento. Havia batatas chips, mas as palhas eram produzidas apenas por empresas pequenas”, conta.

Inovar, sempre

Aos poucos foram surgindo novos concorrentes e era hora de se destacar no mercado. “Para nos diferenciarmos, criamos produtos que ninguém fazia, como o caso dos croutons, que até então eram pouco conhecidos pelos consumidores. Em seguida, lançamos as torradas super finas, outra novidade. E há três anos iniciamos a produção de orgânicos e veganos. Hoje somos a única empresa fabricante de batata chips e palha orgânicas do Brasil. E não paramos por aí. Agora temos as batatas doce chips, também nas versões veganas e kosher, e mais recentemente lançamos nosso primeiro produto livre de glúten, leite, soja, açúcar, conservantes, ovo, gordura trans, colesterol, e ainda por cima, kosher. Outra novidade é o primeiro biscoito de tapioca com quinoa do mercado.

Os desafios dia a dia

Marisa brinca que no início, tudo era difícil, e tudo era fácil. “Estávamos abertos, empolgados, e por isso fomos contornando as dificuldades de forma intuitiva, sem seguir muitas regras. Era um jogo de muitos erros, e alguns acertos, mas sempre seguindo o bom senso. Crescíamos de acordo com nossas possibilidades, sem entrar em dívidas que fossem de difícil liquidação. E trabalhávamos muito, reinvestindo sempre na empresa. Nosso lema sempre foi e será: Não economizar nunca na qualidade e nas inovações, mas cuidar dos custos todos os dias”, explica. Outro cuidado do casal foi prestar um atendimento diferenciado aos seus revendedores, ou seja, supermercados, redes de fast foods, restaurantes. “Para nós, o pós-venda é tão importante quanto a venda em si”, explica.

Estratégia certeira

Há 12 anos a Fhom passou a trabalhar, também, com marcas próprias (MP). “Na época o Grupo Pão de Açúcar manifestou interesse na compra de torradas e crôutons, e entendemos que valia a pena investir nesta ideia. A estratégia se mostrou acertada, já que desta forma conseguíamos alcançávamos um aumento de vendas considerável, sem abrir mão da qualidade dos nossos produtos. Depois do Pão de Açúcar, fizemos MP para a Coop Cooperativa de Consumo, St. Marche, Empório Sta. Maria, Supermercados Verdemar de MG, Mc Donald’s, Supermercado Lopes, entre outros”, conta Marisa.

Foco e determinação

Mas o principal desafio da Fhom foi e continua sendo a guerra de preços com os grandes concorrentes. Desde a fundação da empresa até agora, os sócios enfrentaram momentos bem complicados. “Nossa estratégia para superar as grandes indústrias é continuar inovando e incrementar nossa linha de produtos saudáveis. Percebemos que este é o caminho para crescermos de forma consciente e lucrativa”, diz Marisa.

Para saber mais:

Fhom: www.fhom.com.br e www.bemorganico.com.br

O que faz: torradas especiais, croutons, batatas fritas, produtos orgânicos, produtos sem glúten, marcas próprias, etc.

Sócio(s): Marisa Castaldelli Vidoz, Fabian Aurélio Vidoz

Funcionários: 65

Sede: Alameda São Caetano 2604. São Caetano do Sul, SP

Início das atividades: abril de 1994

Contato: [email protected]

Esta matéria pode ser encontrado no Itaú Mulher Empreendedora, uma plataforma feita para mulheres que acreditam nos seus sonhos. Não deixe de conferir (e se inspirar)!

draft-banner-2-2

1018 Total Views 1 Views Today
APRESENTA
COMPARTILHE
APRESENTA

Confira Também: