APRESENTA

O guia para você aumentar suas vendas através do Instagram

Fernanda Cury - 26 mar 2020
Com mais de 64 milhões de usuários, o Brasil é, atualmente, o segundo país com maior número de pessoas no Instagram, atrás apenas dos Estados Unidos. E 50% dizem já ter comprado algum produto ou contratado algum serviço que conheceram nesta rede social.
COMPARTILHE

Crédito imagem: Unsplash

 

Realizar ações de marketing no Facebook, Twitter e WhatsApp é uma boa estratégia para quem quer vender mais.  E agora que estamos vivendo a pandemia de coronavírus, a rede social se tornou uma alternativa extremamente valiosa para a venda remota. O Instagram pode ser a melhor escolha para quem tem um e-commerce já que, conforme pesquisa realizada pela Nuvem Shop no último trimestre de 2018 quase 70% das vendas originadas pelas redes sociais foram realizadas via Instagram, enquanto 27% ocorreram por meio do Facebook.

Com mais de 64 milhões de usuários, o Brasil é, atualmente, o segundo país com maior número de pessoas no Instagram, atrás apenas dos Estados Unidos. Os números da Rede Social são realmente impressionantes:

– Aproximadamente 95 milhões de fotos/vídeos são publicados diariamente (Sebrae)

– São cerca de 4,2 bilhões de curtidas por dia (Sebrae)

– 25% dos internautas dizem que o Instagram é sua rede social mais utilizada (Opinion Box)

– 89% dos usuários checa o Instagram ao menos uma vez por dia (Opinion Box)

– 8 em cada 10 usuários de Instagram seguem perfis de empresas (Opinino Box)

– 50% dizem ainda já ter comprado algum produto ou contratado algum serviço que conheceram no Instagram (Opinion Box)

O potencial dessa rede social para os negócios é enorme, mas para que funcione de maneira efetiva nas suas estratégias de vendas, é importante que você, empreendedora, entenda como utilizar da melhor maneira todos os seus recursos.

Aqui, a consultora em marketing digital Ana Tex, esclarece os principais pontos.

O perfil comercial

“A conta comercial é menos limitada que o perfil pessoal. Com ela você terá acesso a um painel de informações que revela o crescimento no número de seguidores, quais dias e horários suas publicações têm mais acesso e quais destes posts atraíram mais curtidas e comentários. E a conta comercial oferece, ainda, a possibilidade de impulsionar suas publicações ou criar anúncios.

Passo a passo para criar uma conta comercial

1º passo: Crie uma Fan Page no Facebook.

2º passo: Abra o aplicativo e clique no ícone com seu perfil.

3º passo: Clique no ícone em que parecem três bastões na horizontal e escolha “Configurações”.

4º passo: Selecione “Conta”.

5º passo: Nesse menu, escolha a opção “Mudar para o perfil comercial”.

6º passo: O Instagram vai mudar de tela para fazer as configurações iniciais da sua conta para negócios. A primeira coisa a fazer, agora, é escolher a categoria da sua conta comercial, como “Negócio local” se tem uma loja ou “Blog Pessoal” se estiver investindo na carreira de influenciadora digital, por exemplo.

7º passo: Conecte seu perfil a uma Fan Page sua no Facebook. Se você não tiver, o próprio Instagram cria para você. Porém, o ideal para quem quer investir no Marketing Digital é ter uma página, mesmo que o foco fique no Instagram.

A BIO e suas funções

Função: “A biografia é como se fosse a área “Sobre” de qualquer rede social ou empresa. É ali que você resume do que se trata seu perfil. Sua função é mostrar, de maneira resumida, o que os usuários podem esperar em relação ao seu conteúdo. É onde você diz quem você é e o que faz”, conta Ana Tex.

Foto: tudo depende do propósito do perfil. “Se a empreendedora já tem uma marca consolidada e um nome de empresa, minha principal dica é que use sua própria logomarca, já que isso facilita reconhecerem que é você. Agora, se você for sua própria marca, o ideal é que tire uma foto frontal do seu rosto, de preferência no seu ambiente de trabalho”.

Conteúdo: É essencial que a biografia do Instagram seja sucinta, já que o espaço para a descrição é curto. Segundo Ana, também é ideal que inclua ao menos uma hashtag relacionada ao seu negócio, já que as buscas por hashtags também mostram perfis como resultado. “Outra prioridade que deve ter ao construir sua descrição é sempre colocar um link para seu site. Esse link pode ser da página inicial, de uma campanha ou para seu WhatsApp. O aplicativo Linktr.ee é fantástico, porque permite que você construa uma página e coloque o link dela na sua bio do Insta. E nessa página, é possível, também, inserir diversos links de uma só vez. Na minha bio, por exemplo, tem links para palestras, aulas gratuitas, cursos online e botões para minhas mídias sociais, canal do YouTube e e-mail”.

A importância dos conteúdos

O que fazer e o que evitar: O ideal é que busque fazer com que esse conteúdo gere uma reação do seu seguidor, que o encoraje a comentar e interagir. Você pode criar posts com dicas sobre sua área de mercado, ensinar como usar seu produto ou perguntar a opinião de seus seguidores sobre um determinado assunto que vem sendo discutido. Mas isso não significa que deva ir atrás de polêmicas. É importante lembrar que você está se estabelecendo como uma autoridade no seu nicho.

Linguagem: Segundo Ana, por causa do Stories e do IGTV, o Instagram é uma das poucas mídias sociais com linguagens e tons diferentes dentro do seu próprio ecossistema. “Por isso, acertar no tom depende bastante de onde está publicando. Por exemplo, postagens leves e divertidas cabem bem no Stories, mas nem tanto no feed, onde é interessante criar publicações mais profissionais. Os emojis são essenciais! Eles deixam seus posts mais autênticos e são importantes para promover interação”. Esta pesquisa, por exemplo, diz que os emojis aumentam o engajamento em cerca de 15% em relação a posts sem as carinhas. “A principal dica que dou para o Instagram é a mesma para qualquer rede social que você queira trabalhar: seja consistente. Mesmo que não consiga postar todos os dias no começo, vá fazendo ao menos uma publicação por semana e aumente o ritmo aos poucos”.

– Vídeos: “Alguns tipos de conteúdos que fazem bastante sucesso no YouTube são listas de dicas e recomendações ou os famosos tutoriais. Se acredita que não tem muita criatividade para elaborar ideias de post, eu recomendo que comece por essas duas opções. E as dicas para um bom vídeo são: boa iluminação, se certificar que a lente de sua câmera está limpa. Mantenha-se no centro do vídeo e prepare um ambiente sem ruídos na hora de fazer suas gravações. Para quem está começando e gravando vídeos no celular, recomendo o uso de um tripé para que as mãos fiquem livres, um microfone de lapela para captar melhor o som e uma lâmpada de LED para ajudar na iluminação”.

 IGTV: é a TV do Instagram, indicado para conteúdos mais longos. Foi criado com a proposta de ser uma plataforma de vídeos otimizada para celulares e, por isso, inclusive, que no princípio apenas vídeos na vertical podiam ser publicados.

O IGTV aceita vídeos de até 60 minutos e na vertical, então o ideal é que você produza os vídeos com o celular nesta posição. Para não ter problemas, conheça as diretrizes do Instagram para evitar que sua empresa seja prejudicada na rede social com vídeos banidos. E lembre-se de criar conteúdos relevantes para seu público e capriche na qualidade e na aparência do vídeo, tornando-o bastante atraente.

– Lives:são transmissões ao vivo, iguais às existentes no Facebook. Como pertencem ao mesmo grupo, ambas as mídias sociais favorecem mais quem produz essas lives.

No Instagram, por exemplo, seus seguidores recebem uma notificação sempre que você fizer uma transmissão ao vivo. “Sempre vale a pena fazer lives. Mesmo se estiver com medo, vá lá e faça. Aos poucos você se sentirá mais segura. E beneficie-se também das lives em dupla, aquelas realizadas com duas pessoas, em que você convida alguém para um bate-papo ou uma entrevista!

– Stories: “Este formato de conteúdo está sendo considerado o substituto do formato de feed de notícias que domina hoje. Não dá para dizer se isso vai acontecer, mas, desde que o Instagram lançou a plataforma, ela cresce consideravelmente. Hoje, metade da base de usuários do Instagram – que já ultrapassou um bilhão – usa os Stories diariamente.

Os Stories são fotos e vídeos de até 15 segundos com um propósito mais divertido e autêntico, sem dar muita importância à conteúdos muito elaborados. O objetivo aqui é mostrar histórias do dia a dia. Outra característica importante dos Stories é que eles são apagados depois de 24 horas, embora você possa colocar os melhores na área de destaques da sua página de perfil (onde fica a biografia).

Como usá-lo para vender: Para vender no Stories você pode usar o Instagram Shopping, que permite marcar seus produtos e colocar uma etiqueta de preço nele, como se fosse uma loja de shopping mesmo. Outra maneira de vender pelo Stories é usando o gatilho de urgência, oferecendo alguma promoção ou condição melhor exclusivamente para seus seguidores nos Stories, usando as 24 horas como duração da promoção. Recentemente, o Instagram liberou um adesivo chamado “Contador Regressivo”, que é perfeito para esse tipo de estratégia.

Dicas extras:

– Aprenda a usar os gatilhos mentais para vendas adaptado para o formato. Alguns adesivos (stickers) do Stories, por exemplo, ajudam bastante nisso.

– O contador regressivo, por exemplo, permite que aproveite o gatilho mental de urgência, criando uma contagem para o fim de um término promocional.

– Você também pode usá-lo para aproveitar o gatilho mental da novidade, criando uma contagem regressiva para o lançamento de algum produto.

– Outra sugestão é usar o Instagram Shopping nos seus Stories. Se você ainda não cumpriu o requisito para colocar link em seus posts no Stories, essa é uma excelente alternativa.

– Caso contrário, considere investir uma verba em anúncios para Stories, que permitem incluir um link para sua loja virtual.

Direct

“É o aplicativo de mensagens do Instagram. Você pode trocar texto, imagens ou fazer chamadas em vídeo ou áudio com até três pessoas ao mesmo tempo”, explica.

Como usá-lo para vender: As vendas no direct não diferem muito do que vemos no WhatsApp. Como o contato é direto, ou seja, sem concorrência com outros posts que podem surgir, você pode tirar dúvidas e criar ofertas no momento que está falando com alguém.

Hashtags

Elas funcionam de maneira parecida às palavras-chave usadas no Google, e ajudam a organizar os conteúdos do Instagram para facilitar as buscas de um usuário. “Por exemplo, quando você quer saber mais sobre maquiagem, você vai na barra de busca do Insta e digita #maquiagem ou #make. A partir daí o Instagram mostra posts que tenham essa hashtag tanto na legenda quanto nos comentários. E essa é uma das maneiras mais sólidas de ganhar seguidores no Instagram. Ao usar as hashtags corretas para o seu nicho, você aumenta suas chances de ser encontrada nas buscas e também pode encontrar outros influenciadores e usuários interessados no assunto”, explica Ana.

Como usar as hashtags: Primeiro, estude como elas funcionam e para que servem. Segundo, comece a fazer suas próprias buscas e descubra quais são as hashtags que seu público e outras produtoras de conteúdo usam com frequência em seus posts. “Você pode fazer isso por conta própria ou utilizar algumas ferramentas que ajudam nesse serviço. Alguns aplicativos como o Magnify ou o Tagomatic foram criados para auxiliar produtores de conteúdo a encontrarem as hashtags ideais para suas publicações”.

Promoções

É possível criar posts de descontos ou promoções específicas para determinados seguidores, mas não de maneira nativa. “Algumas ferramentas permitem segmentar listas de seguidores para efetuar o disparo de mensagens automáticas, que podem contar com esses descontos ou promoções específicas. Você sempre pode puxar sua lista de seguidores e separá-los de acordo com os critérios que forem melhor para o seu negócio, mas fazer isso é bastante trabalhoso e consome um tempo que na maioria das vezes não temos”.

Instagram Ads

São os posts marcados como “Patrocinados” quando está navegando pelo Insta. Isso significa que uma empresa ou influenciador pagou uma determinada quantia para que sua publicação aparecesse no feed de usuários que podem se interessar por seu conteúdo ou oferta. Mas vale lembrar aqui que apenas contas comerciais no Instagram podem usar o recurso.

As vantagens dos anúncios

“Eles são a única maneira de colocar links em posts no feed do Insta. Sabe aquele botão “Saiba Mais” que você vê em alguns posts? Ele só está lá porque é um anúncio. A mesma coisa acontece no Stories, que só permite incluir links gratuitamente nas contas com mais de 10 mil seguidores”. Outras vantagens: os anúncios podem ser usados para aumentar seu número de seguidores, levar usuários do Insta para sua lista de e-mail ou WhatsApp ou vender diretamente.

Como criar anúncios

Há duas maneiras de criar anúncios no Instagram:

– Impulsionando um post que você já publicou. Ou seja, você investe um orçamento para que a publicação apareça para usuários que não te seguem.

– Através do Gerenciador de Negócios do Facebook. Essa é a maneira mais completa de criar anúncios para o Instagram. Diferente do impulsionamento, você não precisa publicar um post para colocar um anúncio online. Nessa plataforma, você tem um controle mais minucioso sobre como será seu anúncio, onde ele será veiculado (feed ou Stories e, talvez em breve, o IGTV) e qual público ele deve atingir. É no Gerenciador também que você acessa as métricas desse anúncio. Ou seja, onde você pode ver valores que gastou, quantas contas o anúncio alcançou e quantas conversões ele gerou, entre muitas outras estatísticas.

Dicas Extras:

– Estude bastante sobre os anúncios, para que consiga obter os melhores resultados gastando o mínimo possível. “Como os anúncios do Insta funcionam a partir de um sistema de leilão, saber como segmentar o público e fazer criativos – como chamamos o conteúdo do anúncio – que te ajudem a alcançar seus objetivos é imprescindível”, aconselha Ana.

– Pratique os aprendizados que tiver no caminho. Sempre teste o que aprendeu e veja se ele cabe em seu negócio. Invista pequenos valores (de R$ 5 a R$ 10 por dia) e fique de olho nas métricas para saber o que está gerando resultado.

– Uma campanha deu muito certo e está convertendo bem? Aumente aos poucos seu orçamento para ter mais resultados. Não deu muito certo? Pare de investir nele e passe para os próximos testes.

– E nada de desanimar! Os anúncios são essenciais para qualquer empreendedora que deseja ampliar suas vendas e, quando começar a pegar a prática, verá que é bem mais fácil do que parece nos primeiros momentos.

“Ter um negócio online no Instagram pode ser uma experiência bastante desafiadora, mas altamente recompensadora. A liberdade geográfica e de tempo pagam o esforço que estaria fazendo ao se dedicar aos sonhos, objetivos e metas de outros”, conclui Ana.

Esta matéria  pode ser encontrada no Itaú Mulher Empreendedora, uma plataforma feita para mulheres que acreditam nos seus sonhos. Não deixe de conferir (e se inspirar)!

2593 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: