O WhatsApp e o Telegram agora têm um concorrente brasileiro, o SayMe. Saiba quais são os diferenciais deste app

Dani Rosolen - 25 ago 2022 Dani Rosolen - 25 ago 2022
COMPARTILHE

Nome:
SayMe.

O que faz:
É o primeiro aplicativo brasileiro de mensagens instantâneas com criptografia de ponta a ponta.

Que problema resolve:
Resolve a questão da privacidade e segurança, além de oferecer certas funcionalidades que outros apps de mensagens não dispõem, como transcrição de áudio, agendamento de mensagens, possibilidade de determinar quais documentos o usuário autoriza o reencaminhamento para outros contatos, configurar mensagens para desaparecerem, entre outras.

O que a torna especial:
Segundo os sócios, o que torna a startup especial é o fato de ser o primeiro app brasileiro dessa categoria e com funcionalidades diferentes das dos aplicativos já existentes.

Modelo de negócio:
O SayMe Messenger é gratuito para o usuário. Mas logo, a startup lançará o pagamento via app messenger e a versão corporativa, em que empresas poderão adquirir planos para o uso de diversas vantagens.

Fundação:
2022.

Sócios:
Brunno Velasco CEO
Paulo Kussler CTO
Fabiano Nagamatsu COO
Dr. Jorge Yamaniski Filho Advisor e investidor

Fundadores:

Brunno Velasco — 48 anos, Niterói (RJ) — é analista e desenvolvedor de sistemas. Já atuou em projetos do FGTS na CEF/RJ, Dell e Stefanini. É fundador dos apps Instapet, Help Guincho, Femini Driver e outros.

Paulo Kusser 45 anos, Montenegro (RS) é formado em Ciências da Computação na Universidade Feevale e mestrando do curso de Ciências da Computação na Unicamp. Atua como pesquisador no CPQD desde 2019, com foco em pesquisas e desenvolvimento de projetos utilizando blockchain.

Como surgiu:
Segundo os fundadores, a ideia surgiu após anos usando apps de mensagens sem ter certas funcionalidades que ajudariam no dia a dia deles, como a transcrição de áudio para texto, agendamento de mensagens etc.

Estágio atual:
O aplicativo foi lançado em junho e já soma mais de 10 mil downloads.

Aceleração:
Foi acelerada pela Osten Moove.

Investimento recebido:
A SayMe recebeu um aporte financeiro da aceleradora venture builder da Osten Moove de 1 milhão de reais

Necessidade de investimento:
“Ainda não fomos atrás de novos investimentos, mas logo iniciaremos uma segunda rodada de negócios”, diz Brunno.

Mercado e concorrentes:
“O mercado é muito promissor até porque temos uma tecnologia própria e a liberdade de poder desenvolver novas funcionalidades que vão melhorar a vida de cada usuário do nosso app”, afirma o CEO. Ele aponta como concorrentes o Whatsapp e o Telegram

Maiores desafios:
“O maior desafio é entrar para a cultura dos apps mensageiros. Sei que, assim que as pessoas perceberem a importância da sua privacidade, vão migrar para o SayMe Messenger.”

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Não informado.

Visão de futuro:
“Nossa meta é alcançar 100 milhões de usuários em três anos de operação”, comenta Brunno.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

344 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: