APRESENTA

Que tal fazer ciência com as crianças? Esta é a proposta do novo projeto da 3M

Giovanna Riato - 4 set 2020 Ciência em Casa - 3M
Para estimular o aprendizado e o interesse na área de exatas, companhia lança Ciência em Casa, que ensina experimentos para pais e filhos.
COMPARTILHE

Tubos de ensaio, líquidos borbulhantes e alguém de jaleco e óculos de proteção. Esta imagem que domina o inconsciente coletivo quando pensamos em um cientista talvez não seja a mais próxima da realidade. Para derrubar mitos e despertar o interesse pela ciência nas crianças, a 3M lança o “Ciência em Casa”.

A série de vídeos, que estreia agora em setembro no Blog de Curiosidade da 3M, e traz profissionais da área de Pesquisa & Desenvolvimento da organização apresentando experimentos para que a audiência reproduza em casa – com o suporte dos pais. O tal tubo de ensaio sai de cena e dá espaço a potes, garrafas e copos medidores que habitam tradicionalmente as cozinhas Brasil afora. É ciência em casa para crianças e adultos.

Paulo Gandolfi, diretor de operações de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P, D & I) da 3M, conta que a iniciativa se conecta com o slogan e o propósito da empresa de trabalhar a Ciência Aplicada à Vida:

“Estimular o desenvolvimento científico tanto dentro da organização quanto fora dela, no ecossistema em que estamos, é o alicerce da nossa estratégia de inovação. Queremos despertar o interesse do público infantojuvenil no tema e dar a pais e filhos uma forma lúdica e divertida de passar o tempo”

A iniciativa tem como foco as crianças de 6 a 12 anos que foram especialmente afetadas pelo fechamento das escolas provocado pela pandemia. Mais de 1 bilhão de estudantes estão sem aula ao redor do mundo por causa da Covid-19, segundo estimativa da Organização das Nações Unidas (ONU).

NA PANDEMIA, É POSSÍVEL DESPERTAR O INTERESSE DOS JOVENS PELAS EXATAS

Ao anunciar o número de alunos longe das escolas, o secretário-geral da ONU, António Guterres, apontou que a situação pode representar uma “catástrofe geracional”, com desperdício de potencial humano. A iniciativa da 3M com o Ciência em Casa pretende contribuir para inspirar a crianças e jovens para o espírito científico, a curiosidade e a observação, neste momento em que estão em casa.

“Queremos ajudar a despertar a paixão por ciências exatas, ou STEM”, diz Paulo, citando a sigla para as palavras em inglês para ciência, tecnologia, engenharia e matemática. Na visão dele, apesar do contexto de exceção, a pandemia é um momento importante para exaltar a importância destas áreas para a humanidade.

“Nós vamos conseguir atravessar este momento mais rápido conforme tivermos a ciência do nosso lado para oferecer soluções e nos ajudar a tomar decisões como sociedade”

Ele prossegue: “Vemos, por exemplo, a corrida pela vacina contra a Covid-19, que nos mostra o quão fundamental é o trabalho de pesquisa e desenvolvimento”. Por isso, o executivo entende que o momento é propício para falar sobre ciência.

UM CONJUNTO DE INICIATIVAS PELA EDUCAÇÃO SOBRE CIÊNCIA

O Ciência em Casa (Science at Home) começou na matriz da 3M nos Estados Unidos em maio e foi rapidamente importada pela subsidiária brasileira. A série terá dois vídeos por mês, com experimentos apresentados por 10 cientistas do Brasil que trabalham localmente na organização, além de vídeos legendados produzidos pelos profissionais de R&D dos EUA.

Paulo lembra que o programa é complementar a uma série de outras ações da companhia para promover o conhecimento científico e o interesse na área. Um dos bons exemplos está na Mostra 3M de Ciência e Tecnologia, que a empresa promove todos os anos para apresentar projetos de iniciação científica de adolescentes da região de Campinas, no interior de São Paulo.

Outra iniciativa da companhia na área é o Índice anual do Estado da Ciência – SOSI, do inglês State of Science Index. A pesquisa global realizada pela 3M mostra as impressões da sociedade sobre os avanços científicos.

“O Ciência em Casa é uma oportunidade de conexão entre pais e filhos para desenvolver os experimentos e aprender juntos”, diz Paulo. Pai de dois meninos, um de seis e outro de onze anos, ele já está animado para colocar a mão na massa em família.

 

1612 Total Views 7 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: