Seleção Draft – De onde vem a inovação

Kaluan Bernardo - 2 jun 2015
De onde vem a inovação? (Imagem: Forebes/Reprodução).
COMPARTILHE

De onde vem a inovação?
Essa é uma das perguntas que American Genius, uma nova série da National Geographic, quer responder em parte. Para tanto, mostrará como a competição fomentou grande parte das inovações do último século, apresentando os duelos intelectuais de grandes rivais, como Oppenheimer vs. Heisenberg e Tesla vs. Edison. Em uma coletiva de lançamento, a National trouxe alguns outros “gênios” para falar de inovação: Steve Wozniak, (co-fundador da Apple), Biz Stone (co-fundador do Twitter) e Bill Nye (conhecido cientista). Não são pessoas que se vê em qualquer evento.

A FastCompany esteve lá e conseguiu algumas declarações bem interessantes do trio, que falou sobre as condições econômicas, políticas, culturais e educacionais necessárias para se fomentar a inovação. Confira mais no link acima.

 

Carros autônomos serão a próxima grande revolução?
O empreendedor e futurista Zack Kanter acredita que sim. Para ser mais específico, ele diz que os carros autônomos vão acabar com mais de 10 milhões de empregos — em contrapartida, salvarão milhares de vida (evitando acidentes), reduzirão drasticamente a poluição e mudarão o fluxo de veículos nas ruas. Tudo isso até 2030. Para tal argumentação, ele utiliza estudos da Morgan Stanley e da PricewaterhouseCoopers. Essas ideias já foram utilizadas em outro texto, menos radical, mostrando como os espaços na cidade também poderão ser alterados com a ascensão dos veículos inteligentes. Leia mais no Medium (link acima).

 

Como levar internet a países em desenvolvimento
Enquanto nos EUA o acesso é barato e há pacotes ilimitados de internet no celular, em países emergentes, como Brasil e Índia, ainda pagamos muito caro para ter internet no smartphone (e com menos qualidade) e a usamos com parcimônia, sempre pensando no limite do pacote de dados. Como é sabido, o Facebook e seu Internet.Org estão oferecendo acesso gratuito à rede, usando justamente o argumento de que todos devem ter acesso sem se preocupar com dinheiro — ainda que o acesso oferecido seja também limitado, o que tem gerado debates sobre neutralidade da rede. Nesse contexto, o TechCrunch discute se há outras alternativas. Segundo o texto, no link acima, a melhor forma de se oferecer internet ilimitada e gratuita é fazendo parcerias com agências e exibindo publicidade ao usuário enquanto ele navega – algo semelhante ao que algums apps gratuitos já fazem.


Curso gratuito para leitores Draft
A Descola criou um curso para aprender a organizar o Modelo de Negócios utilizando o método Canvas. Ministrado por Manuel Tânger, co-fundador e Head de inovação da consultoria portuguesa Beta-I, será feito pela internet, com vídeo-aula de 30 minutos e mais 90 minutos de leituras e prática. O curso custa 9,90 reais, mas, os dez primeiros leitores que utilizarem o código de cupom “draft93841”, terão acesso gratuito. Então, se você está lendo isso, pegue o código, acesse o link acima, e corra para se inscrever – quem sabe você chega a tempo? 😉

162 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: