Seleção Draft – Redenção

Kaluan Bernardo - 22 jan 2015
Ben Huh, CEO do I Can Haz Cheezburguer, empreendedor procurando sua redenção (Foto: Divulgação)
Kaluan Bernardo - 22 jan 2015
COMPARTILHE

A redenção de um empreendedor. Ben Huh, CEO do I Can Haz Cheezburguer, uma das maiores redes de entretenimento na internet, tem uma história para te contar. É uma história sobre como é ter uma empresa multimilionária sem ter noção do que fazer com ela (realidade de tantas startups), sobre ser CEO e se sentir responsável por cada um de seus funcionários, e o quanto a jornada de um empreendedor pode ser dolorosa.

Para Huh, a sua redenção veio agora, quando finalmente lançou o aplicativo da empresa. Longe de ser um caso isolado, Huh é apenas mais um exemplo sobre como é empreender. Veja o relato  aqui — há alguns insights importantíssimos, como esse:

Para muitos empreendedores, vida e negócios são a mesma coisa – uma perigosa corrupção do ego. Se você realmente acredita que você e seu negócio são um, a falência do negócio te destrói e o sucesso dele te recompensa infinitamente. Mas nenhum resultado garante esse sacrifício.

 

Os incríveis óculos holográficos da Microsoft. Nosso jeito de ver o mundo está prestes a mudar. Primeiro veio o Google, com o Glass, propondo uma tela conectada sempre acima de nossos olhos. Depois, o Rift, comprado pelo Facebook, nos prometeu entrar de vez em mundos virtuais. Agora a Microsoft, com seu projeto HoloLens, quertrazer o mundo virtual pro mundo analógico. O dispositivo, basicamente, cria holografias com as quais podemos interagir no mundo físico. O vídeo abaixo mostra melhor do que qualquer coisa que eu disser:

A Wired testou o aparelho, diz que ele realmente é incrível e conta um pouco sobre a sua história, sendo desenvolvida há mais de cinco anos pelo mesmo cara que criou o Kinect.

 

Por dentro de uma das maiores aceleradoras do mundo. A YCombinator é como uma “Hogwarts dos empreendedores”. Pela aceleradora, no Vale do Silício, já passaram grandes empresas, como Twitch, Dropbox, Airbnb, e tantas outras bilionárias. Na última semana, em um jantar de boas vindas, estavam os responsáveis pelas 114 startups que da nova turma. A FastCompany estava lá para contar um pouco como é o intenso processo, que dura 10 semanas, e chega até a ser assustador a alguns empreendedores que mal dormem ou comem, ansiosos para absorver tudo o que puderem.

 

Mercado de tecnologia crescerá 5% esse ano. A previsão é do IDC, que não vê a notícias de forma otimista – afinal de contas, em 2014 o crescimento foi de 8%. Parte da desaceleração estaria atrelada às variações do dólar. O Valor traz mais informações sobre o assunto.

Falando em previsões, o pessoal da Biz Revolution fez uma lista bacana com 27 apostas para o e-commerce em 2015, confira aqui.

448 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: