Sua empresa precisa otimizar a criação e gestão de contratos? O software da Lexio agiliza essa operação

Dani Rosolen - 3 ago 2021 Dani Rosolen - 3 ago 2021
COMPARTILHE

Nome:
Lexio.

O que faz:
É uma plataforma de criação e gestão de contratos.

Que problema resolve:
Busca automatizar as tarefas operacionais e permitir que advogados, gerentes de RH e a equipe de compras de empresas consigam focar mais no estratégico e menos em tarefas repetitivas

O que a torna especial:
Segundo os fundadores, o diferencial da startup é a experiência do usuário, a tecnologia e o customer success.

Modelo de negócio:
Opera no modelo SaaS, gerando receita a partir de licenciamento do uso de software.

Fundação:
Janeiro de 2018.

Sócios:
Fabrício Ramos — CEO
Rafael Docampo — COO

Fundadores: 

Fabrício Ramos — 24 anos, São Paulo (SP) é formado em Direito pela FGV-SP. Entrou na Lexio ainda durante seu período de faculdade e ajudou a construir o produto desde o começo.

Rafael Docampo — 26 anos, São Paulo (SP) — é formado em Direito pela USP. Antes da Lexio, estagiou no Chiarottino e Nicoletti Advogados, no Lobo de Rizzo Advogados e no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Como surgiu:
Segundo os empreendedores, a ideia surgiu a partir de uma conversa entre os sócios do escritório Baptista Luz Advogados, que entendendo existir no mercado uma falta de soluções inteligentes para contratos decidiram formar uma equipe para desenvolver ideias de um produto que preenchesse essa lacuna. A Lexio teve as propostas validadas em dois anos de incubação dentro do escritório.

Estágio atual:
A Lexio está sediada no coworking do Arena Hub. No momento, temos mais de 200 usuários ativos e mais de 50 empresas utilizando a plataforma de maneira recorrente

Aceleração:
A startup foi incubada pelo escritório de advocacia Baptista Luz Advogados.

Investimento recebido:
Recebeu investimento de aproximadamente 1 milhão de reais do escritório Baptista Luz Advogados.

Necessidade de investimento:
Os sócios não buscam novos aportes no momento.

Mercado e concorrentes:
“Com a pandemia, áreas como o jurídico, que eram mais resistentes à inovação, passaram a estar no ‘olho do furacão’. Nesse sentido, o mercado está demandando cada vez mais soluções como a Lexio que automatizam processos de maneira intuitiva e fácil de utilizar”, conta Fabrício. Ele cita como concorrentes as plataformas DocuSign, Linte, Netlex e Contraktor.

Maiores desafios:
“Escalar vendas e continuar mudando a cultura das empresas em relação ao jurídico e aos contratos, provando que é possível ter uma solução intuitiva, de fácil implementação e inteligente”, afirma o CEO.

Faturamento:
Cerca de 220 mil em 2020.

Previsão de break-even:
Final de 2022.

Visão de futuro:
“Queremos ser a maneira pela qual as empresas elaboram, aprovam, assinam e gerenciam seus contratos, além de nos consolidarmos como uma empresa que prova que o crescimento no mundo jurídico pode estar ligado a uma plataforma intuitiva, fácil e escalável.”

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

378 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: