“O mobile está na vida do cliente o tempo inteiro. O desafio para as marcas é entrar em cena na hora certa”

Adriano Silva - 14 nov 2014

Natacha Volpini é gerente de Mídias Digitais e Promoções na Mondelez, a antiga Kraft Foods. Inquieta e inovadora, ela trouxe ao Brasil o Mobile Futures, um programa que selecionou cinco startups de aplicativos mobile brasileiras para desenvolverem projetos associáveis aos produtos Halls, Trident, Bis, Club Social e Tang.

Como, afinal, as marcas devem usar a comunicação mobile com seus consumidores? “O mobile permeia várias áreas da nossa vida e, como marca, a gente precisa entender qual é a melhor maneira de estar lá”, diz Natacha. Acessar um consumidor na hora em que ele está no supermercado, com um oferta de produto, pode ser acertada. Enviar mensagens fora de hora é um erro mortal.

Quando o assunto é inovar — formatos, telas, abordagens — a pesquisa e o bom senso ajudam, mas nada substitui a experiência: testar, ver o que funciona, e aprender com isso. “Só testando a gente vai descobrir quais são as maneiras mais corretas de se falar com este consumidor”, conta ela.

 

365 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: