Que tal ter um xampu desenhado especialmente para o seu cabelo por um software de Inteligência Artificial? Sim, isso existe

Dani Rosolen - 20 out 2020 Caio de Santi, fundador da JustForYou.
Caio de Santi, fundador da JustForYou.
COMPARTILHE

Já pensou em usar um xampu ou condicionador desenvolvido especificamente para os seus cabelos? Com uma fórmula exclusiva, elaborada com uso de inteligência artificial?

Essa é a promessa da JustForYou, startup com sede em Vinhedo (SP), fundada em 2018 por Caio Santi, 33. Logo no começo da empreitada, se uniram a ele os sócios Alex Eduardo Domingos e Rodrigo Stoqui.

Oferecer um produto customizado virou estratégia para conquistar fidelidade. Segundo uma pesquisa da Nosto, clientes gastam 48% a mais quando sua experiência de compra é personalizada; e 57% dos compradores online não se importam em compartilhar suas informações pessoais com uma marca se a experiência for impactada positivamente.

Em cerca de um ano, a inteligência artificial da JustForYou já analisou mais de 300 mil fórmulas através de seu algoritmo. E a startup (ou “beauty tech”, como se posiciona) viu o faturamento decolar na pandemia.

UMA EXPERIÊNCIA ANTERIOR DEU BAGAGEM SOBRE PROCESSOS INDUSTRIAIS

Formado em Design, Caio está há mais de uma década 12 anos imerso no universo empreendedor. Em 2009, fundou um marketplace, o LogoTube, que conectava designers e publicitários a pequenas empresas.

“O negócio foi vendido e, em seguida, fui convidado para um projeto ligado à indústria mais tradicional”, conta. “Essa empresa desejava trazer uma tecnologia do Canadá para o Brasil, para ajudar grandes indústrias a melhorar a qualidade de emissão de gases.”

Assim, Caio fundou a DUX Controle de Odores. Por oito anos, permaneceu como sócio, ajudando a escalar a solução para uma dezena de países. 

Foi por meio da DUX que ele começou a entender um pouco sobre processos químicos e industriais — bagagem decisiva na hora de criar a JustForYou.

A SACADA QUE LEVOU À STARTUP SURGIU APÓS UMA EDIÇÃO DO SXSW

Depois de se desligar da DUX, Caio viajou aos EUA para conhecer o ecossistema estadunidense de perto. 

No South by Southwest, percebeu que personalização era uma grande tendência. E saiu do festival de inovação com a seguinte pergunta: como criar escala industrial para produtos únicos? 

“Essa necessidade de personalização deve ficar cada vez mais exacerbada. Não só entre os millennials, que são hoje os que mais exigem isso — e também não só no mercado de beleza. Hoje, por exemplo, o Netflix cria filmes do modo que a gente quer ver”

Caio concluiu que havia oportunidade de customização no mercado de beleza brasileiro — avaliado em 30 bilhões de dólares e considerado o quatro maior do mundo, atrás apenas de Estados Unidos, Japão e China, segundo o Euromonitor International.

UM QUESTIONÁRIO RESPONDIDO POR 1 500 MULHERES EMBASOU A PESQUISA

A primeira providência foi realizar um benchmarking com empresas de beleza dos EUA, especialmente a Function of Beauty e a hims & hers, que começavam a trabalhar com customização por inteligência artificial. 

“Nos inspiramos no modelo dessas duas marcas na parte de personalização e de venda Direct To Consumer (D2C)”, afirma.

Para conhecer melhor o seu público-alvo, Caio criou um questionário, respondido por 1 500 mulheres. Essa pesquisa ajudou uma equipe de tecnologia e de engenharia química a compreender quais informações seriam úteis para desenvolver uma fórmula personalizada.

Com um investimento de 1,2 milhão de reais, os sócios bancaram o desenvolvimento da sua inteligência artificial, apelidada de Jul.IA (nome da persona, nas pesquisas de mercado, que mais se encaixava com o perfil médio das clientes da JustForYou).

O QUE A INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL PRECISA SABER SOBRE VOCÊ E SEUS FIOS

Para cruzar os dados das consumidoras com sua base de ativos químicos, a Jul.IA precisa de algumas informações: por exemplo, o seu tipo de alimentação, o lugar onde você mora, se pratica atividades físicas, o seu estado emocional, se usa produtos químicos no cabelo…

Ao todo, o questionário (preenchido por cada cliente no site) tem hoje 19 perguntas.

“Nosso algoritmo entende que as pessoas podem ter cabelos iguais, mas rotinas diferentes. Se duas têm fios finos, raiz oleosa e pontas secas, mas uma mora no litoral e a outra no campo, uma pratica esporte e a outra tinge, as características serão diferentes — e os tratamentos também precisam ser”

Dessa forma, explica Caio, é possível quebrar o padrão de “produtos de prateleira”, em que, na falta de um produto único, a cliente se vê obrigada a escolher entre um que resolve seu problema de ponta dupla ou outro para a oleosidade.

DÁ PARA PERSONALIZAR TAMBÉM A FRAGRÂNCIA E O RÓTULO DO PRODUTO

Depois de preencher as 19 questões no formulário da JustForYou, a cliente recebe um email da Jul.IA.

A fórmula, o rótulo e a intensidade da fragrância podem ser personalizados.

A mensagem traz um resumo da fórmula que será desenvolvida, elaborada pela inteligência artificial a partir do cruzamento das informações. 

Dá também para personalizar a fragrância (de suave a intensa) e o rótulo do produto com seu nome ou apelido. “Não queremos ser lembrados pelo produto físico — isso é só um meio”, diz Caio. “Queremos entregar experiência.”

Os produtos chegam num prazo de dois a cinco dias (para o Sudeste) ou até 15 dias. para o resto do Brasil. O kit com xampu e condicionador custa 149 reais.  

PERSONALIZAÇÃO NÃO BASTA. É PRECISO TER UMA PROPOSTA SUSTENTÁVEL

A JustForYou, diz Caio, privilegia o uso de matérias-primas naturais brasileiras à base de plantas e frutas, como amido de tapioca, óleo de coco, manteiga de manga e kiwi líquido. 

Além disso, afirma, não há realização de testes com animais.

“Priorizamos o natural first e a saúde. Tem muitos produtos tecnológicos que deixam o cabelo incrível, mas trabalham com a beleza a todo custo, com o uso de químicos agressivos, como corantes, parabenos, silicone insolúveis e sulfato”

Hoje, a startup usa “pouco mais de 50 matérias-primas”, o que permite uma combinação de mais de 100 ativos — e de milhões de fórmulas.

Outro diferencial citado é o conceito “fresh made”, com fórmulas produzidas poucos dias antes da entrega à cliente, garantindo que os ativos estão “frescos”.

As embalagens são recicláveis, diz o empreendedor; a empresa é certificada pela EuReciclo por compensar o impacto ambiental de 100% do material que coloca no mercado.

“No nosso próximo lote, vamos lançar produtos com embalagens que vêm do PCR, matéria- prima do bagaço da cana-de-açúcar.”

CRESCER RÁPIDO EXIGE JOGO DE CINTURA E UMA LIDERANÇA FORTE

Hoje, a startup tem sete sócios e 35 funcionários. Durante a pandemia, contratou 20 colaboradores de forma remota

A previsão é chegar até o meio do ano que vem com 120 pessoas no time. 

“Crescemos muito rápido; na hora em que a gente conseguia se organizar, já estava crescendo de novo — e assim, vivendo sempre em situação de ‘caos’… Isso exige jogo de cintura e uma liderança forte para fazer com que os times evoluam de forma saudável”

No fim de agosto, a JustForYou foi selecionada para receber um aporte do Neuron Ventures, fundo de Corporate Venture da Eurofarma

O valor não foi revelado — mas, ao todo, o fundo deve investir 45 milhões de reais em até 12 projetos de tecnologia com potencial de transformar a cadeia de valor da saúde e wellness.

“Os recursos serão utilizados para continuar a sustentar esse crescimento, investir mais em P&D e estrutura física e aumentar nosso portfólios, com linhas complementares de hair care e o lançamento de uma linha de skin care.”

O FATURAMENTO DECOLOU DURANTE A PANDEMIA (E O MODELO D2C AJUDOU)

A JustForYou cresceu 35% em vendas desde o início da pandemia. Só no primeiro semestre, faturou nove vezes mais do que em todo o ano de 2019.

Uma certa obsessão das pessoas por higiene por conta da Covid-19 poderia explicar em parte esse salto? Ou ainda o “efeito batom”, que justificaria o aumento do consumo de cosméticos em tempos de crise? (Temos um Draft Insights sobre isso, assista!).

“Por sermos uma empresa que nasceu digital, no modelo D2C, a gente já estava na frente quando começou a pandemia. Enquanto muitas empresas ainda estavam se adaptando, criando e-commerces, nós já estávamos preparados”

Além desse posicionamento, o empreendedor tem outra teoria para explicar o sucesso da JustForYou.

“Hoje as pessoas querem fazer parte de algo”, diz Caio. “Elas querem ter a sensação que estão mudando o mundo durante a crise, cuidando de si e do mundo. Ou seja, consomem uma marca que proporciona bem-estar a elas — e ao meio-ambiente.”

 

1963 Total Views 12 Views Today

DRAFT CARD

Draft Card Logo
  • Projeto: JustForYou
  • O que faz: Produz xampu e condicionador personalizados por meio de inteligência artificial
  • Sócio(s): Caio de Santi, Alex Eduardo Domingos, Rodrigo Stoqui e mais quatro
  • Funcionários: 35
  • Sede: Vinhedo (SP)
  • Início das atividades: 2018
  • Investimento inicial: R$ 1,2 milhão
  • Faturamento: Não informado
  • Contato: [email protected]
COMPARTILHE

Confira Também: