A proptech Abrigar facilita a compra, venda ou troca de imóveis, com um processo similar a um leilão

Dani Rosolen - 26 mar 2020
COMPARTILHE

Nome:
Abrigar.

O que faz:
É uma plataforma de compra, venda e troca de imóveis, por meio de uma disputa de ofertas, muito similar a um leilão.

Que problema resolve:
Facilita o processo de compra, venda e troca de imóveis. O vendedor anuncia o imóvel na plataforma, informando o preço e a data para o encerramento do processo licitatório. Interessados se habilitam para participar, com algumas condições de pagamento facilitada de entrada (por exemplo, um automóvel, um outro imóvel ou uma carta de crédito). O vendedor então pode aceitar ou rejeitar as habilitações.

O que a torna especial:
Segundo o fundador, o diferencial é a plataforma funcionar com a possibilidade de pagamento facilitado e disponibilizar um Kit publicidade, cobrado a parte, que deixa a encargo da startup o anúncio dos imóveis nos principais players imobiliários por um valor abaixo do mercado.

Modelo de negócio:
A Abrigar não cobra comissionamento, mas uma taxa de anúncio quando o cliente recebe alguma oferta. A taxa varia de acordo com o preço do imóvel de 99 reais a 599 reais.

Fundação:
Janeiro de 2020.

Sócio:
Jhonni Balbino da Silva — Fundador

Fundador:

Jhonni Balbino da Silva — 36 anos, Francisco Beltrão (PR) — é formado em Administração de Empresas pela Faculdade Campos Elíseos, com pós-graduação em Recuperação Judicial de Empresas pela Faculdade de Direito de São Paulo e em Política e Relações Internacionais pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Além disso, tem MBA em Gestão Empreendedorismo e Marketing PUC-RS. É CEO e sócio na Alfa Leilões, sócio-proprietário da Imobiliária Balbino, do Clube de Defesa e da Procura Leilões. É investidor-anjo da Kria, Loopimoveis e Resale.

Como surgiu:
Jhonni conta que a ideia surgiu quando conciliou duas atividades, em leiloaria e imobiliária. “Com gestor de empresa leiloeira, notei que havia um grande interesse dos clientes na realização de leilão de imóveis particulares, mas o negócio travava devido a burocracia. Por outro lado, na imobiliária notei a dificuldade que se tem para vender um imóvel, principalmente aqueles com valores mais expressivos. Mas o que realmente me chamou a atenção na imobiliária foi no público: famílias em expansão. Eles são mais otimistas e determinados a comprar imóveis maiores, mas a maior parte do capital dessas pessoas está em imóveis e automóveis. Com isso, para poderem comprar um imóvel maior, ou mais caro, precisam vender os ativos que tem por um preço abaixo do valor de mercado. Então por que não usar esses ativos como moeda de troca?” .

Estágio atual:
A startup tem sede em São Paulo, dentro da MIT Hub, com uma equipe de cinco pessoas. Está em fase de cadastramento de imóveis, com 38 registros em 40 dias (sendo dois deles com propostas de compra).

Aceleração:
Não teve.

Investimento recebido:
O fundador investiu 150 mil reais no negócio.

Necessidade de investimento:
O empreendedor quer realizar nos próximos meses a primeira rodada de captação de investimento na ordem de 2 milhões de reais para aprimorar a plataforma.

Mercado e concorrentes:
“A Abrigar é uma startup criada para atender um mercado em situação de extrema incerteza, buscando um modelo escalável”, diz o fundador. Ele cita como concorrentes indiretos as plataformas Permutando, Permuti, Hubbers, Casafy, Lokkan, Proprietário Direto e Livima.

Maiores desafios:
“O maior desafio tem sido na parte de programação da ferramenta. Apesar da tecnologia ser própria, a mão de obra nesta parte é terceirizada. A ideia é internalizar este departamento nos próximos meses para termos mais agilidade nas mudanças que se façam necessárias.”

Faturamento:
Ainda não fatura, pois a startup acaba de começar a operar e optou por oferecer testes gratuitos da plataforma.

Previsão de break-even:
Junho de 2021.

Visão de futuro:
“Temos como foco nos próximos sete anos virar um unicórnio. Para isso pretendemos atuar em duas frentes: publicidade direcionada para nosso público-alvo e tornar a plataforma uma ferramenta de trabalho para corretores de imóveis.”

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

967 Total Views 2 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: