A Hent automatiza a gestão de recebíveis das vendas de terrenos em loteamentos imobiliários

Dani Rosolen - 15 set 2020
COMPARTILHE

Nome:
Hent.

O que faz:
A plataforma ajuda loteadores e incorporadoras a gerenciar sua carteira de recebíveis e também oferece a antecipação de recebíveis e financiamento para obras.

Que problema resolve:
Resolve a gestão da carteira de recebíveis e acesso a crédito, automatizando os processos de cobrança das parcelas dos lotes vendidos, “desde a notificação por e-mail, WhatsApp ou SMS, até a emissão do boleto, conciliação e no fluxo de gestão dos contratos novos e ativos”.

O que a torna especial:
Segundo os sócios, o diferencial da Hent é proporcionar a automatização do processo de cobrança com consequente redução dos custos operacionais e uma melhor eficiência financeira. Além disso, a startup oferece tecnologia e processos focados no mercado imobiliário e suas particularidades.

Modelo de negócio:
A Hent cobra um valor fixo por contrato ativo na plataforma, com custo de boleto já incluso. Até 500 lotes, por exemplo, custa 5,99 reais por lote.

Fundação:
Agosto de 2019.

Sócios:
Leo Pinho CEO
Thiago Diniz CTO
David Aragão CPO

Fundadores:

Leo Pinho — 35 anos, Recife (PE) é formado em Administração pela Faculdade Integrada do Recife. É cofundador e CEO da Kaplen, adquirida pelo Itaú em 2015.

Thiago Diniz 33 anos, Serra Talhada (PE) é formado em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco. Cofundou a Eventick, startup adquirida pela Sympla em 2016.

David Aragão — 36 anos, Recife (PE) é formado em Ciências da Computação pela Universidade Federal de Pernambuco. É cofundador e CPO da MotoNow, startup adquirida pela Loggi em 2015.

Como surgiu:
Os três sócios se conheceram em 2013 no programa de aceleração da ACE e contam que naquela ocasião começaram a pensar em empreender juntos. Em 2019, passaram a estudar o mercado imobiliário e de crédito e decidiram atuar nesse segmento. Eles conversaram com mais de 100 stakeholders para entender o mercado. Depois desse processo, eles afirmam que ficou mais claro o caminho a ser tomado para a criação da startup.

Estágio atual:
A Hent tem um escritório em Recife com oito funcionários. Já tem oito clientes de grande porte e mais de 20 em negociação.

Aceleração:
A startup foi acelerada pelo Y Combinator, no Vale do Silício, em 2020.  

Investimento recebido:
Os sócios investiram 150 mil reais de recursos próprios e, em julho de 2020, a Hent recebeu investimento da Canary, Norte Capital e dois anjos estratégicos (Brian Requarth, fundador e ex-CEO do Viva Real, e Julian Tonioli, cofundador e ex-COO da Spring Wireless).

Necessidade de investimento:
Não buscam mais investimentos.

Mercado e concorrentes:
“O mercado de loteamentos é estimado em 500 bilhões de reais. Cerca de 25% da população brasileira vive em condições inadequadas e o déficit habitacional só cresce ano após ano. Entendemos que podemos contribuir para o acesso a capital para os loteadores, compradores e acelerar o mercado imobiliário reduzindo o déficit habitacional do Brasil”, diz Leo Pinho. Ele conta que do lado da gestão da carteira de recebíveis, os concorrentes indiretos são as empresas de software de gestão (ERP). Do lado do crédito, fundos especializados e bancos.

Maiores desafios:
“Acelerar toda a parte operacional na empresa para otimizar a experiência do cliente com a nossa plataforma.”

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
2022.

Visão de futuro:
“Queremos nos tornar o maior player de crédito do mercado imobiliário até 2025”, afirma o CEO.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

820 Total Views 3 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: