APRESENTA

Organizar um evento de sucesso pode ajudar sua marca a crescer. Saiba como fazer isso em 4 passos

Cláudia de Castro Lima - 24 jan 2020
COMPARTILHE

Imagine pessoas trocando dicas e ideias, conhecendo-se melhor e fortalecendo vínculos, tudo isso em um mesmo ambiente. Você já parou para pensar que a sua empresa pode ser quem faz isso acontecer?

Reunir pessoas em eventos, especialmente presenciais, para que elas conheçam melhor o seu negócio e criem uma conexão com você, pode ser uma ótima estratégia para trazer visibilidade à sua marca e fazer networking. Por isso, separamos algumas dicas para você fazer exatamente isso. Vamos lá?

1. Descubra que tipo de evento combina com a sua empresa

Empresas de todos os tamanhos podem se beneficiar ao criar eventos para alcançar o público-alvo e melhorar o relacionamento da marca com os clientes. Se você nunca fez nada parecido antes, lembre-se antes que nem todo evento é dispendioso e grandioso. Um encontro pequeno pode mostrar a essência da sua empresa e conectar pessoas à sua marca.

Você pode começar por ações menores para testar, aprender e sentir como o seu público reage. Organize um encontro, uma feirinha ou um bazar, por exemplo. E, se conhecer outros empreendedores, convide-os para dar uma força, inclusive na divulgação.

Por exemplo: a Jeitô, uma empresa carioca de cosméticos veganos, criou um evento no Facebook convidando as pessoas a se juntar em um mutirão para limpar as areias da Praia de Ipanema. Mostrando na prática que se importa com o meio ambiente, a marca fortaleceu sua identidade, fez parcerias com outras empresas e se conectou ainda mais com os seus clientes, que já gostavam dos produtos de origem natural e veganos. O sucesso foi tanto que a Jeitô quer repetir a ação neste verão.

2. Foque nas vantagens

Dependendo do seu objetivo, sua empresa pode se beneficiar fortemente de eventos. Aqui vão algumas das consequências positivas de promover um encontro presencial:

  • Fortalecimento de marca
    Um evento de sucesso traz visibilidade e consolida sua imagem. Quanto mais próxima a sua empresa estiver do cliente, mais chances você terá de agregar valores como identidade, confiança e propósito.
  • Networking
    Você terá uma oportunidade perfeita para cultivar uma rede de contatos profissionais. Esses relacionamentos gerados em um evento podem garantir possíveis parcerias e também novos clientes e negócios.
  • Diálogo aberto
    Um evento traz a sua marca para o mundo offline. Assim, haverá uma grande oportunidade de troca e de fortalecimento do seu relacionamento com quem já o acompanha online. Também será uma ótima chance para ouvir o que eles têm a dizer de forma direta, olhos nos olhos.
  • Vendas
    Mesmo que não aconteçam diretamente no dia, encontrar pessoas e interagir com elas pode gerar mais confiança na hora da compra, ainda que ela seja feita dias, semanas ou meses depois. Associando a marca a um rosto de alguém que prestou atenção, os clientes podem ficar mais propensos a comprar com você.
  • Vínculos fortalecidos
    Ao ter a oportunidade de conversar diretamente com o seu público, é possível prestar atenção de verdade nele – e fazer perguntas a cada pessoa que se importou o bastante para o encontrar. Se você vende bolos caseiros, uma aproximação pode acabar revelando a demanda por produtos sem açúcar ou sem lactose, por exemplo. Aí pode estar uma oportunidade para ser pioneiro em oferecer alguma opção diferente de produto ou serviço – e, é claro, ganhar pontos com o cliente.

3. Pense por etapas

O evento é uma entrega de valor. Por isso, ele demanda planejamento e organização. O segredo é avaliar todo o seu cenário e dar uma atenção carinhosa aos detalhes. Vamos às etapas?

a) Planejamento
É hora de responder algumas perguntas: qual é o objetivo do evento? Visibilidade, vendas, ganhar público, divulgar uma causa? A partir dessas questões, você terá a definição de quem serão os participantes e qual será o tema do seu evento, além de entender o que você vai oferecer para o seu consumidor. É a partir das respostas para essas questões que você também poderá definir o orçamento do seu evento. Aproveite o momento também para interagir com seu público. Que tal usar enquetes no Facebook ou perguntar no Stories para saber o que ele prefere ou se está disposto a pagar por um ingresso? Ou até mesmo usar a etiqueta de perguntas para pesquisar o que ele gostaria de ver?

b) Data, horário e local
É importante pensar no momento certo para realizar o seu evento. Se você for uma marca de bolsas, malas e mochilas, talvez seja uma boa ideia fazer um evento perto das férias, quando as pessoas viajam mais. Ou, se for um evento voltado para crianças, pode ser uma boa ideia organizar algo perto do dia 12 de outubro. Assim as pessoas já se lembrarão de você com mais facilidade na hora de pensar em uma compra.

Lembre-se também de tornar o seu evento acessível para diferentes pessoas. Se seu público-alvo for mais velho, é melhor ter rampas de acesso em vez de degraus. Se quiser atrair mais adolescentes, busque lugares de fácil acesso por transporte público, já que nem sempre as pessoas dessa faixa etária podem ir de carro.

c) Organização geral
Com data e local definidos, é hora de listar as tarefas e os períodos de cada etapa. A lista de afazeres vai depender do tipo e porte do evento: um evento para muitas pessoas vai precisar de uma estrutura mais robusta, com mais espaço, banheiros, estrutura para alimentação, segurança e assim por diante. Também é o momento de saber se você precisará contratar fornecedores para esses serviços.

Se for um evento para compartilhar conhecimento, você precisa ser cuidadoso na definição da programação e do tempo de fala de possíveis palestrantes, além de estabelecer temas e formalizar convites. Lembre-se de deixar uma margem de erro na organização: caso algo dê errado ou fuja do planejado, você poderá se reorganizar sem grandes problemas. E se achar que pode estar se esquecendo de algum detalhe, plataformas como o Sympla podem ajudar na hora de fazer listas e checklists.

d) Divulgação
A partir do planejamento, você consegue avaliar os melhores canais para alcançar os participantes. O importante é atrair público e reforçar a sua marca. Pelo Facebook, você consegue criar um evento no qual a sua marca seja a organizadora, garantindo credibilidade e profissionalismo à sua ação. Você pode convidar a todos que curtiram a sua Página e também impulsionar o evento para alcançar mais pessoas. Também dá para criar stories divertidos e interativos, mostrando os preparativos do evento ou usando a figurinha de contagem regressiva para gerar expectativa.

A divulgação pode continuar acontecendo durante o evento também. Além de dialogar com o público presente, você pode usar o Stories para mostrar o que está acontecendo e chamar as pessoas ou até fazer uma transmissão ao vivo no Facebook ou no Instagram para incluir quem não estiver no local e quiser participar.

4. Analise o que deu certo (e o que pode melhorar)
Volte para o que havia sido estabelecido como seu objetivo e reflita: ele foi cumprido? O evento trouxe público? Gerou renda direta ou indireta? Sua marca foi associada a coisas positivas?

Para algumas respostas, você terá números e valores concretos. Para outras, é importante que você busque por feedbacks dos participantes. Eles gostaram? Voltariam em um segundo evento? A ideia é aprender com seus erros e acertos, para fazer eventos cada vez mais bem-sucedidos.

Uma sugestão para estimular uma conversa sobre o evento com a sua comunidade é criar um anúncio interativo no Stories do Instagram para agradecer ao seu cliente pela presença e usar o sticker de enquete para saber como foi sua experiência. Ou, se durante o evento você tiver feito o cadastro dos dados de seus convidados, use o WhatsApp Business para customizar uma mensagem automática de agradecimento e interagir com o seu cliente. Lembre-se: tudo isso é material de estudo para que seus próximos encontros com seus clientes sejam ainda melhores.

Consultoria: Gabriela Godoy, analista e gestora da Feira do Empreendedor do Sebrae-MG.

O post original desta publicação está aqui. O Facebook Para Empresas quer orientar e empoderar micro, pequenos e médios empreendedores no Brasil. Você pode conhecer mais acessando facebook.com/business, a Página Facebook Para Empresas ou o brand channel do Facebook no site do Draft.

23751 Total Views 4 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: