Meatless, um aplicativo de delivery 100% vegetariano

Luisa Migueres - 21 out 2015 Luisa Migueres - 21 out 2015
COMPARTILHE

Nome da empresa:
Meatless.

O que faz:
Meatless é um aplicativo de serviços de pedidos e entrega exclusivamente para opções de alimentação vegetariana e saudável. Atualmente, está disponível apenas para Android e está em desenvolvimento a versão iOS, bem como a adição de novos restaurantes.

Que problema resolve:
O app quer facilitar a busca de pessoas que optam pela dieta sem carne por restaurantes que entregam refeições vegetarianas.

O que torna especial:
Para ampliar o número de opções e regiões de entrega, o app não só disponibiliza restaurantes especializados como também filtra opções vegetarianas de restaurantes tradicionais. Outro ponto de diferenciação é a quantidade de informação oferecida sobre cada prato.

Modelo de negócio:
O modelo consiste em uma taxa percentual cobrada sobre o valor de cada pedido.

Fundação:
Agosto de 2015.

Sócios:
Dimitri Fernandes — Co-fundador
Rodrigo Borges — Co-fundador e Desenvolvedor Mobile
Rodrigo Maués — Co-fundador e Designer de UX

Perfil dos fundadores:

Dimitri Fernandes — 27 anos, Fortaleza (CE) — formado em Administração pela Universidade Federal do Ceará. Tem experiência em planejamento estratégico, desenvolvimento de produto e vendas. Foi funcionário da Endeavor Brasil por dois anos.

Rodrigo Borges — 26 anos, Manaus (AM) — formado em Engenharia da Computação pela Universidade Federal de Minas Gerais. Tem experiência em desenvolvimento mobile. Atuou como desenvolvedor líder na Ingresse.com por dois anos.

Rodrigo Maués — 25 anos, João Pessoa (PB) — formado em Engenharia da Computação pela PUC-Rio. Tem experiência em user experience e design. Atualmente é UX e designer mobile da Ingresse.com.

Como surgiu:
Dimitri é vegetariano há 12 anos e percebeu a dificuldade de encontrar opções adequadas para delivery dentro da dieta. Depois de pesquisar sobre o mercado de aplicativos de entrega, decidiu criar uma ferramenta com os desenvolvedores Rodrigo Borges e Rodrigo Maués. O objetivo era ter uma plataforma que desse mais velocidade na hora do usuário escolher sua refeição.

Estágio atual:
O app possui mais de 3 mil downloads e 15 restaurantes cadastrados de São Paulo. Não há escritório.

Aceleração:
Quer buscar aceleração a partir de janeiro de 2016.

Investimento recebido:
Não informado.

Necessidade de investimento:
Planejam captação a partir de fevereiro de 2016.

Mercado e concorrentes:
Os sócios aproveitaram o boom do mercado de delivery mobile dos últimos anos. Eles consideram os grandes players do mercado de delivery online seus maiores concorrentes, como iFood, HelloFood e PedidosJá. Há também o beveg, que não realiza pedidos, mas indica restaurantes com a opção de delivery.

Maiores desafios:
“Queremos manter a proporção em crescimento no número de novos restaurantes, novos usuários e pedidos realizados”, diz Dimitri.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Primeiro semestre de 2016.

Visão de futuro:
O Meatless espera massificar seu uso em São Paulo nos próximos meses. Quer atingir uma marca de 10 mil usuários e 60 restaurantes na cidade para, então, partir para a expansão nacional.

Onde encontrar:
Site
Contato

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

829 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: