O GoApp.pet permite aos usuários localizarem animais perdidos ou disponíveis para adoção

Dani Rosolen - 18 fev 2019
COMPARTILHE

Nome:
GoApp.pet.

O que faz:
É um app que permite aos usuários se conectarem com outros proprietários de animais por geolocalização para buscar pets perdidos, para adoção ou fazer amizade com pessoas interessados nesse meio. Em breve, será possível comprar produtos e serviços pela plataforma.

Que problema resolve:
Busca reduzir o número de animais abandonados e perdidos, conectar pessoas por afinidade (paixão por animais) e ajudar tutores a cuidarem melhor e com maior facilidade de seus pets.

O que a torna especial:
Segundo os fundadores, o app oferece uma carteira de saúde que consolida todas informações médicas do pet, tornando possível um cuidado maior da vida do animal.

Modelo de negócio:
Com o crescimento da base de usuários, os fundadores pretendem monetizar via comercialização de produtos e serviços pet que aprimorarão a experiência do usuário final e a utilidade do app.

Fundação:
Novembro de 2018.

Sócios:
Caetano Altafin — Cofundador e CEO
Marcela Grezes — Cofundadora e CMO
Isabel Machline — Cofundadora e CDO

Perfil dos fundadores:

Caetano Altafin — 35 anos, Rio de Janeiro (RJ) — é formado em Direito pela PUC-Rio, em Relações Internacionais pela UNESA, com Master of Law pela Harvard Law School e especialização em Finanças pela London Business School. Fundou a Harvard Law School Brazilian Studies Association, o Instituto Um Pé de Biblioteca, a MinD e cofundou o projeto HoGreen (focado na limpeza e revitalização de ruas e praias do Rio de Janeiro).

Marcela Grezes  26 anos, Rio de Janeiro (RJ) — é formada em Direito pela PUC-Rio e estudou na Universidade de Georgetown por um semestre, onde participou do grupo Women in Leadership, da Brazilian Students Association e da United Nations Association. Foi associada do escritório de advocacia norte-americano Hogan Lovells LLP, onde cofundou o projeto HoGreen.

Isabel Machline  30 anos, Rio de Janeiro (RJ) — é formada em Design Gráfico pela PUC-Rio. Trabalhou na Quidd.

Como surgiu:
A ideia foi inicialmente concebida em fevereiro de 2017 durante um bate-papo entre Marcela e Caetano. Isabel se juntou ao time nos meses seguintes. “Avançamos no protótipo até junho de 2017, quando o desenvolvimento foi iniciado. Lançamos o aplicativos na App Store e no Google Play no final de novembro de 2018”, conta Caetano.

Estágio atual:
O app conta com 1 500 animais cadastrados em três continentes.

Aceleração:
A startup foi selecionada para o programa austríaco 360º in 360 days, “uma das iniciativas em prol do empreendedorismo mais respeitados da Europa focada em negócios com real potencial de escala global”. Segundo Caetano, o programa é dividido em três estágios: mentoria, investimento e acesso a mercados-testes.

Investimento recebido:
A GoApp.pet irá receber 100 mil euros de aporte do programa de aceleração para expandir seu time (especialmente o de tecnologia), aprimorar o produto e se lançar no mercado europeu.

Necessidade de investimento:
Não busca no momento.

Mercado e concorrentes:
“O timing é perfeito, pois ainda há uma lacuna no mercado, especialmente no tocante à venda de serviços pet (como dog walker e dog sitter). As pessoas cuidam cada vez melhor de seus animais e, consequentemente, investem mais nisso. A tendência mundial é que esse mercado continue crescendo. Da mesma forma, países como os Estados Unidos e o Reino Unido começaram a proibir a comercialização de animais, ressaltando a importância da adoção, ideia que defendemos em nossa plataforma”, fala o CEO. Ele cita como concorrentes nacionais o Procure1Amigo, Dog Finder, o Tinder Pet e a DogHero.

Maiores desafios:
“Aprimoramento da plataforma para integração de produtos e serviços. Os esforços de TI requerem investimento e times capazes de cumprir com as demandas do mercado”, afirma Caetano.

Faturamento:
Ainda não fatura.

Previsão de break-even:
Junho de 2019.

Visão de futuro:
“Pretendemos lançar o aplicativo na Europa no primeiro semestre de 2019 e nos Estados Unidos até o final do ano. Queremos nos tornar a maior plataforma pet do mundo”, diz o CEO.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

536 Total Views 2 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: