Seleção Draft – Procrastinação

Kaluan Bernardo - 19 maio 2015
Por que procrastinar hoje o que você pode procrastinar amanhã? (Imagem: KllZoneBlog/Reprodução).
Kaluan Bernardo - 19 maio 2015
COMPARTILHE

A matriz da procrastinação
Quantas vezes você não ficou empolgado planejando o dia, o ano, a vida.. e, depois de um tempo, se frustrou simplesmente por não ter conseguido fazer metade do que queria? Olhando no retrovisor, é fácil perceber que, normalmente, o que te atrapalhou foi o bichinho da procrastinação, um dos grandes males do homem contemporâneo. Acredite: você não é o único a ter problemas com isso.

Tim Urban, do sensacional Wait But Why, também já sofreu muito com a procrastinação — e descreve a experiência de uma forma com a qual muita gente se identifica (basta ver os comentários). No entanto, no texto, ele traz muitos insights legais, conversando com a famosa matriz de Eisenhower, que classifica as coisas de acordo com a urgência e importância. Urban mostra que, olhando de uma forma diferente a vida, dá para questionar se aquilo que não é urgente nem importante (logo, taxado de procrastinação). Se não é importante, então por que te atrai? Disso, ele traz mais uma série de questionamentos, que nos ajudam a entender por que damos mais atenção a algo inútil do que àquilo que precisa ser feito agora, ou com os seus sonhos de longo prazo. Vale muito ler.

 

Algoritmos invisíveis
A discussão é relativamente antiga, mas fica mais atual a cada dia: redes sociais como o Facebook nos envolvem em uma bolha invisível. Ronaldo Lemos, na Folha de S.Paulo, explica: o site tem algoritmos que entendem o que gostamos e o que não gostamos; e ele se educa para mostrar apenas aquilo que concordamos. Isso acaba com qualquer embate ideológico nos levando, cada vez mais, a reforçar nossas opiniões — já que não encontramos mais vozes dissonantes. Curiosamente, o Facebook admitiu este funcionamento de seu algoritmo um dia antes de começar sua parceria com os veículos de mídia. Considerando que, nos EUA, 30% da população utiliza a rede para se informar, é bastante questionável até que ponto, para uma democracia, é saudável que existam esses filtros. Leia mais no link acima.

 

O empreendedorismo reduz a desigualdade?
Para Andrew Young, empreendedor e articulista no Entrepreneur, o empreendedorismo é um dos mais poderosos meios de reduzir a desigualdade. A lógica é simples: mais empresas, mais oportunidades. E, quanto mais inovador e bem sucedido for o negócio, maiores as chances de as pessoas evoluírem com a empresa e se capacitarem melhor para o mercado. Isso para não falar as transformações na sociedade como um todo, muito bem discutidas no link acima.

 

Inscrições abertas para Startup 360 da Campus Party Recife
Entre os dias 23 e 26 de julho, Recife receberá mais uma edição da Campus Party. Como de costume, o evento terá mais um espaço dedicado às startups, onde elas poderão apresentar seus produtos a potenciais parceiros, clientes ou investidores. É um bom espaço de trocas. Além disso, acontecerão várias palestras e atividades específicas voltadas aos empreendedores. A participação é gratuita e as inscrições vão até dia 20 de junho.

 

631 Total Views 2 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: