Seleção Draft – Startups e cidades

Kaluan Bernardo - 21 ago 2015
Newark, de Nova Jersey, quer melhorar seus índices sociais com o empreendedorismo. (imagem: Wikimedia/Reprodução).
COMPARTILHE

Startups podem salvar uma cidade?
Essa é a pergunta que os gestores de Newark, em New Jersey (EUA), estão se fazendo. A cidade, outrora eleita uma das piores para abrir um negócio nos EUA, montou um enorme plano para criar e fomentar ecossistema de startups. Conhecida por ter altos índices de pobreza e criminalidade, eles estão apostando no empreendedorismo para modificar tais índices sociais. Mas, como se faz isso? A educação é um componente básico — por isso, pessoas como Mark Zuckerberg financiaram escolas na região. As ideias começam a sair do papel agora, mas é interessante ver a relação do empreendedorismo como ferramenta para modificar realidades. O Startup Sebrae Minas discute o tema no link acima. Esse texto no Medium também é bem interessante para ver como se criou o ecossistema do Vale do Silício.

 

Nem sempre seu melhor amigo é o melhor sócio
É normal muita gente acreditar que um bom sócio é aquela pessoa com visão de mundo semelhante à sua, com quem você se dá super bem etc. É claro que é importante trabalhar com alguém que você se dá bem, mas isso não é o suficiente. Quando está montando uma equipe, é essencial que os sócios tenham perfis complementares. É como montar um quebra-cabeça: cada peça tem que ser diferente. Quando montar um time, considere tanto os fatores internos quanto externos ao negócio, além das necessidades do produto em si. A Infomoney explica mais no link acima.

 

O que são distritos criativos?
Há um Projeto de Lei paulistano chamado “Distritos Criativos”, que visa a criação de programas e incentivos para fomentar a economia criativa. Esse projeto pensa em programas específicos no centro de São Paulo e, na próxima terça-feira, dia 25, acontece a Conferência Municipal dos Distritos Criativos, na Câmara Municipal, para debater e discutir o tema, além de apresentar o Projeto de Lei. Lá estarão presentes Lucas Foster da ProjectHub e de outros empresários de Economia Criativa, do ex-Secretário da Economia Criativa do MinC, Marcos André Carvalho e Geoff Mulgan, diretor do Fundo Nacional para Ciência, Tecnologia e Artes do Reino Unido. O Startupi traz mais informações no link acima.

 

Programa de Imersão do Porto Digital em São Francisco
Na próxima segunda-feira, o Porto Digital lançará um programa de imersão em São Francisco, no Vale do Silício. O programa é uma parceria entre o Porto e a Apex-Brasil. A ideia é que a agência escolha negócios digitais de Recife para ajudar (oferecendo mentoria, capacitação e formação) se internacionalizarem.  O evento terá a presença do ministro do Desenvolvimento, Indústrias e Comércio Exterior, Armando Monteiro, e do presidente da Apex-Brasil, David Barioni, além de vários empresários do Porto focados em TI e economia criativa — e acontece na sede da Portomídia, em Recife, entre 10h e 12h.

726 Total Views 2 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: