“Não adianta mais buscar conhecimento apenas dentro das grandes corporações”

Camilla Ginesi - 28 Maio 2015

Marcio Alfonso, diretor de engenharia veicular e engenharia avançada da Ford na América do Sul, está há 38 anos na companhia e tem uma visão privilegiada da busca pela inovação:

“Até não muito tempo atrás, a gente buscava conhecimento dentro das grandes corporações. Hoje, temos muitas pessoas talentosas desenvolvendo aplicativos que têm um impacto enorme na vida das pessoas. O hackaton é uma abertura para que esses desenvolvedores tragam essas soluções e propostas para a gente”, conta.

Na última Campus Party, cerca de 50 desenvolvedores participaram do Hackathon Ford com 30 projetos (era possível se inscrever individualmente ou em duplas). O aplicativo vencedor, chamado “O Bom Motorista”, ajuda seguradoras a definir os perfis de motoristas a partir de relatórios gerados com as informações de uso dos carros, como velocidade média e distância percorrida pelo veículo e pressão feita pelo motorista nos pedais do acelerador e do freio. É esse tipo de conhecimento que Marcio, e a Ford, querem mais perto de si.

“A essência é a gente cooperar, atrair e colaborar com esses desenvolvedores, porque nessa parceria vemos a oportunidade de inovar, mais, e mais rápido”, finaliza.

Play para ver mais!

 

352 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: