Em busca do carro zero-quilômetro? A Digicarro conecta possíveis clientes a concessionárias

Dani Rosolen - 12 mar 2020
COMPARTILHE

Nome:
Digicarro.

O que faz:
Conecta de possíveis clientes em busca de carros novos a concessionárias em determinada área geográfica.

Que problema resolve:
Para o usuário facilita a cotação, comparação e negociação de carros novos e abaixo do preço de tabela em São Paulo. Para a concessionária, direciona o melhor cliente para fazer negócio.

O que a torna especial:
Segundo o CEO, o diferencial é a conveniência, já que o usuário pode comparar preços e negociar o carro por qualquer dispositivo móvel, com a entrega da cotação em até 24 horas.

Modelo de negócio:
A Digicarro tem um modelo híbrido de negócio entre cobrança de lead e sucesso. Apenas as concessionárias são cobradas.

Fundação:
Novembro de 2019.

Sócios:
Victor Raful — CEO
Investidores

Fundador:

Victor Raful — 39 anos, São Paulo (SP) — é formado em Marketing pela ESPN, com especialização em Digital Business. Tem passagens pelo Grupo Travelex, Grupo Restoque/SA, Tectoy S/A (Eletronicos) e TOTVS/SA.

Como surgiu:
De acordo com o CEO, a Digicarro surgiu da ideia de investidores do mercado automobilistico de facilitar a vida do consumidor no momento da escolha do seu carro novo, com uma solução digital que permitisse a conveniência de se fazer essa busca em qualquer lugar, a qualquer momento e por qualquer dispositivo.

Estágio atual:
Está em processo de tração no seu terceiro mês de operação. Já foram realizadas 200 mil visitas à plataforma, 500 mil pageviews, mil leads gerados aos parceiros e mais de 200 vendedores ativos (Volkswagen, Chevroket, Nissan, Jeep e Fiat).

Aceleração:
Está receptiva à aceleração.

Investimento recebido:
Os investidores aportaram 1,5 milhão de reais na plataforma.

Necessidade de investimento:
O CEO diz que a startup está aberta a investimentos, mas não estima valores.

Mercado e concorrentes:
“Somente o mercado interno brasileiro de automóveis novos é imenso e com alto potencial, principalmente pelas novas perspectivas da economia e crescimento do último ano. Nossa ideia é agregar às concessionárias, pois levamos os clientes até elas. Queremos ajudar o mercado e o consumidor a ter as melhores oportunidades, de uma maneira justa e conveniente para todos.” Victor diz que a plataforma não tem concorrentes diretos.

Maiores desafios:
“Os maiores obstáculos são: usar os recursos financeiros da melhor forma possível; educar o consumidor e as concessionárias sobre uma nova forma de cotar; comparar e negociar carros zero-quilômetro; e desafios tecnológicos em geral.”

Faturamento:
Ainda não fatura.

Previsão de break-even:
Segundo semestre de 2021.

Visão de futuro:
“A Digicarro quer chegar em até três anos a ter uma participação de mercado entre 0,5% a 1%. Ser uma nova e conhecida solução para quem quer cotar, comparar e negociar carro zero-quilômetro”, afirma Victor.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

911 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: