A EdukarNegócios criou uma plataforma de educação corporativa que funciona pelo WhatsApp

Dani Rosolen - 4 maio 2021
COMPARTILHE

Nome:
EdukarNegócios.

O que faz:
Desenvolveu a EdukaZap, uma plataforma digital baseada em IA que unifica a comunicação, a capacitação e o suporte para colaboradores em um único canal, o WhatsApp

Que problema resolve:
Busca resolver a falta de alinhamento entre colaboradores, causada principalmente pelo crescimento e expansão de empresas.

O que a torna especial:
Segundo os sócios, o diferencial da startup é a simplicidade, o atendimento ininterrupto, as “pílulas de conhecimento” direto ao ponto e as integrações com IA.

Modelo de negócio:
Business Process Outsourcing (ou BPO, procedimentos adotados quando uma empresa contrata outra para realizar atividades em uma área de importância para o negócio) na área educacional; Design Studio (construindo as “pílulas” nos formatos de vídeo, infográfico ou podcasts contratados pela empresa cliente), Setup (construindo e segmentando os conteúdos por área, upload e associação de usuários), plataforma com as “pílulas de conhecimento” (para serem consumidas de forma leve no ritmo e tempo do usuário) e manutenção (ajustando fluxos da automação e algoritmos de IA).

Fundação:
Janeiro de 2011 como consultoria e fevereiro de 2020 como SaaS.

Sócios:
Flávio Oliveira CEO
Simonia Oliveira COO

Fundadores:

Flávio Oliveira — 47 anos, São Paulo (SP) — é formado em Sistemas de Informação pela Universidade Drummond, com pós-graduação em Gestão de Projetos pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) e MBA em Governança de TI pela mesma instituição. Também é  mestre em Aspectos Sociais e Organizacionais dos Sistemas de Informação pela USP. Foi sócio e Head de Grow e Franchising da Conta Zap e Head de Educação da Acqio.

Simonia Oliveira — 44 anos, Jequié (BA) — é formada em Pedagogia e em Artes pela Universidade Brasil; pós-graduada em Práticas Educativas pela Instituto INEQ e em História da Arte pelo Grupo IMEP Educacional. Atua como professora da Rede Municipal de Educação de São Paulo.

Como surgiu:
Flávio conta que a ideia surgiu após presenciar inúmeras tentativas de empresas em implementar universidades corporativas em busca de alinhamento e disseminação de informações. “Validamos a solução junto a uma holding com empresas do mercado financeiro e em comunidades de RH, atuando exatamente nas dores mapeadas”, afirma o CEO.

Estágio atual:
A EdukarNegócios tem 8 mil usuários cadastrados em seis clientes.

Aceleração:
A startup participou do programa de aceleração da BlackRocks Startups.

Investimento recebido:
Os sócios investiram 540 mil reais na empresa.

Necessidade de investimento:
De acordo com Flávio, a startup participa de um programa americano (TheVentureCity) que sinaliza o interesse em aportar 300 mil dólares por 6% em equity. “Paralelamente, estudando outras alternativas. O investimento necessário para acelerar nosso crescimento e suportar um ano operacional seria de 1,4 milhão de reais.”

Mercado e concorrentes:
“O mercado está em franca expansão. Para ter ideia, um único prospect com grande possibilidade de fechamento trará 75 mil usuários. E apostamos demais no crescimento de soluções que facilitem a comunicação e a capacitação; e ainda ofereçam suporte técnico ininterruptamente. Nesse momento, estamos validando o mercado de edtech e IA em Angola. Em parceria com a ContaBlack, temos propostas na mesa com a Ambev e a Universidade Zumbi dos Palmares”, conta o CEO. Entre os concorrentes na área de comunicação, ele cita o WhatsApp, o WeChat, o Telegram e o Signal. Já quando se trata de outras plataforma de aprendizagem, o empreendedor aponta o DOT, LEO Learning e Teya. E em suporte técnico, a ZenDesk e a Movidesk.

Maiores desafios:
“Os maiores desafios são a estruturação do Growth Machine, explorando Sales Navigator; a estruturação de conteúdos educacionais escaláveis; e o desenvolvimento de uma IA para visão computacional que ajude na interpretação de vídeos”, afirma Flávio.

Faturamento:
96 mil reais mensais (no formato SaaS).

Previsão de break-even:
Primeiro semestre de 2021.

Visão de futuro:
“Queremos ser referência em soluções de alinhamento corporativo, expandindo features que também atendam a outras instituições não se limitando assim apenas ao cenário corporativo.”

Onde encontrar:
Site
Contato

 

979 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: