Busca evoluir na carreira? O Katalista realiza recomendações de conteúdo profissional de acordo com as necessidades de cada usuário

Dani Rosolen - 21 mar 2023 Dani Rosolen - 21 mar 2023
COMPARTILHE

Nome:
Katalista.

O que faz:
É um aplicativo que faz recomendações de conteúdo profissional em diversos formatos aplicando inteligência artificial e curadoria de especialistas baseadas em quem o usuário é, quer ser e o que está precisando aprender.

Que problema resolve:
Democratiza o acesso à mentoria, prática pouco difundida e oferecida geralmente apenas a executivos de grandes empresas. O Katalista busca impulsionar profissionais de diferentes perfis e em todos os estágios de carreira.

O que a torna especial:
Segundo os sócios, as soluções disponíveis no mercado, como plataformas de cursos, demandam que o usuário tenha um comportamento ativo, fazendo o esforço pelo processo completo, da definição do tema de aprendizado, busca ativa e disciplina de parar tudo para executar um treinamento. “O Katalista atua como um mentor, direcionando o que a pessoa deve consumir para solucionar aquele problema, trazendo conteúdos em diferentes formatos, duração e profundidade. Ela pode, por exemplo, se preparar para dar um feedback difícil enquanto está a caminho do trabalho, ouvindo um podcast. Ela não precisa buscar quais podcasts têm qualidade, quem fala sobre esse tema, fazer uma pesquisa no Google. O Katalista já traz conteúdo de qualidade, alinhado ao que ela se interessa e para aquela situação que indicou”, diz Paula Foster, COO da empresa.

Modelo de negócio:
Assinatura B2B + serviço e Freemium no B2C

Fundação:
Janeiro de 2022.

Sócios:
Hamilton Berteli CEO e CTO
Paula Foster — COO
Julio Mariutti — CPO

Fundadores:

Hamilton Berteli — 43 anos, Araras (SP) — apaixonado por educação, inovação, tecnologia e simplicidade, tem mais de 20 anos de experiência executiva escalando empresas, plataformas e negócios no mundo corporativo. Foi CTO e CGO da Accenture/Avanade, CIO e CDO do Cartão Elo e Managing Partner da IBM iX. É HBS Alumni e Latitud Fellow.

Paula Foster — 40 anos, São Paulo (SP) — apaixonada por aprender, estudiosa de modelos de educação e aprendizagem, desenvolveu estratégia e conteúdo para educação corporativa para empresas como Grupo Boticário, Nexa e Ri Happy. Cofundou a BPool, o LabCriativo e a The News Squad Fellow e atuou como executiva de negócios e RH em empresas como Alpargatas, Riachuelo e Progen/Pacaembu.

Julio Mariutti — 39 anos, São Paulo (SP) — atuou por 15 anos à frente de estúdios de design, liderando desde iniciativas autorais a projetos para grandes marcas como Ambev e XP, premiados no Brasil, EUA e Alemanha. Foi professor de Design e Comunicação Visual na EBAC por quatro anos. Fundou o estúdio lógos, cofundou o nu e foi design director da Bamboo.

Como surgiu:
Em 2019, Lucas Foster (World Creativity Day e Prêmio Brasil Criativo) e Paula Foster fundaram o LabCriativo, que fazia a curadoria de conteúdos para iniciativas de cultura e desenvolvimento para empresas como Grupo Boticário e Nexa, do Grupo Votorantim. O projeto foi um embrião do Katalista, validando a demanda das empresas por conteúdos em formatos diferentes dos cursos e conteúdos corporativos de produção própria e também a dificuldade que as empresas tinham em engajar as pessoas com plataformas LMS e Universidades Corporativas. Com os contratos encerrados na pandemia, Lucas e Julio Mariutti testaram um novo modelo voltado a levar descontos em cursos de escolas renomadas para as empresas por assinatura, estilo um Gympass de educação corporativa, com Hamilton Berteli como primeiro investidor. Após uma versão alpha ser implantada em alguns clientes como Pif Paf e Ambev, eles perceberam a necessidade de pivotar o negócio unindo as duas experiências com inteligência artificial. Foi quando nasceu o Katalista de hoje, com Hamilton assumindo a posição de CEO. Hoje, o Lucas não está mais no quadro de fundadores e Paula substituiu-o, trazendo sua bagagem em RH e desenvolvimentos de negócios.

Estágio atual:
A plataforma conta com aproximadamente 800 usuários de duas empresas pagantes. De acordo com Julio, o CPO,  o app apresenta 20% de crescimento de usuários por mês, retenção três vezes  maior do que de universidades corporativas. Atuam na empresa os os três sócios e uma estagiária em modelo híbrido, com escritório no hub de inovação Distrito, em São Paulo.

Aceleração:
Foi acelerada pelo programa do fundo Latitud.

Investimento recebido:
O Katalista recebeu investimento-anjo de 1,5 milhão de reais por 10% de participação.

Necessidade de investimento:
A startup pretende abrir em breve uma nova rodada de investimento para a evolução do produto e expansão do go to market.

Mercado e concorrentes:
“Hoje, as empresas estão inundadas de soluções de baixa utilização como Universidades Corporativas e plataformas LMS, que apenas 10% dos colaboradores utilizam, ou com iniciativas caras oferecidas somente a executivos, como coach e mentoria. Com isso, o baixo retorno sobre os investimentos em soluções de desenvolvimento é uma dor real das empresas que precisa ser solucionada e começa a ser endereçada com o Katalista. Nosso mercado é enorme e muito promissor”, afirma Paula.  “É muito difícil apontar um concorrente direto. Dentro das soluções de RH, somos a democratização da mentoria, uma das formas mais eficientes de ajudar no desenvolvimento profissional. Mas já ouvimos de muitos usuários que o Katalista é uma substituição ao Google, pois elimina a necessidade de encontrar qual resposta realmente vale a pena, já que a curadoria é de altíssima qualidade”, diz a COO. 

Maiores desafios:
“O momento do mercado tem impactado diretamente as verbas do RH, que tende a ficar com soluções mais conhecidas. Temos o desafio de mostrar às empresas que nossa solução promove economia em relação às tradicionais e gera maior engajamento. É o desafio de entrar no mercado com um produto inovador”, fala Paula.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Não informado.

Visão de futuro:
“Estamos trabalhando em um problema global e pretendemos levar o Katalista a todos os lugares. A facilidade de internacionalização do nosso modelo de negócio será uma grande vantagem no longo prazo. Mas até lá temos muito para construir no Brasil e na América Latina”, conta Hamilton, CEO do Katalista.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

368 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: