É microempreendedor individual e precisa de suporte para resolver as burocracias do seu negócio? O MaisMei pode ajudar

Dani Rosolen - 8 nov 2022 Dani Rosolen - 8 nov 2022
COMPARTILHE

Nome:
MaisMei.

O que faz:
É uma plataforma que auxilia o microempreendedor individual na resolução de burocracias do negócio.

Que problema resolve:
Ajuda o microempreendedor individual na resolução de burocracias do negócio, como abertura do MEI, pagamento da Guia DAS, declaração anual de faturamento, cartão CNPJ, entre outros. Além disso, oferece serviços em parceria com instituições financeiras.

O que a torna especial:
Segundo os sócios, a startup centraliza várias soluções para o MEI em uma única plataforma.

Modelo de negócio:
Venda de serviços, plano anual e oferecimento de soluções de empresas parceiras.

Fundação:
Fevereiro de 2020.

Sócios:
Mateus Vicente CEO & Co-founder
Tiago Vicente Board & Co-founder
Uelen Paulo CTO & Partner

Fundadores:

Mateus Vicente   30 anos, São Paulo (SP) é especialista em tecnologia, com 12 anos de experiência. Trabalhou em empresas como Locaweb e Organizze.

Tiago Vicente 35 anos, Criciúma (SC) é especialista em UX Startegy  e Design System. Foi CEO da Organizze. Atualmente é CEO da Controlle.

Uelen Paulo — 34 anos, São Paulo (SP) —  é formado em Sistema de Informação pela Faculdade Alfa. Trabalhou na DR Soluções.

Como surgiu:
Os sócios contam que já precisaram acessar o site ou o aplicativo do governo para tarefas simples, como pagar a guia DAS, e enfrentaram dificuldades. Então, resolveram se uniram para criar uma solução mais simples para esse mercado e que  deixasse o empreendedor tranquilo e seguro.

Estágio atual:
A empresa é remota e não possui escritório ou sede. Conta com uma equipe de 26 pessoas e diversos fornecedores e profissionais freelancers para dar tração ao negócio. A plataforma tem mais de 1 milhão de usuários cadastrados.

Aceleração:
Não teve.

Investimento recebido:
Os sócios investiram 6 mil reais para começar a empresa.

Necessidade de investimento:
Não busca.

Mercado e concorrentes:
“Atualmente são 13,5 milhões de MEIs em atividade, um universo gigante que ainda queremos alcançar, entregando soluções para esses microempreendedores individuais e formando cada vez mais parcerias com grandes players que fornecem produtos e serviços voltados a esse público”, diz Mateus. Ele cita como concorrentes a plataforma MEI Fácil e o app MEI, do Governo.

Maiores desafios:
“Após alcançar um milhão de usuários, o nosso maior desafio agora é fazer o MaisMei chegar até uma parcela ainda maior de MEIs e, dessa maneira, facilitar os processos e a burocracia do que é empreender no Brasil”, afirma o CEO.

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
Já foi alcançado. “Nossa empresa começou com investimento muito baixo. Eu e Uelen desenvolvemos quase tudo e crescemos organicamente. No segundo mês já lucramos 30 mil reais e quase sempre tivemos o custo bem abaixo do faturamento”, diz Mateus.

Visão de futuro:
“Para o futuro esperamos desenvolver novos serviços para facilitar ainda mais a vida dos nossos usuários. Atualmente, criamos dois novos serviços, de empréstimos para os microempreendedores e de ‘Score CPF’, para que os usuários saibam sua nota de crédito. Além disso, esperamos aumentar a nossa gama de usuários, que atualmente alcançou a marca de 1 milhão”, conta o CEO.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

182 Total Views 2 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: