Owners Wanted, “venture designers” para startups

Kaluan Bernardo - 15 maio 2015
Logo da empresa.
Kaluan Bernardo - 15 maio 2015
COMPARTILHE

Nome:
Owners Wanted.

O que faz:
Se consideram como “venture designers”, um grupo de “investidores anjos” que, em vez de colocar dinheiro em startups, oferecem como capital seu trabalho em design. E falamos no design como algo muito maior do que simplesmente o design gráfico. O que oferecemos são soluções que vão do modelo de negócios à estratégia de marca, à comunicação e até ao desenvolvimento de produtos e serviços”, explica Leonardo Balbi, um dos sócios da empresa.

Que problema resolve:
Oferecem design e soluções a empresas que ainda não têm capital para pagar pelo trabalho de bons profissionais nessas áreas.

O que a torna especial:
Contam com profissionais experientes no mercado.

Fundação:
Julho de 2014.

Modelo de negócios:
Em troca do investimento, oferecendo a expertise em design, eles se tornam sócios com participação minoritária das startups.

Para bancarem os custos até terem os primeiros retornos, prentendem oferecer cursosde pequena, média e longa duração para apresentar uma nova forma de pensar a profissão de comunicadores por meio do design.  “Além de gerar receita, esses cursos disseminarão nossa cultura e incentivarão mais pessoas a investirem nelas mesmas”, diz Balbi, sócio da empresa.

Sócios:
Caio Mattoso.
Léo Balbi.
Rodrigo Mendes.

Perfil dos fundadores:
Caio Mattoso – 31 anos, São Paulo (SP)formado pela ESPM. É Diretor de Criação na agência Weiden+Kennedy.

Léo Balbi – 38 anos, Volta Redonda (RJ)formado em Publicidade e Propaganda pela PUC-Rio e Strategic Communications pela University of Missouri – Columbia. É Diretor de Atendimento na agência Y&R.

Rodrigo Mendes – 36 anos, Rio de Janeiro (RJ) – formado pela ETEC-RJ. É Diretor de Criação na agência Weiden+Kennedy.

Fundadores da Owners Wanted.

Fundadores da Owners Wanted.

Como surgiu:
“A partir de trabalhos paralelos feitos para startups, vimos que dinheiro era uma moeda ultrapassada. Nosso talento e visão poderiam transformar uma empresa iniciante em algo muito maior do que, e um pagamento não faria jus. As startups enxergaram a mesma coisa, decidindo ter ao seu lado um parceiro de design que visasse o longo prazo, o sucesso sustentável. Então decidimos criar o negócio”, diz Balbi.

Estágio atual:
Têm cinco projetos em andamento e, no momento, não conseguem absorver mais iniciativas. Mas pretendem expandir.

Aceleração:
Não procuram.

Necessidade de investimento:
Não buscam investimento externo.

Investimento recebido:
Operam com capital próprio.

Mercado e concorrentes:
Acreditam não ter concorrentes.

Maiores desafios:
Conseguir manter nossa empresa funcionando, com custo aceitável para os sócios, até que as empresas que nos tornamos sócios comecem a distribuir dividendos e contribuir para a receita da Owners Wanted”, diz Balbi.

Faturamento:
Deverá vir por três fontes:
1) Participação nas empresas parceiras;
2) Pelos cursos que oferecem;
3) Com consultoria.

Previsão de break-even:
Terceiro trimestre de 2016.

Visão de futuro:
“Nos vemos muito claramente como um agente subversivo do modelo atual. Acreditamos na força dos donos, dos empreendedores, das pessoas que encaram a sua empresa como o início, o fim e o meio. Temos certeza de que o mundo caminha para onde nós nos estabelecemos hoje: um espaço que privilegia quem faz, quem arrisca, quem quer, e a Owners Wanted tem muito a oferecer a essas empresas. Não acreditamos em dinheiro. Acreditamos em talento. E acreditamos que, muito em breve, essa visão se mostrará muito mais verdadeira e sólida que a relação que as empresas têm com seus fornecedores hoje”, pontua Balbi.

Onde encontrar:
Site
Contato

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua  iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

COMPARTILHE

Confira Também: