APRESENTA
APRESENTA

Para a Tetra Pak, lugar de mulher é no topo

Daniella Grinbergas - 20 dez 2023 Daniella Grinbergas - 20 dez 2023
COMPARTILHE

Não dá para negar que a agenda da equidade de gênero no mundo corporativo ainda engatinha. Segundo o estudo “Panorama Mulheres 2023”, realizado pelo Talenses Group com o Insper, somente 26% das mulheres ocupam cargos de diretoria nas empresas – indicador que subiu tímidos 5% desde 2017. E um novo relatório do Fórum Econômico Mundial trouxe a estimativa desanimadora de que faltam no mínimo 131 anos para que elas atinjam a paridade com os homens. Hora de acelerar essa jornada!

Nesse contexto, grandes companhias têm enorme potencial de impulsionar a agenda e provocar a tão necessária transformação. É o caso da Tetra Pak, que sabe de seu papel e vem trabalhando fortemente, colocando a pauta como estratégica. Hoje, a Tetra Pak Brasil conta com 26% de mulheres em cargos na alta diretoria e a meta é chegar a 50% até 2030 em toda a companhia. Uma caminhada acelerada e que vem dando frutos.

Mulheres na liderança  da Tetra Pak

Um ambiente seguro e que proporcione confiança para que as colaboradoras possam mostrar seu valor é determinante para a transformação.

“Fui a primeira gerente de fábrica mulher e tudo aconteceu com muita naturalidade porque a Tetra Pak me impulsionou e acreditou no meu potencial. Sinto foi algo orgânico, que esse ambiente propício existe porque o respeito e a igualdade fazem parte da cultura da empresa”, conta Natascha Morandi, que iniciou a vida profissional como estagiária há 10 anos e atua como gerente de produção em uma das fábricas da companhia.

Natascha Morandi, gerente de produção em uma das fábricas da Tetra Pak.

Thais Costa, responsável de portfólio de serviços, tem a mesma percepção. “No mundo corporativo, sempre precisamos provar muito mais que somos capazes do que os homens, principalmente no quesito técnico. Mas se a empresa está ao seu lado, você tem o suporte necessário. Nunca me senti jogada no fogo. Sempre tive apoio da liderança e fui muito respeitada. Tudo acontece naturalmente aqui dentro”, completa.

Thais Costa, responsável de portfólio de serviços da Tetra Pak

Há 12 anos, Thais aceitou o desafio de sair da indústria farmacêutica e mergulhar na área comercial da Tetra Pak. “Além da mudança para o segmento alimentício, me deparei com uma área predominantemente masculina. Há dez anos, éramos duas mulheres no departamento e, hoje, temos 40% do time feminino. O que me deu muita coragem foi que a empresa nunca soltou das minhas mãos”, conta.

Ana Paula Herrstrom, diretora de automação e soluções digitais Américas, é mais uma das pioneiras na liderança da empresa. “Fui a primeira mulher na área de automação e cresci rapidamente na Tetra Pak. Depois de dois anos de casa, fui convidada para trabalhar na Suécia. Quando voltei ao Brasil, assumi uma equipe de engenharia formada por 14 homens. Sempre cercada de respeito e segurança. Depois, comecei a formar outra equipe e a procurar mais mulheres para compor o time. O departamento cresceu e passei a ser mais ativista em relação à entrada de colaboradoras. Hoje tenho uma equipe de Américas com mais de 160 pessoas, estou trazendo 15% de mulheres e correndo atrás da equidade”, afirma.

Ana Paula Herrstrom, diretora de automação e soluções digitais Américas

E como inspiração é fundamental, as trajetórias dessas mulheres receberam apoio incansável de outras mulheres. “Minhas mentoras foram minha maior inspiração, a prova de que é possível mostrar a competência, obter respeito e valorização, sem precisar perder sua essência, sua doçura”, afirma Samantha Carvalho, gerente de contas-chave.

Ela ainda reforça que, mais do que inspirar, as mulheres que passaram pelo seu caminho incentivaram seu crescimento, acima de tudo. “A liderança nos apoia mesmo sabendo que está nos preparando para mudar de cargo ali na frente. Sinto que os gestores querem que os talentos fiquem na Tetra Pak e se esforçam para isso independentemente de tê-los em sua área ou na do colega ao lado”, diz.

Samantha Carvalho, gerente de contas-chave

As pedras no caminho

Apesar dos desfechos felizes das trajetórias de Natascha, Thais, Ana Paula e Samantha até aqui, todas têm em comum a vivência de alguma situação desconfortável pelo simples fato de serem mulheres. Da síndrome do impostor, que faz com que elas mesmas não se vejam capazes de assumir posições de liderança, à desconfiança de quem atendem.

“Uma vez, a Tetra Pak me enviou para um treinamento exclusivo para o qual são indicadas apenas 50 pessoas por ano por acreditar no meu talento. Só que eu me questionava se era boa o suficiente para estar ali. Entendi que fui criada em uma sociedade machista e que iria encontrar barreiras. Mas eu fui minha primeira barreira”, lembra Ana Paula.

Já Thais sentiu na pele a desconfiança de clientes. “Como trabalho com serviços, percebia que alguns chegavam a duvidar da minha atuação. Eles me olhavam pensando: ‘minha máquina parou e essa moça é quem vem trazer a solução?’. E todas as vezes eu provei que era capaz, o que acaba contribuindo muito para a mudança de mentalidade”, comemora.

Samantha, que mora nos Estados Unidos e é a única mulher de uma equipe de 20 pessoas também comenta sobre as dificuldades: “Como estou à frente de projetos, acabo gerenciando diversos colaboradores. Não é fácil, mas o mundo está mudando para melhor. Há uma demora para a evolução acontecer dentro das pessoas. Por outro lado, me sinto segura na Tetra Pak e sei que tenho ferramentas e apoio total da companhia e de líderes para estar na minha posição e seguir firme”, ressalta.

Diante de tantos desafios transpostos e inspiradas por tantas outras mulheres que vêm deixando claro que podem – e devem – ocupar qualquer posição no mercado de trabalho, as expectativas são muito positivas:

“O meu desejo é ver cada vez mais mulheres empoderadas, que tenham confiança nelas mesmas”, defende Natascha.

E Ana Paula conclui: “Fico feliz em ser uma dessas líderes mulheres que servem como inspiração. Se eu puder tirar as pedras do caminho para que mais mulheres andem mais rapidamente do que eu andei, certamente o farei”.

 

Como a Tetra Pak impulsiona a mudança

A empresa trabalha com programas e iniciativas para fomentar a diversidade, trazendo cada vez mais mulheres para dentro da companhia e capacitando-as para as mais diferentes áreas.

Em 2018, a Tetra Pak lançou o programa #ElasnaEngenharia, pensado para estimular jovens universitárias a se engajarem nas áreas de engenharia, nas quais a presença masculina ainda é predominante. A proposta é estreitar o contato entre as lideranças femininas da empresa e as futuras engenheiras, promovendo trocas de experiências e conhecimento das oportunidades de carreira na companhia. O programa já teve três edições, alcançando mais de 600 inscritas por todo o Brasil.

Já em 2023 teve início o ForShe, com objetivo de desenvolver e capacitar mulheres colaboradoras das fábricas de Monte Mor e Ponta Grossa para que, futuramente, possam ocupar posições de liderança na companhia, gerenciando projetos e/ou equipes. Esta primeira edição do programa tem a participação de 20 mulheres formadas em Engenharia e Administração de Empresas. Nesse primeiro ano do projeto, estão sendo trabalhados temas como Vieses Inconscientes, Autoconfiança e Espírito de Liderança.

Outra iniciativa lançada em 2023 para impulsionar as mulheres no mercado foi a parceria com o SENAI para criar o Programa de Aprendizes SENAI Ponta Grossa e Monte Mor. A ideia foi abrir uma turma específica para capacitação feminina para uma jornada profissional dentro da Tetra Pak. O primeiro curso foi dado em Ponta Grossa, voltado para Auxiliar de Linha de Produção, mesclando conhecimento teórico e aplicação prática do dia a dia de trabalho na empresa.

Além disso, a Tetra Pak oferece mentorias para mulheres de áreas técnicas e certos níveis de lideranças especialmente no ambiente de fábrica e também oferece um programa global destinado a líderes de diferentes níveis, posições e áreas que recebem nove meses de mentoria de líderes de outra indústria. Um verdadeiro intercâmbio para que elas tenham visões mais amplas de outros mercados.

527 Total Views 12 Views Today
APRESENTA
COMPARTILHE
APRESENTA

Confira Também: