Saiba como a Combudata ajuda empresas a economizar na compra de combustível para suas frotas

Dani Rosolen - 19 ago 2021 Dani Rosolen - 19 ago 2021
COMPARTILHE

Nome:
Combudata.

O que faz:
É uma plataforma de gestão de compra de combustível criada para facilitar a tomada de decisão das empresas na hora de adquirir o produto para a sua frota.

Que problema resolve:
Busca trazer visibilidade, planejamento e controle nas operações de compra de combustível através de dados imputados na plataforma, o que impacta diretamente no lucro e na economia das empresas. Além disso, traz informações do setor, funcionando como um hub para o mercado de combustíveis.

O que a torna especial:
Segundo os fundadores, além da ferramenta de gestão, a empresa oferece o Combumarket, primeiro marketplace no Brasil que conecta fornecedores de combustíveis a empresas que compram em escala.

Modelo de negócio:
A Combudata opera no modelo SaaS enabled Marketplace.

Fundação:
Outubro de 2019.

Sócios:
Daniel Colella — CEO e cofundador
Vinicius Donin — Cofundador e investidor

Fundadores: 

Daniel Colella — 32 anos, Foz do Iguaçu (PR) é formado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Paraná, com passagem por multinacionais como LATAM e Raízen (joint venture Cosan & Shell).

Vinicius Donin — 32 anos, Curitiba (PR)é formado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Paranáé. Foi trainee na Advent International e liderou a área de novos negócios da empresa. Atuou como CFO da startup Vá de Táxi. Fundou a RD2 Ventures, fundo de VC early-stage que atua na criação de novas startups.

Como surgiu:
Os engenheiros Daniel e Vinicius perceberam, por meio de suas vivências no mercado e da carência de dados e informações no meio, que havia a necessidade de oferecer mais controle, visibilidade e transparência para as empresas que compram combustível em escala, que até então não enxergavam outras possibilidades a não ser aceitar as margens de negociação dos fornecedores. Como Daniel trabalhou “do outro lado da mesa”, vendendo diesel para o mercado B2B, notou que algumas distribuidoras, que se aproveitando da grande oscilação de preços desse mercado, muitas vezes cobram margens abusivas no preço do combustível. Além disso, eles observaram a onerosidade do tempo gasto nas cotações de compra de diesel por profissionais da área. Para resolver esses problemas, os sócios decidiram fundar a Combudata.

Estágio atual:
A Combudata tem um escritório físico e cerca de 30 colaboradores. De acordo com os fundadores, mais de 198 milhões de litros de combustíveis já foram analisados pela plataforma, cerca de 50 pontos de abastecimento foram atendidos pela empresa e mais de 12 mil notas fiscais analisadas, gerando uma economia de mais de 22 milhões de reais para os clientes.

Aceleração:
Não busca.

Investimento recebido:
Recebeu um aporte de 2,8 milhões de reais, liderado pelo fundo Canary com participação dos cofundadores da Mobly (Mario Fernandes e Victor Noda).

Necessidade de investimento:
Não busca no momento.

Mercado e concorrentes:
“O mercado sofre com a falta de dados, informações, conhecimento sobre combustíveis, falta de inteligência na hora de comprar; e escassez de dados consistentes para embasar as negociações com fornecedores. Também há um desconhecimento sobre todas as distribuidoras existentes e tudo que impacta no preço do combustível, além de uma falha de ‘educação’ sobre a credibilidade e qualidade do combustível fornecido por essas distribuidoras”, afirma Daniel. Ele cita como concorrente direto a Valêncio Consultoria e indireto, a Raion Consultoria.

Maiores desafios:
“Mostrar que não somos um substituto ao trabalho do comprador de diesel e sim uma ferramenta de otimização e um complemento para ele. E também, fazer com que as pessoas acreditem na solução em um mercado tão tradicional.”

Faturamento:
Não informado.

Previsão de break-even:
2022.

Visão de futuro:
“Nosso objetivo é ser um hub de soluções no âmbito do comércio de combustíveis, tanto para a ponta compradora como para a vendedora. Vemos a Combudata ganhando o status de FRP (Fuel Resource Planning), analogamente ao ERP, software que faz tudo para uma determinada empresa”, conta o CEO.

Onde encontrar:
Site
Contato

 

Você tem uma startup que já é mais do que um sonho, mas ainda não é uma empresa totalmente estabelecida? Escreva para a gente. Queremos conhecê-lo. E, quem sabe, publicar um perfil da sua iniciativa aqui na seção Acelerados. Esse espaço é feito para que empreendedores como você encontrem investidores. E para que gente disposta a investir em novos negócios encontrem grandes projetos como o seu.

263 Total Views 1 Views Today
COMPARTILHE

Confira Também: