APRESENTA
APRESENTA

Com cama para pets, startup do sono quer redefinir o sono de toda a família

Adriana Küchler - 27 jul 2021
Empresa criou um workshop de dois dias em que consumidores apresentaram as necessidades dos cães para a cama canina ideal
Adriana Küchler - 27 jul 2021
COMPARTILHE

Colchão duro, travesseiro molenga demais, muita luminosidade ou barulho em excesso. Você com certeza sabe que questões atrapalham o seu sono ideal. Mas quais são os problemas que afetam as sonecas do seu cachorro? A pergunta não é um mero detalhe, já que os cães levam uma vida boa e podem passar mais da metade do dia dormindo.

Mas, se os pets não podem narrar seus perrengues na hora de dormir, ninguém melhor que os donos deles para desvendar esse mistério. Foi pensando nisso que a Zissou, marca de produtos premium para o sono, decidiu ir além dos colchões e travesseiros e convidou os clientes para participar da criação de sua cama para cachorros.

“Nosso propósito é redefinir a relação com o sono, não só das pessoas, mas de todo mundo”, diz Andreas Burmeister, um dos fundadores da Zissou.

Assim, a empresa criou um workshop de dois dias em que consumidores que consideram os pets como parte da família apresentaram as reais necessidades dos cães -e deles mesmos- para a cama canina ideal: ela precisaria ser confortável, com apoio para a cabeça, fácil de lavar e leve para transportar.

Conduzido pelos especialistas em design e desenvolvimento de produtos da agência Gorila Design, o processo culminou, há dois anos, na criação da Toca, uma cama que reúne todas as exigências acima e ainda “abraça” o bicho de estimação. “A ideia é que o cachorro se sinta protegido. Ele vê a cama e, instintivamente, ‘cava’ o seu buraco, se entoca. E a cama o abraça”, explica Andreas. Seu lulu da pomerânia, Olaf, foi um dos beta testers e adorou o produto.

“Um processo colaborativo, em que o usuário participa desde o início, descobrindo, criando e desenvolvendo junto com a marca, gera escolhas mais assertivas, consumidores mais felizes e produtores mais satisfeitos”, diz Fernanda Jordani, da Gorila Design.

Pets 2: a missão

A criação da caminha para cachorros, uma ideia antiga que já vinha pipocando na cabeça dos sócios da Zissou, acabou sendo antecipada por um evento inusitado. A produtora de cinema Universal procurou a startup, ainda no início de 2019, para promover uma ação conjunta com o lançamento da animação “Pets 2: A Vida Secreta dos Bichos”. “Nos Estados Unidos, o estúdio vinha desenvolvendo, com sucesso, estratégias de lançamento junto com startups e queria reproduzir esse movimento no Brasil”, explica Andreas.

O sócio da Zissou correu para os Estados Unidos para agilizar o desenvolvimento do produto na mesma empresa americana que fabrica os colchões da marca – e que também nunca tinha feito um produto para bichos de estimação. A estratégia deu certo: a Toca e o filme tiveram estreia simultânea –e com barulho– em junho de 2019.

O evento de lançamento, no Shopping Cidade Jardim, em São Paulo, foi marcado por uma ação interativa em que os donos levavam seus pets a explorar um labirinto de atividades. A partir dos caminhos escolhidos pelos animais, os humanos podiam “desvendar” a identidade dos pets. “Os clientes ficaram muito felizes”, conta Andreas. “Esse é o nosso produto que mais engaja.”

“Human friendly”

O engajamento aqui é tanto dos pets quanto dos donos. Não à toa. A Toca, como explica o sócio da Zissou, é feita para os cães, mas também é “human friendly”. Agrada o cachorro com seu formato que contorna o corpo do bicho e um colchão que se molda ao formato dele. E agrada os humanos por ter tecidos removíveis e laváveis e material interno impermeável.

Outra vantagem para os donos é a alça escondida que transforma a Toca em bolsa -uma boa pedida para quem gosta de viajar, já que permite carregar brinquedos e cacarecos afins do bichinho dentro dela.

“Nesses dias de inverno, o cachorro pode ficar dentro da Toca. Nos de calor, ele se deita em cima da cama. A Toca é modular, tem dois tamanhos e dois ‘ambientes’. Não tem muito como comparar com outras camas mesmo.”

Uma caminha para Chico, o destruidor

Que o diga Patrícia Barros, gerente institucional de uma empresa de telefonia e dona de um dos cachorros mais famosos da internet. Chico, seu vira-lata, destruiu o colchão de Patrícia e transformou o quarto dela em um cenário de guerra na mesma época do lançamento da Toca. O vídeo em que ela mostra o caos que virou seu quarto, enquanto Chico balança o rabinho como quem não tivesse aprontado uma daquelas, viralizou e até hoje o cãozinho é tema de memes nas redes.

Chico, um dos cachorros mais famosos da internet, em sua Toca

Sem perder tempo, a Zissou enviou um colchão novo para Patrícia e uma recém-lançada Toca para Chico, em Bauru (SP), onde moram. “Também ganhei uma consultoria com uma terapeuta canina para aprender a lidar com a energia do Chico. E ele ainda recebeu uma sessão de reiki para se acalmar”, diz Patrícia dois anos depois de ganhar fama. Ela conta que seus cães –hoje influenciadores caninos com mais de 200 mil seguidores no Instagram– receberam várias caminhas de cachorro na época, mas nenhuma parecida com a Toca.

“Ela é muito versátil. Chico e Luke, meu outro cachorro, são dois pilantras. Dormem comigo, mas passam o dia na frente de casa. Quando está mais frio, Chico fica lá entocado, cobertinho vendo o movimento”, conta, para quem duvida que o destruidor também possa ter seus momentos de sossego. “O Chico até tentou destruir a Toca, mas não conseguiu. Ela está lá impecável até hoje.”

782 Total Views 1 Views Today
APRESENTA
COMPARTILHE
APRESENTA

Confira Também: